quinta-feira, 28 de abril de 2011

Manutenção da qualidade de segurado









Será prorrogado para até vinte e quatro meses para o segurado que deixar de exercer atividade remunerada , se o ele já tiver pago mais de cento e vinte contribuições mensais sem interrupção que acarrete a perda da qualidade de segurado.
Muitas vezes, por motivo de desemprego, ou aperto no orçamento, o contribuinte da previdência social fica sem contribuir por alguns meses, porém o filiado ainda mantém a qualidade de segurado por alguns meses, e nesse período tem todos os diretos garantidos.

Mantém a qualidade de segurado, independentemente de contribuição:

I - sem limite de prazo, para aquele em gozo de benefício, inclusive durante o período de recebimento de auxílio-acidente ou de auxílio suplementar;

II - até doze meses após a cessação de benefícios por incapacidade ou após a cessação das contribuições, para o segurado que deixar de exercer atividade remunerada abrangida pela Previdência Social ou estiver suspenso ou licenciado sem remuneração;

III - até doze meses após cessar a segregação, para o segurado acometido de doença de segregação compulsória;

IV - até doze meses após o livramento, para o segurado detido ou recluso;

V - até três meses após o licenciamento, para o segurado incorporado às Forças Armadas para prestar serviço militar; e

VI - até seis meses após a cessação das contribuições, para o segurado facultativo.


O segurado desempregado também terá o prazo

Para isso ele pode apresentar uma declaração expedida pelas Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego ou outro órgão do MTE, comprovar o recebimento de seguro desemprego ou inscrição cadastral no Sistema Nacional de Emprego - SINE.

O segurado facultativo, após a cessação de benefício por incapacidade, manterá a qualidade de segurado pelo prazo de doze meses
acrescido de doze meses, desde que comprovada esta situação por registro no órgão próprio do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. 

225 comentários :

1 – 200 de 225   Recentes›   Mais recentes»
Maria do Sol disse...

Olá, muito bom o site! Estou estudando para o concurso e gostaria de tirar uma dúvida, se possível: o segurado desempregado que não tiver 120 contribuições e que recebeu o seguro desemprego mantém a qualidade de segurado por quanto tempo ainda? Grata desde já. Também estou me apaixonando por previdência e sei que farei diferença positiva ao passar no concurso.
Maria

Mr. Prev disse...

24 meses querida
sao 12 por ser segurada + 12 pelo seguro desemprego

Caso tivesse mais de 120 meses sem perda de qualidade de segurado seriam 36 meses de carencia....

Estou torcendo po voce, estude mesmo lei 8212 8213, decreto 3048, IN45, alem das outras materias

Maria do Sol disse...

Obrigada! Muito útil!

Claudio Costa disse...

Caso uma pessoa, Contribuinte Individual, queira manter o vínculo que já tem com o INSS, poderá pagar apenas uma contribuição anual, que terá mantida a qualidade de segurado?

Agradeço a orientação.

Mr. Prev disse...

Sim, mas nao esqueça de abrir e fechar sua atividade sempre que for começar e parar, se abrir uma vez e depois nao fechar fica em débito.

o roteiro seria:

Abrir atividade - paga - fecha

Chesperito disse...

por favor me ajude! comprei alguns DVDs do nosso querido, Ítalo Romano, acredito que esse
DVD, foram gravados em meados de 2010, posso estudar sem medo algum de os DVDs tarem desatualizado? pois tem passagens que ele menciona a IN20, pois agora o que prevalece é a IN45.

Mr. Prev disse...

Nao conheços os DVD, mas ja houveram algumas alterações como o MEI 5%, dona de casa, alteracao do grupo familiar do LOAS. E em relaçao a IN20 e IN40, tem muitos assuntos que a IN45 nao aborda, isso nao e motivo para se assustar, ate pq o que prevalece sao as leis e decretos nao a IN.

Luís Felipe disse...

Olá! Muito bom seu site!
Será que pode me tirar uma dúvida?

Minha esposa está desempregada desde março de 2011, onde deixou de contribuir, porém recebeu salário desemprego até junho.
Em julho ela engravidou e está entrando no nono mês de gestação.
Ela terá direito a salário-maternidade nesse caso?

Grato,

Luís Felipe - 02/04/2012

Mr. Prev disse...

SIm, devido ao seguro desemprego ela tem direito a ficar ate 24 meses sem contribuir. Ela perderá a qualidade de segurado exatamente em 16/05/2013

ou seja, décimo sexto dia do décimo quarto mes.

Luís Felipe disse...

Obrigado pelo esclarecimento!

Grande abraço

Josy disse...

Olá, gostei muito do seu site, pois percebi que as informações são atualizadas e confiáveis.

Uma dúvida:
Minha amiga trabalhou como empregada até o Junho/11, quando recebia cerca de R% 6.000,00, depois disso, só voltou a contribuir para o INSS em abril/12, como contribuinte individual e recolheu sobre o salário mínimo. Agora ela está grávida de 7 meses. Neste caso, como fica o salário maternidade?

Obrigada,
Josy

Mr. Prev disse...

Desculpe a demora, estava ausente.

O calculo para a segurada contribuinte individual, facultativa,corresponde à média aritmética dos doze últimos salários-de-contribuição, apurados em período não superior a quinze meses, sujeito aos limites mínimo e máximo do salário-de-contribuição

Nina disse...

Boa tarde, possuo uma dúvida.
Meu tio era contribuinte individual e até 1998 contribuiu no total com cerca de 66 meses mas de forma interrupta.
Em 0utubro de 2011 voltou a contribuir e paga até hoje, sendo assim, ele recuperou a qualidade de segurado, ou precisa contribuir por mais quatro meses para completar doze contribuições?
Ele está doente e precisa solicitar auxílio doença.

Grata

Tonia

Mr. Prev disse...

APos nova filiação ele precisa de quatro contribuições ate a data da Incapacidade. Se a pericia fixar a data de Incapacidade antes dos 4 meses ele nao vai levar. Essa data pode ser fixada em qualquer dia que o perito quiser, o fao de dar entrada no beneficio so depois dos 4 meses, nao significa que a incapacidade sera colocada nessa data.

Nina disse...

ok muito obrigada pelo esclarecimento, com rapidez, clareza e presteza.
tenha uma ótima semana.

Wagner disse...

Olá, minha esposa fez residencia de janeiro de 2010 a janeiro de 2012 (Era contribuinte facultativa), e esta grávida. Pelo que li, ela perde a qualidade de segurado com 6 meses, no caso em julho desse ano. Como ela faz para ter direito ao salario maternidade ? Contribui apenas 1 vez, ou precisa ficar contribuindo ate o bebe nascer, em novembro ?

Mr. Prev disse...

Se ela pagar um a cada 6 meses ela mantem a qualidade de segurada , e se ela possuir o minimo de 10 meses ira receber o beneficio.

Mas ela tem que ter ciencia que pagando apenas uma ela estara adiando uma possivel aposentadoria por tempo de contribuição la na frente. Mas rpeferindo assim, pode pagar apenas o mes 07/2012

douglascruzz disse...

OLÁ, TENHO UMA DÚVIDA, MINHA MÃE TRABALHOU DE JUNHO DE 2008 ATÉ FEVEREIRO DESTE ANO COMO AGENTE DE SAÚDE,CONTRATADA PELA PREFEITURA, CONTRIBUÍA COM O INPS, ELA TEM UMA CIRURGIA MARCADA PARA 30.05.2012 DE HISTERECTOMIA, GOSTARIA DE SABER SE ELA TEM DIREITO AO AUXÍLIO DOENÇA, JÁ QUE A MÉDICA DISSE QUE ELA VAI PRECISAR DE UM PERÍODO DE RECUPERAÇÃO,COMO ELA DEVE PROCEDER SE TEM DIREITO. AGUARDO RESPOSTA. OBRIGADO.

Mr. Prev disse...

Se ela contribuiu de 06/2008 ate 02/2012 nao havera problemas adminsitrativos. Agende uma pericia pela Internet ou pelo telefone 135. Vai precisar do PIS dela na hora de marcar. No dia leve origia e copia do RG/CPF e CTPS para montar o processo. Chegue no minimo uma hora antes pois antes da pericia ira ser necessarioa certar o cadastro.
Voce pode marcar direito no INSS, nesse caso a parte administrativa é feita no dia da marcação e a pericia outro dia, a nao ser que tenha vaga para o mesmo dia o que é quase impossivel.

test disse...

Ola.
Tem 7 meses que eu sair do meu trabalho, onde o meu ultimo emprego foi um contrato temporario por 90 dias corridos.
O meu periodo de assegurada da previdencia vence agora dia 28/09/2012.
Estou desempregada e gravida de 2 meses, se eu contribuir agora como facultativa, antes do encerramento destes 12 meses, eu terei direito ao salario maternidade ?

test disse...

Ola.
Tem 7 meses que eu sair do meu trabalho, onde o meu ultimo emprego foi um contrato temporario por 90 dias corridos.
O meu periodo de assegurada da previdencia vence agora dia 28/09/2012.
Estou desempregada e gravida de 2 meses, se eu contribuir agora como facultativa, antes do encerramento destes 12 meses, eu terei direito ao salario maternidade ?

Obrigada

Nina disse...

Boa tarde, tenho uma dúvida.
Meu sogro foi agricultor durante uma vida toda, tem mais de 40 anos de agricultura, contudo, ele parou de trabalhar antes de fazer 60 anos, e ficou uns tres anos sem contribuir ou tirar nota. Ele entrou com pedido de aposentadoria por idade judicial, e o juiz alegou que como ele tinha contribuição ele nao poderia requerer aposentadoria por idade porque além de ter perdido a qualidade de segurado tinha contribuições individuais como motorista. Assim ele entrou novamente com pedido de aposentadoria por tempo de serviço pedindo averbação dos 40 anos de rural, juntado com um ano de contribuição urbano, que daria 41 anos de trabalho.
Assim, novamente o inss indeferiu dizendo que ele nao tem o periodo minimo de carencia de contribuição para averbar o rural, pelo judicial será q dá certo, ou ele não se aposenta nunca?

Mr. Prev disse...

Voce vai precisar ter 10 meses de contribuição ate o nascimento, ou seja devera pagar sete meses de facultativa ate o nascimento. Será que vai dar tempo?

Mr. Prev disse...

ELa deverá marcar uma pericia médica. Em relação as contribuições está tudo certo. A parte medica so a pericia podera falar.

Mr. Prev disse...

ja respondido...

Mr. Prev disse...

Judicial nao em atrevo a responder, não é minha área....

Nao tem como ele voltar a trabalhar no rural, por pelo menos alguns dias, tirar alguma nota?

Se ele conseguir voltar ele será rural novamente e pdoera contar em sua apsoentdoria com o tempo que ele tem lá atras, sendo excluido o tempo de motorista. Se comrpovar pelo menos 15 anos la atras, e voltando a ser rural hoje, estará aposentado. Aposentadoria como segurado Especial exige a qualidade de segurado nessa categoria.

Agora se ele for atualmente motorista, poderia ate pedir aposentadoria por tempo de contribuição ao inves de idade, mas se comrpovar os tempo de rural o que for posterior a 11/1991 devera ser indenizado, ou seja, vai desembolsar muito dinheiro.

Urbano qeu quer usar rural(segurado especial) tem qeu indenizar o periodo depois de 11/1991

MamisPaty disse...

Eu começei a pagar a primeira em Junho/2012.
Me inscrevi como facultativa código 1473(11% do salário minimo).Em Dezembro eu somaria 10 parcelas.

Eu liguei no 132 e disseram que estou no periodo da graça (mas esta para vencer), e que se pagasse somente 3 parcelas ainda este ano, manteria minha qualidade de assegurada e receberia o beneficio quando o bebe nascer.

(ela disse que este 3 meses e o registro na minha carteira de 2007 a 2010, vale como mais de 10 meses pagos)

Agora fiquei n duvida, esta correta a informação da atendente do 132?

Mr. Prev disse...

até o nascimento da criança ou 8º mes de gestação voce devera ter pelo menos 10 meses de contribuição, caso tenha perdido a qualidade de segurado deverá ter pelo menos 3 contribuições ate a data do evento(nascimento ou oitavo mes)

COmo voce ainda nao perdeu a qualidade de segurado, uma apenas que voce pagar como facultativa, ja ti da mais seis meses de periodo de graça.

Esse negocio de tres meses é apra quem perdeu a qualidade, ao voltar a contribuir temq eu ter pelo menos 3 meses.

MamisPaty disse...

O meu perido da graça vence em SET/2012, com mais seis meses que eu ganharia, ele venceria então em Março de 2013?
Seria isto? ou os 6 mese começa a partir da data do boleto que eu paguei para me manter na qualidade de assegurada (mesmo estando dentro do periodo da graça)?
Obrigada.

Mr. Prev disse...

Seis meses apos a ultima competencia paga.

Carla Aparecida Andrade disse...

Boa noite!
Sou contribuinte individual, fiquei no auxilio doença até julho de 2011, é verdade que após a cessação do benefício continuo segurada por 12 meses? Pois justamente agora descobri um cancer de mama e vou fazer cirurgia, o que devo fazer? Já perdi a qualidade de segurada? Por favor, me orientem.
Muito obrigada!

MamisPaty disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MamisPaty disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MamisPaty disse...

Então vai vence em Dezembro, mas o meu bebe nasce em Janeiro.

Se eu pagar mais uma parcela do mês de Julho (como ultima competencia paga), eu fico assegurada ate o final de janeiro?

Desculpe perguntar tanto, mas eu não gostaria de perder o beneficio em Janeiro.
Eu agradeço de coração toda a sua ajuda.
Obrigada mesmo.

Mr. Prev disse...

Sim, é verdade, se voce tiver mais de 10 anos(120 meses) de contribuição sem perder a qualidde de segurado, o periodo é de 24 meses.

Mr. Prev disse...

Se pagar julho como facultativa, esta mantido ate Janeiro/2013. Mas voce tem que ter pelo menos 9 meses de contribuições anteriores. No total tem que haver pelo menos 10 contribuições.

Se nao houve perda de qualidade entao pague uma em Julho ou Agosto e tera qualidade de segurada ate Janeiro ou Fevereiro.

Cláudia disse...

Boa Tarde!
Ainda estou com dúvidas em relação ao recebimento do salário maternidade para a mulher que está no período de graça. Segundo o Prof.Ítalo há dois benefícios que a pessoa não tem direito no período de graça: o salário maternidade e o auxílio-acidente. Isso confere?

Mr. Prev disse...

Voce precisa comprar o livro atualizado do Professor Italo...rsrsrs

Desde 2010 a desempregada tem direito ao salario maternidade após o nascimento da criaça(nesse caso nao pode dar entrado no oitavo mes)

Anderson & Poli disse...

Bom Tarde!
Minha esposa trabalhou ate ago/2010 ai ficou desempregada e recebeu o seguro desemprego ate mar/2011. A minha pergunta é o prazo da perda de segurado e apartir da demissão o fim recebimento do seguro desemprego?
Desde ja agradeço.

Mr. Prev disse...

É a partir da demissao, mas o fato de receber seguro desemprego da mais um ano de qualidade para ela, ou seja, se ela tinha um ano, passara para dois anos, no minimo até setembro de 2012 ela mante a qualidade.

Clayton disse...

Boa Noite! Trabalhei registrado de 04/2010 a 05/2011. E recebi seguro-desemprego durante três meses. Pelo o que li por aqui, como eu recebi seguro-desemprego só perderei a qualidade de segurado após 24 meses. Agora sou estagiário numa empresa e gostaria de contribuir como facultativo. Como faço para contribuir nesta categoria? O que preciso fazer,uma vez que já fui registrado?
Desde já agradeço.

Mr. Prev disse...

Como voce ja tem um numero de inscrição(PIS) voce pode usa-lo para contribuir.

- Compre em carne de contribbuição em algum bazar/papelaria.
- Va ao INSS para acerto de cadastro e inclusao da atividade de facultativo(Etapa opcional pois pode ser feita futuramente)
- Entao é so preencher o carne.
Se for pgar sobre um salario minimo ha duas opções de valor que sao os 11% e 20%. A diferença e que os 20% da direito a aposentadoria por tempo de contribuição, já os 11% é só por idade ou invalidez. Os outros beneficios sao os mesmo.
Para contribuir com mais de um salario so tem a opçao de 20%

Código de 11% é o 1473
codigo de 20% é o 1406
Esse codigo é colocado na primeira linha do carnê

O vencimento é sempre no 15º dia do mes posterior. NÃO ATRASE A PRIMEIRA CONTRIBUIÇÂO. Suas contribuições só terão valor a partir da primeira em dia.

Unknown disse...

Boa noite!
Trabalhei por mais de um ano em uma empresa e fui dispensada em Dez/2011 e desde lá trabalho como estagiária, não contribuindo para o INSS.
Engravidei em Abril de 2012, o parto esta previsto para Jan/2013. Assim, diante de que meu período de graça vai até Dez/2012, se eu contribuir facultativamente eu manteria a minha qualidade de segurada até Janeiro de 2013?

Mr. Prev disse...

se trabalhou ate 12/2011 Voce mantera a qualidade de segurado ate 15/02/2013. O fim do periodo de graça é no 16º dia do 14ºmês, caso tenha recebido seguro desemprego ganha mais 12 meses.COmo nao sou muito fã de tentar usufruir o periodo de graça até o ultimo instatne(ja vi muita gente se complicar com isso), recomendo abrir uma inscriçao como facultativo em Janeiro de 2013

Evelize disse...

Pode me ajudar com uma dúvida?
Contribui como empregada até outubro de 2009. Desde então, trabalho como autônoma e não mais contribuo com o INSS.
Estou grávida e meu bebê deve nascer em fevereiro.
Terei direito ao Salário Maternidade?
Se não, como posso voltar a qualidade de segurada para gozar deste benefício?
Muito obrigada,
Evelize
São Paulo

Mr. Prev disse...

Voce devera se filair novamente e ate a data de nascimento ou oitavo tem qeu ter pelo emnos 3 contribuições. Basta ir a uma agenci do INSS para providenciar o acerto dos dados cadastrais, podera tambem levar um carne de contribuição e assim o servidor ja ensina e preencher.

Evelize disse...

Muito obrigada!
Um abraço,
Evelize

ronaldo matias disse...

Mr. Prev disse...

Ronaldo, sem querer exclui sua msg, favor escrever novamente.

Edson disse...

Dr. se uma pessoa ficou por exemplo 10 sem trabalho, resolveu contribuir como autônomo a partir de 01/01/2010 e ficou incapacitada para o trabalho, conseguiu auxilio doença em 01/12/2011 até 01/01/2012, parou de receber o auxilio e deixou contribuir pois estava em gozo do benefício.

hoje 01/11/2012 ainda se mantém como segurado?
em tese de acordo com artigo 15 estaria certo?

por favor aguardo resposta

Mr. Prev disse...

Sim, ela amntem a qualidade de segurado. se o beneficio acabou em 01/01/2012 entao ela mante a qualidade de segurado ate 15/03/2013.

Emilly Caroli disse...

Só pra ver se entendi direito.
Eu trabalhei durante dois anos e meio, fui demitida em maio/2012, recebi as parcelas do seguro desemprego e agora estou gravida de dois meses.
Então eu estou segurada até maio/2014 e terei direito ao salario maternidade?
O que preciso fazer para dar entrada e receber o auxílio??

Desde já agradeço!

Mr. Prev disse...

Depois que a criança nascer faça um agendamento de salario maternidade pelo 135 ou Internet.
Voce tera direito ao maternidade

Fabiani Garcia disse...

Gostaria de esclarecer uma duvida: fiquei recebendo auxilio-doença ate 09/2011, e como revogaram meu beneficio, estou discutindo isso judicialmente e meu contrato de trabalho esta suspenso. Estou gravida de 2 meses e gostaria de saber se posso pedir auxilio maternidade.

Mr. Prev disse...

Se voce ainda for considerada empregada a empresa que vai ter que pagar. Para dar entrada no INSS so se voce se desligar da empresa. Caso seja demitida, vai depender da data de demissao para ver se voce tem direito ou nao. Se voce tiver mais de 10 anos de contribuições sem perder a qualidade de segurado ou receber seguro desemprego podera tera todos os direitos por ate 24 meses sem contribuir. Caso contrario sao apenas 12 meses a partir da cessacao do beneficio ou demisso. na verdade nao sao bem 12 meses e sim "15º dia do 14ºmes" apos demissao ou cessação.

Carlos Mota Paz disse...

Prezados,

Trabalhei por 8 anos em uma empresa, fiquei 6 meses desempregado arrumei um emprego e fiquei empregado até junho a questão é:
Até quando estou coberto pelo INSS?

Carlos Mota Paz disse...

Ficando mais claro, trabalhei por 8 anos até 08/2011 em uma empresa, arrumei emprego em janeiro de 2012 e trabalhei até junho de 2012.Até quando estou coberto pelo INSS??

Mr. Prev disse...

Caso esses 8 anos mais esse ultimo emprego tenham juntos pelo menos 10 anos(120 meses), voce tera 24 meses de cobertura e se recebeu seguro desemprego ou fez cadastro no SINE, tera direito a mais 12 meses(somando 36).

Caso tenha menos de 10 anos, entao serao 12 meses de cobertura, pdoendo virar 24 se tiver SINE ou seguro desemprego.

OBS: para ter direito aos 24/36 meses de cobertura sao necessario 120 meses de contribuição sem perder a qualidade de segurado, ou seja, se voce trabalhou 8 anos direito, ficou menos de um ano desempregado e depois trabalhou mais 2 anos, entao tera 24 meses ou 36, como explicado acima.

Mr. Prev disse...

Agora que ficou mais claro..rsrs

Entao voce tem menos de 120 contribuições, nesse caso, se recebeu seguro desemprego ou fez o sine tera direito a 24 meses, caso contrario, serão 12 meses de cobertura sem precisar contribuir.

daylane disse...

Olá, que bom que vc compartilha o seu conhecimento..
Tenho uma dúvida, uma pessoa que foi contratada pela Prefeitura, permanece em gozo da qualidade de segurado por 12 meses ou 24 meses?

Mr. Prev disse...

Depende! o que da os 24 meses sao 120 contribuições sem perda da qualidade de segurado, ou seguro desemprego/SINE.

No momento que ela é contratada ela tem qualidade de segurada independente do historico dela.

daylane disse...

Irei explicar melhor, um senhor faleceu, tendo feito as seguintes contribuições:
- CONTRATO DE TRABALHO(prefeitura): 02/02/95 à 30/11/05
- CONTRIBUIÇÃO INDIVIDUAL: 03/06 e em 07/06

Data do óbito: 17/10/07

A esposa teve o pedido de pensão por morte indeferido, falta de qualidade de segurado, acho que quem trabalha de Contratado pela prefeitura, não é enquadrado no SINE como desempregado.
E agora?
Espero que você possa me auxiliar..

daylane disse...

Retificando:
CONTRATO DE TRABALHO (prefeitura): 02/01/05 à 30/11/05

Mr. Prev disse...

Ele tem mais de 120 contribuições sem perda da qualdiade de segurado, entao teria 24 meses de periodo de graça. Beneficio deve ser concedido.

Estranho o beneficio ser negado, o proprio sistema costuma fazer essa leitura dos 24 meses mantendo a qualidade de segurado.

Mr. Prev disse...

Opa!
agora mudou tudo!!!

se ele nao recebeu seguro desemprego entao tem apenas 12 meses de qualdiade de segurado.
Na verdade ele perdeu a qualidade em 16/09/2007 pois contribuiu 07/2006. Pela legislação mntem a qualdiade de segurado ate o 15º dia do 14º mes.

Caso o óbito tenha sido motivo de doença ha a chance de tentar cormpovar que ele estava incapacidade ate 16/09/2007 e faria Jus ao auxilio-doença e consequentemente deixa pensao. Mas se ele nao estava incapacidado, entao nao tera como.

daylane disse...

Então..outra coisa, que me intrigou bastante é o fato que o segurado na época do seu falecimento, encontrava-se na fazenda, inclusive constando na certidão de óbito, a profissão de lavrador, bem como o nome da fazenda em que morava na época.
Porém, quando entrou com pedido de pensão RURAL, foi indeferido, por ter uma contribuição post mortem, datado de 03/08..

Quem fez tal contribuição foi a empresa onde ele trabalhou por último, e não se sabe o pq de tal contribuição..

Mr. Prev disse...

Contribuição após falecimento nao sera considerado mesmo.

daylane disse...

Oláa..muito obrigada pela ajuda acima fornecida!

Outrora, venho com outra indagação..
essa eu NÃO entendi mesmo..uma pessoa que trabalhou de JANEIRO de 1983 à dezembro de 1992, e de julho de 1993 à dezembro de 1993, e completou a idade de 65 anos em 1999, não teria tempo suficiente de contribuição, senão os 108 meses descritos no art.142 da Lei 8.213/91??

Mesmo assim, o segurado teve o seu benefício negado..não compreendi o motivo de tal indeferimento.

Marcio Coelho disse...

Olá bom dia. Estou com uma dúvida e estive na previdência mas ninguem soube me responder. Minha esposa se desligou do boticário em maio de 2010. Recebeu o seguro desemprego, o que pelo entendi ficaria assegurada até maio de 2012. Bom, em outubro de 2011 ela arrumou novo emprego e ficou só 2 meses, mas houve contribuição, acho que de outubro e novembro. Com isso, ele ficaria assegurada até novembro de 2012 ou continuaria valendo maio de 2012 do emprego anterior ? em dezembro de 2011 ela também arrumou um extra natal e houve contribuição, mas pelo que li, extra não conta como contribuição. Ela está grávida e o neném é para fim de fevereiro. afinal, ele está assegurada até quando ? se não está mais, ela pode pagar as 3 contribuições em 15 de dezmbro, 15 de janeiro, 15 de fevereiro que ela terá direito ao beneficio ? obrigado

Mr. Prev disse...

Se ela trabalhou ate novembro de 2012, a qualidade de segurado vai ate 15/01/2013, pois a legislação fala em mater a qualidade de segurado ate o 15º dia do 14º mes.

Mesmo que o Dezembro de 2011 tenha tido contribuição, até março de 2013 ela perde a qualidade de segurado, entao para nao se arriscar sugiro começar a contribuir em no maximo Janeiro de 2013.
Na qualidade de Contribuinte Individual, ela tem que pagar ate o mes do nascimento. Ou seja, começa em janeiro e vai ate o mes de nascimento.

Athayde Cristina disse...

Boa Tarde, Mr. Prev
Sou apaixonada por Legislação Previdenciária, encontrei o blog e já o coloquei em meus favoritos, as informações estão me ajudando muito, pois pretendo fazer o concurso do INSS previsto para ano que vem.
Mas o motivo maior de estar aqui, principalmente neste tópico é para tirar uma dúvida que nem mesmo no 135 conseguiu esclarecer, a situação é a seguinte:
Trabalhei em uma empresa, com carteira assinada de 01/04/2010 a 01/02/2012 (último dia do aviso prévio), fui demitida sem justa causa, recebi 4 parcelas do seguro desemprego, a última, precisamente em 08/06/2012.
Em Julho do mesmo ano, 2012, fui contratada a título de experiência, com carteira assinada; meu contrato era de 45 dias, mas fiquei por mais alguns dias, e ficou assim de 23/07/2012 a 14/09/2012, ou seja, trabalhei 53 dias. O Contrato era regido pela CLT e houve as contribuições referentes a este período.
Acontece que, engravidei após o término do contrato deste último trabalho (14/09/2012, o de experiência), a data prevista para meu parto é 09/05/2013 e a minha dúvida é a seguinte: Até que data, de fato, mantenho a qualidade de segurada para poder assim pleitear o salário maternidade?? Entendo que se for tomar como ponto de partida o primeiro contrato (de 01/04/2010 a 01/02/2012 ) o qual contribuí mais tempo (1 ano e 10 meses) estaria em gozo do período de graça até fevereiro de 2013, pois a atendente do INSS, através do 135 disse que o recebimento das parcelas do seguro não me garantia a prorrogação da qualidade de segurada para mais um ano, já que o que deveria contar PRIMEIRO era 120 contribuições ininterruptas (isso eu não tenho),neste caso teria mais 12 meses e somente depois observaria a condição de desemprego para garantir mais 12 meses e perfazer um total de 36 meses de período de graça, fiquei muito confusa, não entendi mais nada... Além do que, houve essa pequena contribuição referente ao contrato temporário, apenas os 53 dias trabalhados, como lhe expliquei, o qual ela também informou que não influenciava em nada, haja vista tratar-se de contrato de experiência, resumindo, ela me disse que eu perderia a qualidade de segurada em fevereiro de 2013 e consequentemente não faria jus ao benefício, já que o parto estava previsto para maio 2013, e que se eu quisesse manter a qualidade de segurada para garantir o salário maternidade deveria contribuir como facultativa. Estou pensando em ir até uma agência pois contesto as informações da atendente.
E pra finalizar, só mais uma dúvida, se realmente eu tiver meu período de graça prorrogado em virtude do seguro desemprego, como acho que tenho, como é feita essa prorrogação, ela é automática ou eu preciso ir até o Ministério do Trabalho conseguir algum documento que ateste esta condição??
Ficaria imensamente grata se pudesse dirimir essas dúvidas
Grata,
Cristina Oliveira

Mr. Prev disse...

vamos la!
o seguro desemprego garante mais 12 meses independentemente da quantidade de contribuição, ou seja sua qualdiade de segurado vai ate 15/04/2014(15º dia do 14ºmes + 12 meses) é o que fala a lesgilação

Como houve registro na CTPS e contribuição para o INSS no contrato de experiencia. mesmo sem seguro, sua qualdiade de segurado estaria garantido ate o parto, ja que nesse caso seria ate 15/08/2013

Alessandra Simao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandra Simao disse...

Boa tarde.

Tenho uma duvida, sai do meu emprego vai fazer um ano em maio, mais ganhei o seguro desemprego de 4 meses gostaria de saber ate quantos meses estou assegurada pelo INSS! E se posso pegar a licença maternidade ou tenho que pagar, pois estou trabalhando como autônoma !

Se puder me ajudar, ja sou grata!
No Aguardo.
Alessandra Simao

Mr. Prev disse...

se recebeu seguro desemprego entao sao 24 meses que voce mantem a qualidade de segurado.

Voce pdoe receber o maternidade como desempregada se a criança nascer nesses 24 meses. Acredito que sim(vai anscer)...rsrsr

daylane disse...

Olá..
Uma dúvida..para variar..rs
Uma pessoa que após sofrer derrame e ficar incapacitado para o trabalho, e que tentou 3 vezes conseguir o auxílio-doença, conseguindo somente na 4ª vez o deferimento na via administrativa.
Será que pode ser requerido judicialmente, o pagamento referente ao período em que o mesmo deu entrada? Porque, é fato notório e comprovado por meio de exames que o beneficiário ficou incapacitado após sofrer o derrame.

Mr. Prev disse...

Pode entrar judicialmente, agora se vai ganhar é outro papo, vai depender do que será apresentado.

daylane disse...

Boa Noite..
Uma pessoa que trabalhou de contrato de experiência (4 meses)..
tem qualidade de segurado prorrogada por quanto tempo?


Mr. Prev disse...

Mantem a qualidade de segurado por 12 meses, porem pode nao ter direito a beneficio como auxilio-doença por falta de carencia.

daylane disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
daylane disse...

Ihh..verifiquei que na carteira de trabalho um contrato foi "concelado", restando um contrato de apenas 21 (vinte e um) dias..

daylane disse...

Ainda há possibilidade mesmo assim?

Mr. Prev disse...

pensão por mrote nao tem carencia minima, ele rpecisa estar na qualidade de segurado, ou seja obito em até um ano apos fim do contrato de trabalho

daylane disse...

sim, mas a minha dúvida era o fato de ter sido um contrato de apenas 21 dias...rs
Então tal contrato temporário concede a manutenção da qualidade de segurado por 12 meses..muito bom.

* obrigado pela ajuda e me desculpe pelo interrogatório..rs

Mr. Prev disse...

OK mocinha, e volte sempre..rsrsrs

Daylane disse...

Estou aqui de novoo..rs
Olá, gostaria se possível que você me retirasse uma dúvida..
Acerca de outra matéria - Aposentadoria especial motorista..
Uma pessoa que sempre trabalhou nessa profissão e possui o seguinte tempo trabalhado:
"01/03/1978 a 30/09/1979 ; 01.10.1979 a 30/11/1979,
01/06/1982 a 31/07/1988, 01/03/1989 a 08/12/1989 e
01/05/1990 a 05/09/1990 ; 22/09/1990 a 12/06/1992,
01/09/1993 a 09/09/1994, 01/06/1995 a 15/09/1997, 02/03/1998 a 20/08/2002, 02/01/2003 a 07/07/2003 e
01/09/2003 a 15/01/2004 e 06/2004"

Sempre como MOTORISTA, tem os PPP's concedidos pelas empresas..
precisa de quantos anos trabalhados? 25?

Desde já,
grata!

Mr. Prev disse...

Enquadramento por profissao so ate 28/04/1995, geralmente deposi dessa data motorista nao ganha nenhum periodo como especial.

Ou seja, pegue os periodos ate 04/1995 e some com 40% desse tempo. Depois é so somar com o periodo posterior a 04/1995 e voce sabera quanto tempo de contribuição ele ai ter.
Para apsoetar tem qeu dar 35 anos(hmem)

25 anos apenas para quem comrpova todo periodo como especial, ams como eu dizze para motorista é praticamente impossivel.

Helio Duenhas ruivo disse...

minha esposa trabalhou por 2 anos com registro, saiu da empresa em dezembro de 2012, receberá seguro desemprego até maio, descobriu que está grávida, o bebê nasce em agosto, ela receberá o salário maternidade???

Mr. Prev disse...

SIm ela receberá pois estará no periodo que ela mantem a qualidade de segurado.

Bruna Ioris disse...

Olá, tenho uma dúvida no seguinte caso:

uma pessoa foi despedida em 09/2008 e em 07/2009 conseguiu auxilio-doença até 02/2011. Após esse período em 05/2012 ela solicitou novamente o beneficio por ainda estar incapacitada mas foi indeferido por falta de qualidade de segurado. Dúvida: no caso como a pessoa estava desempregada nos períodos em que não estava em auxilio-doença prorroga-se por mais 24 meses o período de graça???? O segurado possui menos de 120 contibuições.
Desde já agradeço!

Mr. Prev disse...

Os 24 meses sao para quem te cadastro no SINE ou recebeu seguro desemprego a partir da demissão. Mas se ela ainda estava incapaz basta comrpovar que a data da invalidez era antes( epoca em que tinha qualidade).

aksousa sousa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
aksousa sousa disse...

Oi, tenho uma duvida, sou filiada a previdência como contribuinte individual porem nunca contriibui, ano passado trabalhei no período de 01/2012 à 05/2012 de carteira assinada e depois desta data parei de contribuir, essa semana descobri que estou gravida de 01 semana, o que devo fazer? pagar retroativo? ou então contribuindo 02/2013, 03/13, 04/13,05/13,06/13, 07/13,08/13, 09/13, 10/13 e 11/13 dariam exatamente 10 contribuições o que acha? Daria certo qual das duas?
Desde de já agradeço!!!

Mr. Prev disse...

voce precisa completar 10 meses de contribuição até o nascimento da criança, acho que vai ter tempo de sobra apra isso sem pagar retroativo, comece daqui para frente.

Nao esqueça que vao ser somado o tempo de ctps comc arne, entao voce ja começa com 5 contribuições pagas.

Bruna Ioris disse...

mas os 24 meses são contados a partir da demissão ou da data que foi indeferido o ultimo benefício?? No caso a pessoa até hj permanece desempregada...Obrigada!

Simone Paranhos disse...

OLA, MEU ULTIMO VINCULO TERMINOU EM 03/2011, E RECEBI SEGURO ATE 08/2011.MANTENHO QUALIDADE DE SEGURADA ATE QDO? ESTOU GRAVIDA DE 03 MESES E CASO EU PERCA A QUALIDADE DE SEGURADA POSSO CONTRIBUOR COMO CONTRIBUINTE FACULTATIVA PARA TER DIREITO AO SALARIO MATERNIDADE?

Mr. Prev disse...

24 mewses da demissao, mas como eu disse, mesmo havendo hoje a perda de qualidade de segurado, se ela comrpovar a invalidez antes da perda ela leva.

Mr. Prev disse...

mantem por 24 meses, a data exata será 15/05/2013

Simone Paranhos disse...

obrigada pela resposta; mais vc nao me disse se caso eu voltar a contribuir como facultativa terei dereito ao salario maternidade.
obrigada.

Mr. Prev disse...

SIm, voce tambem tem direito como facultativa. Se deixar perder a qualidade de segurado voce tera que contribuir pelo menos 3 meses antes do nascimento da criança.

Bruna Ioris disse...

ok, obrigada pelos esclarecimentos!

daniela jesus disse...

ola ,gostaria de tirar uma duvida,o autônomo que deixa de contribuir,e nunca teve registro em carteira pode ter o prazo de 12 messes como deesmpregado ? desde ja obrigada

Mr. Prev disse...

O autonomo tambem mantem a carencia por 12 meses e se tiver mais de 120 contribuições sem perda da qualdiade pode ficar ate 24 meses sem contribuir.

daniela jesus disse...

Obrigada, mas fora os 12 que o INSS "dá" ,para o contribuinte que para de contribuir, o autônomo o mesmo direito que o trabalhador de carteira assinada, a estender esse período por mais 12 meses como desempregado ?

Mr. Prev disse...

Não! Para autonomo sao mais 12 meses apenas se tiver mais de 120 contribuições.

Clara Carvalho disse...

Boa tarde,
Parabéns pelo blog!
Minha dúvida é: trabalhei em uma empresa de 08/1991 a 01.2013. Pedi demissão (claro, não recebi seguro). Estou pretendendo engravidar em junho/2013... eu ainda teria direito ao seguro maternidade? Se eu ainda mantiver a condição de segurada, o valor seria a média dos meus últimos doze meses do último vínculo? Muito obrigada!

Carla

Mr. Prev disse...

Voce amntera a qualdiade de segurado por 24 meses ja que sao mai de 10 anos, entao tera dereito, ja o valor sera o minimo pois o calculo é uma média aritmética dos doze últimos salários-de-contribuição, apurados em período não superior a quinze meses,

Clara Carvalho disse...

Obrigada! Eu havia entendido que na média aritmética não contaria o tempo de gestação. Então para eu poder receber acima do salário mínimo eu terei que começar a pagar um valor, como autônoma, que me garantirá um salário maior? Meu salário anterior era de aprox. R$ 4.000,00.
Grata,
Clara

Mr. Prev disse...

exatamente!

Clara Carvalho disse...

Muito obrigada pelas informações e pronto atendimento. Parabéns!!!!

Ajus - assessoria Jurídica disse...

Sou contribuinte individual (Código: 1163) há 02 anos. Gostaria de saber, se o fato de ter parado de contribuir há 03 meses, num eventual óbito, meus filhos teria direito receber pensão, ou seja, qual seria meu período de carência para continuar na qualidade de segurado como contribuinte individual?

Mr. Prev disse...

pensão apra filho só ate os 21 anos, e nao tem problema o fato de ter aprado, voce precisa é estar na qualidade de segurado na data do óbito.

Nana disse...

Bom dia. Fui contribuinte obrigatória da Previdência Social por 10 anos, há 5 anos não realizo nenhuma contribuição. Ocorre que descobri há 1 mês que estou grávida. Se voltar a contribuir a partir de agora terei direito ao salário maternidade?

Mr. Prev disse...

Sim, voce tera direito se ate a data do nascimento ou oitavo mes tiver pelo menos 3 contribuições.

Marlon Geraldo disse...

Eu tenho varios anos de inss pago mas no ano de 2012 eu fiquei sem contribuir por 1 ano e 4 meses .Agora estou fichado des do dia 26 de março de 2013 3 no dia 31 de março de 2013 eu sofri um acidente,no dia 17 de abril de 2013 fui fazer pericia no inss to afastado do serviço por 3 meses mas meu auxilio foi indeferido por falta de qualidade de segurado ,então eu quero saber se eu pagar 4 meses no carne de uma ves o meu recurso vai se deferido a meu favor ou tem outro caminho que eu posso procurar para receber meu auxilio doença.

Mr. Prev disse...

Acidente isenta de carencia, um dia de trabalho ja daria direito, pelo que voce falou parece que a previdencianao considerou se vinculo atual.

Mas se mesmo assim quiser pagar meses anteriores, apenas sera possivel se voce nao deu baixa na inscrição de atividade. Se estiver em aberto voce tem a opção de pagar.

MARLON GERALDO disse...

mr.prev eu sofri foi um tiro no abdomem com isto perdi meu baço estou fichado dez do dia 26 de março e o tiro foi no dia 31 de março e na pericia que eu fiz deu que eu nao tinha qualidade de segurado por ter ficado 1 ano e 4 meses sem contribuir ao inss com isto me deram uma folha para poder recorrer desta decisão que foi indeferido o meu auxilio doença.QUERIA SABER SE EU PAGAR 4 MESES RETROATIVO ANTES DE RECORRER AO INSS SE EU VOU CONSEGUIR O MEU BENEFICIO E QUANTO EU TENHO QUE PAGAR SENDO QUE O MEU SALARIO ATUAL E DE 900 REAIS MENSAIS.

Mr. Prev disse...

Depende,o que voce fazia antes de aprar de contribuir?
Se voce pagava como autônomo, parou e não deu baixa na inscrição de atividade, entao pdoera pagar, mas se voce deu baixa ou numca pagou como autonomo entao só se comprovasse atividade para ter direito a pagar

anonimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
msdeko disse...

TRABALHEI COM CARTEIRA ASSINADA ENTRE JANEIRO DE 2009 A JANEIRO DE 2010(UM ANO) DEPOIS TRABALHEI DE ABRIL DE 2012 A JANEIRO DE 2013 (10 MESES) ONDE FUI DEMITIDO SEM JUSTA CAUSA. MAIS, UNS 2 MESES ANTES DE SER DEMITIDO FUI DIAGNOSTICADO COM DEPRESSÃO GRAVISSIMA TENDO DE USAR REMEDIOS CONTROLADOS. TENHO TODOS PAPEIS DO PISCOLOGO QUE COMPROVÃO QUE FIQUEI DOENTE QUANDO AINDA ESTAVA EMPREGADO. E AO SER DEMITIDO NAO PASSEI POR EXAME DEMISSIONAL. HOJE FAZ 3 MESES E MEIO QUE FUI DEMITIDO JA RECIBI SEGURO DESEMPREGO E TODOS OS DIREITOS . MAIS INFELIZMENTE POR CAUSA DA DEPRESSÃO NAO CONÇIGO NEM DORMIR AO MENOS TRABALHAR. EM CRIZES PENSO ATE EM SUICIDIO. QUERIA SABER QUE DIREITOS EU TENHO E O QUE POSSO FAZER JA QUE NESTE ESTADO EM QUE ENCONTRO JAMAIS VOU CONÇEGUIR UM NOVO EMPREGO. AGREDEÇO SE PUDER ME AJUDAR COM UMA RESPOSTA ANIMADORA POIS JA ESTOU DESANIMADO =/

Mr. Prev disse...

Voce deve marcar perícia medica e tenta comrpovar que devido ao problema de saude nao está apto a trabalhar.

Tem todo direito de pedir, mas quem vai decidir se tem direito é o medico perito.

Em relaçao as contribuições estao tudo certo, voce tem o suficente apra cosneguir o beneficio, basta apenas o perito entender que voce faz jus ao auxilio-doença.

Paula Nunes disse...

Olá adorei o site!!!
Trabalhei 3 anos e 2 meses,engravidei e depois o período de estabilidade fui demitida, recebi o seguro desemprego e desde então não estou contribuindo. A data da demissão é 05/03/2012 e estou grávida novamente e esta previsto ganhar neném em 23/09/2013 ainda assim tenho direito ao salário maternidade?

Mr. Prev disse...

Se voce recebeu o seguro desemprego entao mantem a qualidade de segurado por 2 anos, ou seja, até 04/2014. Nessa situação voce terá direito ao maternidade em 23/09/2013

Micarlos Araujo disse...

Gostaria primeiramente parabenizar pelo site, muito bom!!!
E ainda, aproveitar, e se possível esclarecer algumas duvidas previdenciárias.

Bom, uma vizinha de um conhecido meu ela trabalha na agricultura. Ocorre que ela fez uma cirurgia de Histerectomia abdominal em 10/2012, no entanto requereu beneficio previdenciário de auxilio- doença, em virtude fistula vesico vaginal que ocasionou depois desta cirurgia, uma vez que teve que submeter a outra cirurgia, pois ficou com incontinência urinária e outros, e quanto ao beneficio lhe foi negado ficou a mesma na lista de espera durante 02 meses para fazer a cirurgia, a mesma teve que pagar a cirurgia, pedindo ajuda as pessoas, mas ficou tudo bem hoje.
A pergunta é o seguinte, seria possível ajuizar ação judicial, com o requerimento de auxilio doença, sob a perspectiva de retroagir na época que a mesma estava incapacitada pára laborar, provando através de atestados, laudos, e outros; ou isso não seria possível, pois ela teria quer estar obrigatoriamente hoje doente, já com problemas de saúde que fosse incapacitante para laborar. que é o caso dela, uma vez que a mesma esta bem.

Desde já, agradeço!!!

Mr. Prev disse...

ELa pode ajuizar pedindo a concessão do beneficio uma vez que ela tentou administrativamente em época própria. Só nao faria sentido se ela nem tivesse tentado quando ficou doente, e depois que está apta ir correr atras.

Mas é claro que acaba se tornando um pouco mais dificil pois o perito judicial vai trabalhar apenas com documentos medicos e nao sera possivel fazer uma pericia na requerente. Geralmente os juizes concedem o beneficio sem data fim, e depois de seis meses a pessoa passa por uma nova pericia.

Mas se ela está bem hoje vai dar grande possibilidade de defesa para os procuradores pela dificuldade de se estipular um prazo para o beneficio, mas tentar pode tentar.

Seria mais facil se ela tivesse perdido adminsitrativamente, pois nsse caso ja haveria um prazo dado pelo medico perito do INSS, o processo judicial seria apenas apra cormpovar a situação de rural

Villa Doçura disse...

Olá, acompanho este site a algum tempo e gostaria de parabenizá-los pela ótima qualidade do serviço prestado a população!
Tenho uma dúvida:
Trabalhei registrada por mais de 11 anos sem interrupção nas contribuições, em 2004 aós ser demitida resolvi abrir um negocio e passei a contribuir como empresaria, o que decorreu até 2009. Em dezembro de 2009 tive problemas na empresa, perdi tudo e acabei ficando desempregada e sem contribuir mais para previdencia. Em 2011 descobrin um cancer de mama, tentei entrar com pedido de auxilio doença o que me foi negado por ter perdido a "qualidade de segurado", hoje 2 anos após meu tratamento, consegui enfim uma boa alma que me deu um emprego e retornei ao trabalho com carteira registrada. O fato de estar registrada e contribuindo com a previdencia me traz de volta a "qualidade de segurado"? Outra duvida é, se futuramente eu voltar a ter uma nova incidencia de cancer uma vez que minha doença é metastática, eu terei direito ao auxilio doença? E no caso de agravamento da doença e eu ficar absolutamente debilitada eu teria direito a uma aposentadoria por invalidez? Espero que nunca precise, mas em se tratando de cancer temos que nos informar sobre tudo...
grata,
Mirella

Mr. Prev disse...

Vanos lá!

Ao voltar a contribuir voce volta a ter qualidade de segurado, porem para o auxilio-doença são necessarios pelo menos 4 contribuições para ter direito a utilizar as anteriores.

Em caso de agravamento voce poderá ter direito ao auxilio-doença, vai depnder da epricia medica, pois durante a análise o medico perito colcoa se a doença é isenta de carencia e a data de inicio da doença e da incapacidade.

Se for isento de carencia voce tem que ter a qualidade na data do inicio da doença e da incapacidade
Em caso de não isenção, entao voce precisa apenas da qualidade na data de inicio da incapacidade.

COm o auxilio-doença concedido ele pode se tornar uma apsoentadoria por invalidez caso o perito entenda que sua doença a tornou invalida para o trabalho.

Em alguns casos a apsoentadoria é cocnedida direto sem a encessidade de primeiro ser um auxilio-doença, mas as regras sao as mesmas.

Andrêza Nascimento disse...

Por favor, me ajude com uma dúvida. Sai do meu emprego em julho de 2008, recebi seguro desemprego, fiquei grávida, tive meu filho em maio de 2009, recebi o salario maternidade. Desde então não contribuo com o INSS. Quero saber se tem como eu pagar os atrasados e continuar pagando, ou se já perdi todos os outros anos que eu estava fichada. Desde já agradeço, obrigada!

Mr. Prev disse...

OS anos de contribuição voce não perde nunca, mas para pagar atrasados so se comprovar atividade, caso contrario tem que voltar a contribuir daqui para frente.

No momento voce nao tem mais a qualidade de segurada.

charlene souza disse...

Site muito bom!Parabéns!

charlene souza disse...

Tire minha dúvida por favor!Fui contratada no mês de fevereiro de 2012 e por la me inscreveram no pis e a partir desse emprego é que começou a ser pago o INSS, sai de lá em setembro de 2012 e só é está contribuição que tenho até hoje, até quando estarei assegurada?Desde que sai de la em setembro não contribui mais, quando voltar a contribuir vou ter que pagar esses meses que não contribui desde que sai de la? Como no momento só estou estudando gostaria de voltar a contribuir como facultativo, se caso por exemplo eu pagar um mês e acontecer de não poder pagar o mês seguinte, quando eu pagar novamente terei que pagar o mês que não pude pagar? Ex: Começo a pagar facultativo em julho, agosto não pude pagar,já em setembro pago normal, esse mês de agosto que não pude pagar vou ter que pagar junto com o mês de setembro? E caso eu comece a contribuir como facultativo e consiga um emprego de carteira assinada eu posso deixar de pagar a guia como facultativo sendo que a empresa pagará o inss?

charlene souza disse...

Me tire estás dúvidas por favor mr. Prev.

Mr. Prev disse...

Facultativo não tem débito, ou seja, você pode começar a pagar e parar quando quiser, inclusive só poderá pagar atrasados se parar no máximo 6 meses, após isso nem pode mais pagar atrasados.

Você mantem a qualidade de segurado por 12 meses, mas muitos benefícios tem carência mínima como por exemplo o auxílio-doença que são 12 meses, ou seja você não teria direito se ficasse doente agora, a não ser se a doença for isenta de carência ou em caso de acidente.

Se conseguir um emprego não poderá mais pagar como facultativo, facultativo é para quem não exerce atividade.

Com CTPS assinada a empresa é responsável em contribuir para o INSS

Carlinha disse...

Boa noite!
Meu primo se encontra na condição estudado aqui:
a empresa que ele trabalhou tem mais de 120 meses de contribuição para ele, garantindo 24 meses como assegurado pelo INSS (de carência).
A dúvida dele é:
para conseguir o total de 36 meses de carência, no site do INSS diz que ainda precisaria 'estar na condição de desempregado', e aqui o senhor respondeu que bastaria ter 'recebido o seguro desemprego'. Qual dessas 2 condições ele poderia se valer? Caso a sua informação esteja valendo (que é o caso dele, pois atualmente ele é funcionário público, mas recebeu 5 meses de seguro desemprego), em qual "documento" ele poderia se garantir?

Carlinha disse...

Boa noite!
Aqui também se encaixaria no caso de meu primo:
Ele atualmente é funcionário público, e para não perder os 15 anos de contribuição ao INSS que ele possui (pela empresa privada que ele trabalhou anteriormente), ele tb foi orientado para continuar, 1 vez ao ano, pagando ao INSS.
Contudo ele não entendeu sobre o 'roteiro' que o sr. descreveu aqui: 'Abrir atividade - paga - fecha'.
Poderia explicar mais como ele deveria proceder?
obrigada
Carlinha

Mr. Prev disse...

Para pagar como autônomo e não ficar em debito, é necessário abrir a inscrição de atividade, pagar e quando for para ir no INSS para fechar a atividade.

Mr. Prev disse...

As duas condições: Registro no SINE, e seguro desemprego dão direito a 36 meses.

Seguro desemprego pode ser consultado na Internet, basta ele ter o comprovante.

Katyuska Oliveira disse...

oi gostei muito do seu blog,mais tenho uma duvida estou gravida de dois meses e meu ultimo emprego registrado foi em março de 2012 com demissão em junho de 2012 ou seja eu perco a qualidade de assegurada em agosto?e como faço para ter direito ao auxilio maternidade?

Mr. Prev disse...

Katyuska Oliveira, se você tem apenas esses 4 meses, então vai precisar contribuir como facultativa ou Contribuinte Individual para pelo menos completar os 10 meses. Recomendo pagar ate a o oitavo mês ou nascimento.

Mr. Prev disse...

Katyuska Oliveira, se você tem apenas esses 4 meses, então vai precisar contribuir como facultativa ou Contribuinte Individual para pelo menos completar os 10 meses. Recomendo pagar ate a o oitavo mês ou nascimento.

Katyuska Oliveira disse...

mais antes desse emprego eu trabalhei de carteira assinada por 1 ano e seis meses recebi o seguro desenprego até janeiro e em março arrumei outro emprego no qual fique esses quatro meses mesmo assim eu tenho que contribuir até o oitavo mes de gestacão desde de ja muito obrigado pela atenção.

Mr. Prev disse...

Katyuska Oliveira , nesse caso não.

Até recomendo fazer o seguinte.
Se não estiver trabalhando como autônoma, pague como facultativo a competência de agosto para não perder a qualidade de segurado.
Depois pague a competência de Janeiro/2014 até o oitavo mês de gestação ou nascimento da criança.

David disse...

Após o termino do seguro desemprego a qualidade de segurado se mantém por 24 meses ainda que se tenha contribuído com menos de 120 parcelas?

rubens disse...

Boa Noite

Eu trabalhei do mês 07/2011 ao mês 03/2012e´pedi demissão, engravidei em janeiro de 2013 enquanto ainda estava na qualidade de segurada mas o bebe nascera em outubro quando já teria perdido a qualidade de segurada fui orientada a pagar 3 mensalidades com o código 1473 para receber o salario maternidade depois q o bebe nascer quero saber se esta correto esta forma se assim recebo mesmo o salario maternidade e outra duvida eu trabalhava com salario fixo mais a comissão tirava em torno de 1000 reais por mês a comissão entra no calculo para o valor do salario maternidade? Parabéns pelo blog! Grata

Mr. Prev disse...

David, são 24 meses após a ultima contribuição para o INSS e não o final do seguro desemprego.

Mr. Prev disse...

Rubens????

se você não recebeu seguro desemprego,nem tem cadastro no SINE,entao sua qualidade de segurado vai ser de 12 meses, venceu exatamente em 15/05/2013

Para poder receber seguro desemprego você precisa de pelo menos 3 contribuições antes do nascimento da criança para ter direito.

Em relação ao valor do beneficio é uma media feita com as iltimas 12 contribuições, apurado em um período não superior a 15 meses(se não me engano), ou seja, seus salários de empregada não vai entrar.

Leticia Aparecida disse...

BOA TARDE! GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO RECEBER SALARIO MATERNIDADE!

eSTOU DESEMPREGADA DESDE MAIO DO ANO PASSADO SENDO ASSIM NÃO CONTRIBUIR MAIS ESTOU GRAVIDA DE 8 MESES EM SETEMBRO GANHO GOSTARIA DE SABER SE TEM COMO EU RECEBER ISSO ??

Mr. Prev disse...

Leticia, se você recebeu seguro desemprego ou tem mais de 120 contribuições sem perda da qualidade de segurado então poderá receber pois você mantem a qualidade de segurado por 24 meses

Se não recebeu seguro nem tem os 120 então você já perdeu a qualidade de segurado, mas ainda tem salvação.

Quando perde a qualidade de segurado você precisa ter pelo menos 3 contribuições ate o nascimento,
Se nascer em Stembro então você pode pagar o mês de julho que vence em 15/08/2013, pagar o agosto e também o setembro.

Mas o primeiro pagamento tem que ser feito em dia, ou seja ate 15/08/2013, se atrasar não terá mais chances.
Se antecipar e nascer em Agosto também perdeu, a criança vai ter que sair só em Setembro...rsrsrs

Andre Chaves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andre Chaves disse...

Bom dia.

Uma duvida mesmo que pareça infantil. Um amigo faleceu em 10/11/2008 e deixou um filho hoje com sete anos.
Possui aproximadamente 20 contribuições, sendo a ultima em setembro de 2006. Ate onde entendi a Lei, o mesmo não possui mais qualidade de segurado, estando, portanto, o filho impossibilitado de obter pensão por morte, tendo em vista que nao tinha contribuição ou idade para aposentar e porque nao possuía qualidade de segurado por extrapolar doze meses sem contribuir.
Procede?
O garoto perdeu o direito a pensão?
No aguarde e grato!

Mr. Prev disse...

Certinho André, a não ser que a ultima contribuição de setembro de 2009 tenha sido como empregado e ele recebeu seguro desemprego, nesse caso ele manteria a qualidade de segurado ate 15/11/2011.

Ou se tiver mais de 120 contribuições sem perda da qualidade de segurado.

Aline Gosch disse...

Oi estou com uma dúvida sobre o auxílio maternidade desempregada. Eu trabalhei 9 meses em 2009 e peguei seguro desemprego. Depois começei a trabalhar em 2012 e contribui 9 meses tbm em dezembro de 2012 sai do meu emprego mas não peguei seguro. E agora em Junho fiquei sabendo que estava grávida, meu bebê é para fevereiro de 2013. Tenho direito ao auxílio Maternidade.

Mr. Prev disse...

ALine,s e nascer are 15/02/2014 tem, mas para garantir recomendo pagar como facultativa a partir de dezembro ou janeiro, assim não corre o risco de ficar sem.

HILTON PEREIRA disse...


EM ATENÇÃO AO QUE CONSTA NA LEI 8213 E OS PRAZOS PARA PRORROGAÇÃO DO PERÍODO DE GRAÇA, FAÇO A SEGUINTE INDAGAÇÃO: NO CASO DE PENSÃO POR MORTE EM QUE O DE CUJUS TENHA 81 CONTRIBUIÇÕES, NESTE CASO O PERÍODO DE GRAÇA NÃO SERÁ PRORROGADO PARA 24 MESES? COMO FICA ESSA SITUAÇÃO? DESDE JÁ AGRADEÇO PELA RESPOSTA. MAILTON

Mr. Prev disse...

Hilton, prorrogação so se tiver no mínimo 120 sem perda da qualidade de segurado ou registro no SINE ou receber seguro desemprego.

Shiva disse...

Prezados
Trabalhei sob regime de CLT durante 5 anos e 9 meses. Fui demitida em janeiro de 2012. Recebi auxilio- desemprego, até julho de 2012. Ainda estou na qualidade de segurada? Estou com 26 semanas de gestação. Terei direito ao auxílio maternidade. Desde já agradeço e fico no aguardo! Silvia Pool

Mr. Prev disse...

Shiva, sua qualidade de segurado são de 24 meses contados a partir do mês seguinte ao da demissão, ou seja Fevereiro de 2012. A partir de março de 2014 é bom contribuir pois ira perder a qualidade de segurado, a não ser que o parto seja antes.

Shiva disse...

Estou mais tranquila, pois o bb nascerá em janeiro!!
Muito obrigada!!!

M3A disse...

Trabalhei no BB de 12/1979 até 06/2011, quando pedi demissão para receber antecipar o recebimento do beneficio da PREVI (fundo de pensão). Por total desinformação passei a contribuir como 1406 (facultativo) até a competência 02/2013 quando minhas reservas acabaram e parei de contribuir. Tinham me informado que eu não precisava fazer os pagamentos que fiz como facultativo. Não solicitei seguro desemprego pois penso que não tinha direito ( pedi demissão). Pelo que já apurei perdi a condição de segurado. Como fica minha aposentadoria por tempo de contribuição (35 anos) que seria em janeiro/2015 se não tivesse parado de pagar? Ainda consigo estender meu "tempo de graça" para 36 meses (registro no MPE)? Posso pedir a restituição das contribuições com o código 1406 como indevidas, e voltar a pagar ao final dos 36 meses ate completar os 35 anos?

Mr. Prev disse...

MA, você pode pedir restituição só não deixe prescrever o prazo de 05 anos.

Em relação aos 36 meses de período de graça, A legislação fala o seguinte:
O segurado desempregado do RGPS terá o prazo do inciso II do caput ou do § 1º deste artigo acrescido de doze meses, desde que comprovada esta situação por registro no órgão próprio do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, podendo comprovar tal condição, dentre outras formas:
I - mediante declaração expedida pelas Superintendências Regionais do Trabalho e Emprego ou outro órgão do MTE;
II - comprovação do recebimento do seguro-desemprego; ou
III - inscrição cadastral no Sistema Nacional de Emprego - SINE, órgão responsável pela política de emprego nos Estados da federação.

Para se aposentar por tempo de contribuição você precisa comprovar 35 anos de tempo e serviço, além dos 31 anos e meio de BB faltam 3 anos e meio.
Se prestou serviço militar pode aproveitar o tempo.

Taís Dutra dos Santos Gerólamo disse...

Boa Tarde, eu estou desempregada desde de 6/12/12 e contribui 3 anos e 8 meses, Recebi o seguro desemprego, quanto tempo tenho de segurada?

Grata...

Mr. Prev disse...

em Fevereiro de 2015 você perderá a qualidade de segurado.

Por ter recebido seguro desemprego você pode ficar ate 24 meses sem contribuir.

ELAINE C disse...

Olá! Primeiro, parabéns pelo site! Muito útil! Minha dúvida é a seguinte: contribuí como empregada 6 meses em 1994; e, como contribuinte individual contribuí 6 meses em 2004; e alguns meses em 2007 e 2008. Depois de 2008 não contribuí. Gostaria de saber se agora eu contribuir 3 meses como contribuinte individual, retomarei a condição de segurada e terei direito ao salário maternidade. Obrigada!

Mr. Prev disse...

Elaine, antes do parto ou do oitavo mês de gestação você precisa de pelo menos 3 contribuições.

anp disse...

Olá, pedi demissão em junho de 2013 e em agosto fiquei grávida, gostaria de saber se tenho o direito ao salário maternidade? Obrigada

Mr. Prev disse...

sim, voce terá direito pois estará na qualidade de segurado quando a criança nascer.

Hélio Duarte disse...

Olá, desde já agradeço. Tenho 23 anos de contribuição, o meu último emprego “01/11/2010 até 29/02/2012”, e peguei seguro desemprego. Desde então, fiquei desempregado e fui trabalhar de pedreiro por conta própria, 08/2013 comecei a pagar como contribuinte individual autonomo (Código 1163), data de atualização de atividade (19/11/2013). No dia 14/10/2013 sofri um acidente no trabalho por amputação da metade do dedo anelar da mão esquerda, que me concedeu auxílio doença “Especie 31” até “31/01/2014”, e por eu não ter conhecimento, estou pagando o carnê do INSS até hoje (12/2013), e tenho algumas dúvidas;

- “No meu último emprego, eu mantive a qualidade de assegurado? Se sim, por quanto tempo?”

- E se mantive, fui assegurado pelo “qualidade de assegurado”, ou porque comecei a pagar como “contribuinte individual”?

- Quando terminar o auxilio doença, terei chance ao direito do auxilio acidente por ampultaçao?

- Quem mantem a qualidade de asegurado não precisa pagar o carnê, e continuei pagando 2 ou 3 parcelas sem saber, o que fazer nesse caso, e qual o melhor plano de pagamento do INSS pelo meu histórico, porque acho que paguei o plano de pagamento do INSS errado.

-E eu gostaria também de saber se tenho alguma chance de aposentadoria especial por tempo de cotribuição “Lei complementar nº 142/2013”.

Gostaria da sua ótima ajuda!
Um forte abraço, obrigado.

Mr. Prev disse...

Helio, voce manteria a qualidade de segurado por 24 meses se nao contribuisse, mas como contribuiu seu beneficio saiu como segurado contribuinte individual e não desempregado na qualidade de segurado.
O meses que voce pagou e ficou os 30 dis de beneficio pode pedir restituição na receita federal.

Em relação ao auxilio-acidnete depende da amputação e trta de materia medica, não administrativa para eu poder ficar orientando.

vinicius oliveira disse...

paguei 7 meses de 33,90 -5% do inss no ano já souconsiderado assesgurado da previdencia social?

Mr. Prev disse...

Desde o primeiro mês você já é segurado, porem dependendo do beneficio que você vai pedir é necessário uma quantidade mínima de contribuição como por exemplo o auxílio-doença que necessitam de 12 contribuições;

vinicius oliveira disse...

tenho 13 anos com carteira assinada mais 7 meses sem carteira assinada 5 % já nao tenho direito a auxilio como auxilio doença?

vinicius oliveira disse...

já contribui 13 anos de carteira assinada mais 7 meses sem ser assinada ou sejá 5 % já tenho direito a algum tipo de auxilio como auxilio doença?

Mr. Prev disse...

sim, após perder qualidade de segurado você precisa de pelo menos 4 meses para o auxílio-doença e você já tem sete. Mas a incapacidade tem que ser após a quarta contribuição.

Carmen disse...

Bom dia !
Estou tentando ajudar uma pessoa (um tanto leiga...) a resolver uma questão de auxílio doença. Ela trabalha em uma Rede de Supermercado (muito grande e conhecida, engravidou e teve descolamento de placenta. Recorreu em setembro ao INSS para o benefício de Aux. doença e está até HOJE sem solução. Vai lá e volta, vai até a Empresa fala do que está acontecendo e a Empresa só diz "mantenha a gente avisado dos acontecimentos ". Com isso o tempo está passando, deveria segundo ela ter retornado ao trabalho em 30 de Janeiro/2014..Hoje pesquisando a situação na Internet vi o seguinte: Situação : Benefício Indeferido - 81 - Falta de Comprovação como Segurado. Se era isso, como ela diz ter feito perícia e tinha data para retorno ao trabalho ? Como ela ouvia dos funcionários de atendimento: verifica se o pagamento já está em sua conta ! No mínimo estranho....Não só da área de Direito, mas fui Secretária por 15 anos da área de Advocacia, diante do Indeferimento, o que me parece é que a Empresa não recolheu o INSS dela, certo ? Por esse motivo ela não está segurada. Gostei muito do seu Blog e atenção que dá a todos que te recorrem. Por gentileza gostaria muito do seu parecer. Aguardo resposta. Abraços. Carmen Aguiar

Mr. Prev disse...

Falta de comprovação como segurado é porque ela não está vinculado ao INSS.

Se ela trabalha registrado, então cabe recurso/revisão, basta levar CTPS assinada, livro de registro de empregado, contracheque, esses são docuemtnso que cormpovam o exercício da atividade.

Recomendo, que antes de fazer esse procedimento, pegue o CNIS(cadastro de vínculos) dela para verificar se está tudo certo ou faltando alguma coisa importante.

Pode ser cas de pessoas com mais de um NIT(numero de inscrição) e a pericia foi amrcada no outro sem o registro da atual empresa, nesse caso é só o INSS fazer uma certo no cadastro.

Daiara Corrêa disse...

Oi, eu saí do emprego no início desse mês, fevereiro de 2014, e estou grávida de 5 meses. Gostaria de saber como e quando faço para adquirir meu salário maternidade, pois pelo que lí, ainda estou no período de manutenção.

Mr. Prev disse...

Você mantem a qualidade de segurado por 12 meses e se recebeu seguro desemprego por 24 meses.
Como desempregada pode dar entrada após o nascimento da criança.

Luís Henrique Oraggio disse...

Bom dia. Por favor, de que forma devo contribuir somente para manter a qualidade de segurado, uma vez que já tenho mais de 15 anos de contribuição? Grato.

Luís Henrique Oraggio disse...

Complementando a pergunta acima, informo que sou contribuinte FACULTATIVO. Grato.

Mr. Prev disse...

Luis, se você não exerce atividade então deve contribuir como facultativo e nesse caso, se é apenas para manter a qualidade de segurado deve pagar pelo menos uma a cada seis meses.

Facultativo perde a qualidade de segurado em seis meses sem contribuição. Entao a cada seis meses paga um

gasampa2012 disse...

Bom Dia.
Ótimo este blog. Parabéns.
Trabalhei no BB de jan/83 até 03.12.2007, onde aderi ao plano antecipado para aposentadoria.
A competência de 12/2007 paguei em 15.01.2008, como facultativo (1406), minha primeira contribuição.

Paguei as competências posteriores até 12/2009, com pequenos atrasos, nunca mais de 06 meses.

Consta no meu extrato do CNIS, as contribuições após 12/2009:

Competência - Data pagamento
12/2009 - 20.04.2010
03/2010 - 17.09.2010
04/05/06/07/08/09/2010 -08.10.2010
os recolhimentos restantes até hj com pequenos atrasos.

Observe que não consta as competências de 01 e 02/2010, pois somente contribuí em 17.09.2010.

a) Perdi a qualidade de segurado nesta data de 01 e 02/2010?
b) como fica a contagem dessa época?
c) contribuí em 17.09.2010 e 08.10.2010 (vide acima). Voltei a estar segurado? e os meses seguintes até hj contam para aposentadoria, mesmo com alguns atrasos?

Agradeço antecipadamente uma explicação

Mr. Prev disse...

gasampa, facultativo perde a qualidade de segurado se ficar mais de seis meses sem contribuição.

Se você parou em 12/2009, você não deveria ter pago em 17/09/20009 desde as competência 01/2010, pois você tinha perdido a qualidade de segurado.

Pelo que você me passou, deveria ser contado para você ate 12/2009 e depois a partir da primeira em dia novamente.

Na minha mão você teria como contagem as competência ate 12/2009 e depois a partir de 09/2010 que foi a primeira em dia.

o período de 01/2010 a 08/2010 eu considero indevido.

Isso falando pelo que eu entendi da historia.

E a competecia 12/2007 também esta indevida pois se você trabalhou um dia no mês já não pode ser facultativo nessa competência, você é facultativo desde o mês posterior a demissao

Hélio Duarte disse...

-OLA DESDE JA LI AGRADEÇO, ESTAVA DE AUXILIO DOENÇA DURANTE 5 MESES,E POR NAO SABER, PAGUEI O CARNE DURANTE ESSES 5 MESES, TEM ALGO QUE POSSO FASER PARA PEGAR DE VOLTA, QUE EU PAGUEI DURANTE O AUXILIO. OBRIGADO

Mr. Prev disse...

Hélio, você pode pedir restituição na Receita Federal(isso mesmo, RFB). Ela é quem faz a restituição.

Lucianna Valente disse...

Boa tarde! Parabéns pelo site! Creio que auxilia demais ás pessoas que buscam este tipo de informação.

Tenho 50 anos e fui demitida sem justa causa, na semana passada, Estava há quase dois anos na empresa. Em agosto de 2013, tive um câncer e fiz uma histerectomia total. Fiquei afastada pelo INSS por 45 dias e retornei ao trabalho.
Fui comunicada de meu desligamento, apenas com a alegação de corte de pessoal, mas apenas eu,de meu setor, fui demitida. Minha rescisão se dará na próxima 2ªfeira e, gostaria de saber, se, tendo tido um câncer há pouco mais de 6 meses, a empresa poderia me demitir, sem uma alegação mais grave? Teria eu direito a alguma indenização?
Desde já agradeço muitíssimo, se puderem me auxiliar.
Atenciosamente,
Ana Lucia

Mr. Prev disse...

Em relação a previdência, apenas auxilio-doença por acidente de trabalho da estabilidade, o que não foi o seu caso. Essa pergunta também pode ser feita no ministério do trabalho, pois pode haver algo não ligado a previdência social que garante seu emprego e eu não sei.

eliana souza disse...

Ola tenho uma duvida,gostaria por favor me esclarecer.Estava empregada em Dezembro de/2013 e agora estou recebendo seguro desemprego pois trabalhei 1 ano e 7 meses na empresa e descobri que estou gravida queria saber se tenho direito de receber salario maternidade

Mr. Prev disse...

Se a criança nascer ate Janeiro de 2016 tem sim.Seguro desemprego garante 24 meses a qualidade de segurado

Fábio disse...

Em relação ao auxilio maternidade, minha esposa deixou de ser empregada registrada a três anos e se tornou profissional autônoma porém não contribuiu com o INSS desde então, para retomar a condição de ter direito ao auxilio maternidade lhe basta retomar os pagamentos por três meses ? Qual a modalidade que deve ser utilizada ?

Mr. Prev disse...

Ate o nascimento da criança ela precisa ter pelo menos 3 contribuições após nova filiação e 10 contribuições no total.

Se é autônoma deve pagar no código 1163(11%) ou 1007(20%)

Artes Daniele disse...

Olá, boa tarde.

Sou MEI desde novembro de 2011, antes era trabalhadora com carteira assinada, de janeiro de 2005 a fevereiro de 2011.
Estou gravida de 6 meses e a data provavel do parto é 14/06/2014.
sei que para contagem da carencia para salario maternidade é de 10 meses, mas paguei atrasado as guias do ano passado, conforme:

Julho/2013 - pago em 25/02/2014

agosto/2013 - pago em 21/02/2014

setembro/2013 - pago em 21/02/2014

outubro/2013 - pago em 19/11/2013

novembro/2013 - pago em 26/12/2013

dezembro/2013- pago em 13/02/2014

janeiro/2014 - pago em 20/02/2014...

ah e as guias de abril, maio e junho de 2013 ainda nao paguei, mas pretendo pagar ate o mes de maio.

gostaria de saber se terei direito ao Salario maternidade?
se for contar o primeiro pagamento em dia, que foi de outubro/2013, eu teria que pagar a guia de julho/2014 e só depois dar entrada no pedido do Salario Maternidade?

eu liguei na Previdencia Social e sem informar o meu numero de PIS, apenas pedindo informação e a atendente me informou que mesmo que eu paguei atrasado as guias eu posso receber o Salario.

o que vcs acham?

No aguardo.

grata.
danielevc@hotmail.com

Mr. Prev disse...

A carência vai ser contado a partir do primeiro MEI em dia, se você pagou corretamente alguma lá atrás, os outros podem estar atrasados que não irá atrapalhar.

VERO ICON disse...

Olá, fui demitida em 05/07/2013 e vou ter meu filho em 02/09/2014, recebi 4 parcelas do seguro desemprego e continuo desempregada, tenho direito ao salário maternidade?

jacqueline ramos disse...

Boa noite...Trabalhei em 2006 por 3 meses contribuindo normalmente.No ano de 2012 trabalhei por sete meses tbm contribuindo e fui demitida em março do ano passado de 2013 e tive direito a 3 meses de seguro desemprego.Em novembro do mesmo ano descobri que estava gravida de dois meses e comecei desde então a contribuir como autonoma.Meu parto é previsto pra junho e gostaria de saber se tenho direito ao salario maternidade.Se sim quantas parcelas tenho direito e quanto vou receber em cada parcela já que minha contribuição é a de 11%.Desde já agradecida!

Mr. Prev disse...

Vera, fique tranquila, você terá o direito a receber.

Mr. Prev disse...

JAqueline, sim, você terá direito e s]ao 4 parcelas. O valor do beneficio é uma media feira com no máximo 12 contribuições apuradas em um período não superior a 15 meses.

Katyuska Oliveira disse...

Olá trabalhei com minha carteira assinada no período de março de 2012 a julho de 2012 e agora descobri que estou gravida com 3 meses como faço para ter direito ao auxilio maternidade, desde já agradecida.

Mr. Prev disse...

Você vai ter que voltar a contribuir como facultativa ou Contribuinte Individual. Terá que pagar pelo menos 5 meses ate os nascimento da criança para somar com o tempo de CTPS e completar as 10 contribuições

Arlete Toledo disse...

Boa Tarde, gostaria de tirar uma duvida, fui dispensada sem justa causa dia 05/05/2013 ate quando tenho minha qualidade de segurado, tenho direito ao salário maternidade? pois estou gravida e meu bebe nasce em 10/05/2014, e qual o valor do salário maternidade pois no ano que contribui registrada meu salário era 4250,00.
obrigada

Arlete Toledo disse...

esqueci de colocar, entrei nessa empresa em 01/02/2012

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 225   Recentes› Mais recentes»