terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Novo salário mínimo para 2012









O Diário Oficial da União desta segunda-feira (26) traz o decreto da presidente Dilma Rousseff que fixa o novo salário mínimo brasileiro em R$ 622. A mudança na remuneração básica entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2012, mas só cai na conta do brasileiro no dia 1º de fevereiro.

Em parágrafo único, o texto informa que o “valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 20,73 e o valor horário a R$ 2,83”. Durante a maior parte de 2011, o valor do salário mínimo foi de R$ 545.

A presidente Dilma Rousseff assinou antes de entrar de férias o reajuste do mínimo, que teve um aumento de 14,13% em relação ao atual valor. Apesar dessa alta, o valor ficou um pouco abaixo do aprovado pelo Congresso Nacional na quinta-feira (22), que previu a remuneração em R$ 622,79 no Orçamento.

O cálculo utilizado para a definição do mínimo foi o aprovado em fevereiro deste ano pelo Congresso. 

De acordo com a nova regra, o salário mínimo será reajustado com base na inflação do ano anterior somado ao crescimento da economia de dois anos antes. Com isso, o novo mínimo leva em conta a inflação de 2010 e o PIB (Produto Interno Bruto) de 2009. 

A fórmula de reajuste, que vai até 2015, pode levar o mínimo a superar os R$ 800 daqui a quatro anos. Um aumento de R$ 1 no salário mínimo equivale a uma elevação de gastos de cerca de R$ 300 milhões.

Assim, o aumento do mínimo para 2012, que é de R$ 77, vai representar uma despesa extra de R$ 23 bilhões para o governo, que terá de reajustar também o valor pago aos aposentados que recebem o mínimo.


4 comentários :

Mau4 disse...

Copiando notícias de outros sites, sem acrescentar nada, nem mesmo o que procuro: o valor a ser recolhido descontado do empregado e o total a ser recolhido ao INSS a partir do novo salário mínimo

Mr. Prev disse...

Desculpa, da proxima vez vou perguntar o que voce procura para postar algo novo!!!

Mas ao inves de criticas "sem noção" faça sua pergunta!!

Silvia da Rocha Siqueira disse...

Vc pode e tirar uma dúvida??
trabalhador de empresa q fica encostado(aux. doença) o período q ficou em casa conta como contribuição ou é descontado???

Mr. Prev disse...

Periodo de auxilio doença é contado como tempo de serviço caso haja retorno ao trabalho. Mas esse periodo nao é contado como carencia, ou seja, se for para aposentar por idade com 15 anos contribuição, esse tempo nao entra para somar os 15.
Mas se for aposentadoria por tempo de contribuição(mulher 30 anos), ele conta para somar os 30 anos.
(na apossentadoria por tempo de contribuição, não é necessario contribuir os 30 anos, sao necessario no minimo 15 anos de contribuição e o resto é o que chamam de tempo de serviço que pode ser serviço militar obrigatirio(homens), tempo de auxilio doença, periodo de atividade rural...)