sábado, 4 de fevereiro de 2012

Bancos vão recadastrar aposentados do INSS









Matéria publica no Jornal Diário do Nordeste, em 03/02/2012

A partir de março, a comprovação de vida deve ser feita, exclusivamente, nas agências bancárias

Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que percebem benefícios no Bradesco, no Itaú, Unibanco e na Caixa Econômica Federal começaram ontem, a ser avisados para fazerem o recadastramento. A partir deste ano, a comprovação anual de vida passará a ser realizada pelas instituições financeiras onde os beneficiários possuem conta corrente, conta poupança ou realizam os saques do benefício por meio de cartões magnéticos.

No Ceará, 1,28 milhão de benefícios previdenciários foram pagos em dezembro último, resultando em montante de R$ 801,98 milhões, valor 31,59% inferior ao que foi desembolsado pela Previdência Social, em novembro último. No País, no último mês de 2011, 29 milhões de brasileiros perceberam benefícios previdenciários da ordem de R$ 23, 2 bilhões.


Obrigatoriedade

Em conformidade com resolução do Ministério da Previdência Social, a partir de março próximo, o recadastramento por intermédio das instituições financeiras passa a ser obrigatório para todos os aposentados e pensionistas que recebem o benefício por conta-corrente ou poupança. Dessa forma, a partir de abril, todos os bancos deverão estar preparados para realizarem o recadastramento de seus clientes.

Anteriormente, a comprovação de vida dos beneficiário era realizado pelo INSS, por meio de censos demográficos e valia apenas para quem recebia o dinheiro por conta-benefício. De acordo com orientação do INSS, o segurado deve aguardar notificação do banco, por meio de carta ou nos caixas eletrônicos.

Procedimentos

Segundo o Bradesco, o cliente já pode se recadastrar pelo sistema de biometria (com leitura da palma da mão) direto no caixa eletrônico, após o que não será necessário apresentar documentos na agência. O Banco do Brasil informa que já vem realizando a comprovação de vida desde dezembro, enquanto o HSBC orienta que o procedimento deve ser feito no mês de aniversário do segurado da Previdência.

Na Caixa Econômica, o recadastramento foi iniciado ontem. A previsão do INSS é que todos os aposentados e pensionistas sejam recadastrados até o fim desde ano, mas a data ainda está sendo negociada com a Federação Nacional dos Bancos (Febraban). Para comprovação de vida, o beneficiário deve comparecer nas agência de seu respectivo banco e apresentar RG, CPF, carteira de trabalho ou de habilitação e comprovante de endereço.

Enfermos
O INSS garante que os beneficiários enfermos, ou aquelas pessoas com dificuldade de locomoção e que não podem comparecer à agência bancária não serão prejudicadas, desde que constituam um procurador. Para tanto, este deve levar à agência do INSS os documentos originais (dele e do aposentado).

Segundo a Previdência, quem não se recadastrar terá o benefício bloqueado. Para fazer o cadastro do procurador, é necessário preencher um formulário disponível nas agências do INSS ou no site da Previdência. O procurador e o beneficiário devem assinar o papel.

Depois, o documento deve ser entregue na agência em que o benefício foi concedido, com atestado médico, comprovando a dificuldade de locomoção do beneficiário, RG, CPF e comprovante de residência originais do procurador e do aposentado. Se este estiver muito doente ou for analfabeto, a procuração deve ser reconhecida em cartório, que pode exigir o atestado médico ou uma visita ao paciente. 


106 comentários :

fernando disse...

boa tarde mr prev,

bem rapidinho
qdo termina o prazo pra comprovação de vida junto aos bancos? (p quem recebe beneficios)
no aguardo
abraço

ledinhas disse...

Leda C

Quem mora no exterior tem outra opcao que nao seja ir ao Brasil, ja que procuracao eh somente para pessoas que nao tem condicoes de comparecer a agencia bancaria.

Mr. Prev disse...

Desculpa a demora, estava ausente.

Cada banco adotou um calendario, tem banco que recadastra no mes de aniversario, outros vai convocando aos poucos. Mas o recadastramento tem que ser feito até 12/2012

Mr. Prev disse...

Desculpa a demora, estava ausente.

Claro que tem, é necessario fazer a rpova de vida na embaixada, e encaminahr os documentos para o INSS.
Para mais informações Acesse : http://www.portalconsular.mre.gov.br/mundo/europa/republica-portuguesa/porto/servicos/atos-notariais/atestado-de-vida

As Tertulías disse...

Quem mora no exterior tem outra opcao que nao seja ir ao Brasil, ja que procuracao eh somente para pessoas que nao tem condicoes de comparecer a agencia bancaria???????????

Mr. Prev disse...

Desculpa a demora, estava ausente.

Claro que tem, é necessario fazer a prova de vida na embaixada, e encaminhar os documentos para o Banco/INSS.
Para mais informações Acesse : http://www.portalconsular.mre.gov.br/mundo/europa/republica-portuguesa/porto/servicos/atos-notariais/atestado-de-vida

O exemplo acima é para quem está em portugal, ams outros paises seguem o mesmo roteiro, mas o improtante é verificar com o consulado os documentos.

Existe tambem a possibilidade de cadastro de procurador para pagamentos ja que procuração é para pessoas ausentes, com molestias contagiosas ou impossibilitada de se locomover.

Tulipa disse...

Fiz a minha prova de vida como aposentada do estado de S.P. indo ao consulado do Brasil em Genebra, gostaria de saber se posso tambem no consulado dar a prova de vida como pensionista do INSS, estou na Suiça. Obrigada carmi lizardo pereira

Mr. Prev disse...

Sim, pode. O provedimento não sei exatamente qual, mas no consulado eles devem ter essas orientação.

Tulipa disse...

Muito obrigada pela atenção.
Uma informação : Como fiz a minha prova de vida para o SPPREV ( sou aposentada do estado ) agora fui informada que tb posso fazer como pensionista do INSS.
Estou na Suiça...Fui ao correio paguei CHF 6,25 ( cerca de 12,50 em reais ) Fui ao consulado em Genebra com o recibo, duas vias, com um documento com foto, minha CNH, e foi feito na hora. Obs. a taxa tem que constar o valor exato, o correio nao sabe, tem no site do consulado. Recebi o documento com cópia, guardei a cópia e enviei o original pelo correio...Espero que tenha sido útil.

Tulipa disse...

Esquecí ...O documento é enviado ao banco que se recebe, visto que agora o INSS passou para os bancos esta incumbencia....Quanto a senha eu nao sei informar, a minha pensão fica como poupança, não a movimento.

Mr. Prev disse...

Nao deverá haver problema, espero que não!!!!
E ai, ta muito frio na SUiça ou está fazendo Sol?rsrsrsrsrsr

Arteira sim disse...

Como devo proceder no caso de minha avó, que com 97 anda meio esquecida. Tem muitas dificuldade de locomoção e há uma resistencia do médico dela (SUS) em dar um atestado. No cartorio ouvi num tom de ameaça que se o tabelião for na visita e desconfiar de algum esquecimento não fará a procuração.Por favor cada ano que passa está mais difícil levá-la ao banco (HSBC) e lá mesmo os funcionários disseram que é uma sacrifício muito grande para ela e todos nós. Sou neta e ha uns 5 anos recebo beneficio (salario minimo) dela todo mes , levo, separo e faço pagamentos pois ninguem, quis "mexer" com isso. Para completar não acho o CPF dela ,tenho somente o numero. Por favor algúem me dê um caminho pois estou muito perdida e mês que vem é aniversário portanto recadastramento Atenciosamente
Simone

Mr. Prev disse...

Nao tem outro jeito a nao ser fazer a procuração e conseguir o atestado dizendo que ela esta impossibilitada de se locomover.
A principio voce temq eu ter a procuração, quem sabe com um atestado dizendo qeu ela tem muita dificuldade de locomoção o servidor do INSS nao deixa passar, a legislação diz que é impossibilidade, mas as vezes passa. Mas sem procuração, sem chance. Ou de repente outro medico resolve fazr o atestado.

Arteira sim disse...

Ok, obrigada.

patryckbrito disse...

ola, fiz todo o recadastramento da minha avo e agora fui no banco e diz que ta cartao bloqueado, eu devo ir no banco tambem apresentar os documentos ou seja a procuraçao mais os documentos que eu tive no inss? o inss me deu um prazo de 15 dias p liberar o beneficio mais ja esgotou e a mensagem que aparece qndo vou sacar e cartao bloqueado pelo banco, o que faço?

Mr. Prev disse...

Ao cadastrar/recadastrar a procuração no INSS pode demroar ate sete dias para que o banco volte a ver voce como procuradora, mas caso nao queira esperar voce pode pegar uma autorização espeical no INSS.

Se demorar mais que isso é pq esta havendo algum problema no beneficio(cadastro do procurador), entao va a uma agencia do INSS.

Bloqueio de cartao/senha é resolvido no banco e nao no INSS, agora ser for bloqueio do dinheiro ai sim é no INSS, mas o desbloqueio ou emissao do pagmento depois de feito cai no banco em poucos dias.

maurovaz disse...

Boa tarde,
Recadastramento de beneficiário enfermo - o INSS esta exigindo uma ação de interdição para que eu possa ser procurador de minha mãe, a qual esta na UTI! Andei procurando alguma instrução normativa que mostre para o atendente que basta aquela procuração para o INSS e os documentos que comprovem a enfermidade... Não achei nada... Vc tem alguma dica que possa me ajudar? Obrigado!

maurovaz disse...

Esqueci de mencionar que ela não pode assinar nada.

Mr. Prev disse...

Para representar um segurado junto ao banco, podendo ate sacar seus beneficios,recadastrar senha, entre outras coisas, basta apresentar a procuração com a declaração dizendo que a pessoa não pode se locomover. O atendente nao pode exigir interdição.
Vale ressaltar que só pode passar procuração as pessoas capazes, no gozo dos direitos civis.

Se voce nao tiver procuração entao vai ser necessario interditar, pois ela não é capaz para passar procuração a ninguem no momento.

Se voce ja possui uma procuração de cartorio, entao é so apresentar ao INSS com o relarorio medico dizendo que ela nao pode se locomover, ja que a procuração foi passada em época que ela tinha condição.

A procuração nao é obrigado ser de cartorio, porem uma procuração simples o INSS nao é obrigado a aceitar por nao possuir fé publica, se as assianturas nao baterem com o documento de identidade o atendente pode nao aceitar, e nesses casos todo ano tem qeu apresentar uma nova procuração. As de cartorio podem ser com datadas anteriores, mas tambem nao vamos exagerar e apresentar uma do ano de 1980

Resumindo, se ja possui procuração e tem o atestado pode ser procurador.

Mas agora me explica ai, voce tem a procuração, é de cartório e quando foi feita???

Algumas fundamentações da IN45

Art. 393. O instrumento de mandato poderá ser público ou particular, ressalvada a hipótese de outorgante ou outorgado não-alfabetizados, em que se impõe a forma pública, atendendo-se ao interesse público e ao interesse do próprio beneficiário.

Art. 395. Todas as pessoas capazes, no gozo dos direitos civis, são aptas para outorgar ou receber mandato, excetuando-se:

Art. 400. Para fins de recebimento de benefício, o titular poderá se fazer representar por procurador somente nos casos de ausência, moléstia contagiosa ou impossibilidade de locomoção, cujo mandato não terá prazo superior a doze meses, podendo ser renovado ou revalidado, observado o previsto no art. 109 da Lei nº 8.213, de 1991 e no art. 156 do RPS.

Art. 402. O instrumento de mandato, se particular, poderá ser renovado, e, se público, revalidado a cada doze meses, mediante identificação pessoal do outorgante, salvo quando estiver impossibilitado de comparecer, observando os seguintes procedimentos:
I - em se tratando de permanência temporária no exterior, o instrumento de mandato renovado ou revalidado deverá ser acompanhado de atestado de vida emitido por órgão ou entidade que possua fé pública;
II - em se tratando de moléstia contagiosa ou doença que impossibilite a locomoção, a apresentação do instrumento de mandato renovado ou revalidado deverá ser acompanhado de atestado médico; e
III - em se tratando de privação da liberdade o instrumento de mandato renovado ou revalidado deverá ser acompanhado de atestado do recolhimento à prisão, emitido por autoridade competente.


maurovaz disse...

Que burocracia sem sentido! Veja que o objetivo final é apenas constatar que um beneficiário esta vivo! Não há solicitação alguma ao INSS para motivar a utilização de procuração. Não vou representar a vontade de minha mãe perante o INSS, mas simplesmente mostrar que ela ainda respira! Tudo isso para o INSS não ter o encargo de deslocar um funcionário que constate referido fato, sem falar no desrespeito ao estatuto do idoso! Como pode reparar pelo meu desabafo, não tenho procuração. Obrigado pela ajuda e pelo desabafo. Abs.

Meiroca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mr. Prev disse...

Espero que voce nao fique bravo comigo mas pelo que entendi o errado foi voce. Vou explicar.

A questao nao é apenas ver se ela respira, o recadastramento tem como um dos objetivos evitar que uma pessoa receba o pagamento por outra(geralmente em caso de óbito, mas pode ser aplicado a vivos tambem)

Se sua mae esta na UTI eu imagino que deve ter alguem movimentado a conta dela/ recebendo o beneficio, mas com qual autorização?
Se voce pega o cartao e senha dela e vai no banco sem procuração, voce esta se passando por ela, vai me dizer que isso é correto? Se a gente for ver na legislação isso é até crime.

A nao ser que sua mae tenha sofrido algum acidente e parado na UTI de repente, eu imago que ela foi ficando doente aos poucos, entao porque nao providenciaram a procuração para voce cuidar das coisas dela? Nao tem burocracia, é simples.
Fizeram de forma informal e agora que nao tem mais como voce sem maldade nenhuma se "passar por ela" acha que a culpa é do INSS, a questao nao é os encargos apra enviar ums ervidor, e sim liberar o beneficio para quem nem autorização tem para receber.

Eu digo que nao tem autorização pois o que foi combinado verbalmente so serve dentro de casa.

Mr. Prev disse...

Vou ser mais um que nao saberei ti explicar, como voce mesmo disse seu pagamento cai na conta poupança, ou seja o cartao e a senha sao de resposabilidade apenas da instituição bancaria.

Se o meio de pagamento fosse cartao magnetico(conta beneficio) eu iria responder, basta nomear um procurador no Brasil cadastrando no INSS, esse procurador ficaria resposavel por troca de senha, pegar cartao, e qualquer outro assutno referente ao seu beneficio.

Porem senha de conta poupança é resolvido apenas no banco. No caso de conta corrente/poupança a procuração so serviria para recadastramento de beneficiarios.

Meiroca disse...

Obrigada por me responder...

Mais uma pergunta, se eu enviar o Atestado de Vida emitido pelo Consulado direto para o INSS nao resolveria?

Meiroca disse...

No Banco Itau me informaram que tenho até Julho de 2013 para fazer minha prova de vida, voce me confirma isso?

Mr. Prev disse...

A resposabilidade pelo recadastramente é do banco entao os documentos tem que ser enviados a eles, em relação a data fim de recadastramento.

o sonho do INSS é cosneguir o recadastramento ate o fim desse ano, mas a data fim foi combinada junto com a Federação Nacional dos Bancos (Febraban), sendo assim os bancos estao mais apto que eu para ti responder, cada banco esta convocando os aposentados de uma forma diferente, fico a crterio deles.

Maria Bernardes disse...

boa tarde gosta!!!!minha tia tem 69 anos e ganha um salario minimo federal ela é analfabeta e não tem procurador como faço?

Mr. Prev disse...

Quando o banco chamá-la ela deve comparecer fazer o recadastramento, o fato de ser analfabeta nao impede o recadastramento.

vanvam disse...

fui com minha mãe até a agencia onde ela recebe a aposentadoria para fazer o recadastramento e apesar de estar com todos os documentos o funcionario disse não ser possivel recadastra la pelo fato dela não conseguir assinar seu proprio nome. obs. ela não sabe ler apenas aprendeu a assinar o nome mas com a idade avançada (89 anos) ela mão consegue mais assinar como podemos resolver essa situação ?

Nat disse...

Olá boa noite queria parabenizar seu site, esta ótimo!!! Ms fiquei com uma duvida!!! Recebo pensão alimentícia do meu pai, que e aposentado pelo INSS, logo, recebo befenicio do INSS e tenho que fazer prova de vida todo ano, meu banco e o BRADESCO, então faço leitura da palma da mão. A questão e que eu vou estudar no estrangeiro, e nao vou poder vir sempre aqui no Brasil pra fazer a prova de vida. Eu ja vi a procuração que tenho que levao ao INSS, pq quero deixar minha mãe como minha procuradora , essa procuração tem que ser reconhecida a firma nao e?
Segunda duvida: como minha conta e o bradesco, comp que eles vão fazer pra que minha mãe movimente minha conta e me mande o dinheiro, se eles exigem a prova de vida com leitura da mão!?!?!? Eu ainda nao fui conversar com eles na minha agencia, mas na agencia perto da minha casa,eles nao sabem como proceder, e eu nao quero que fique problemas aqui, porque nao vou poder voltar aqui em junho pra resolver isso .( Junho e quando eles pedem a prova de vida no bradesco pra mim)

Eu sei que no ITAU e bem simples, pq minha tia mora no Líbano e minha Avo cuida do befenicio dela do INSS , e deiu uma procuração o ITAU e bem menos chato..mas o bradesco com a leitura de mão , e chatíssimo. E estou com medo que de algum problema . Nao queria sair do bradesco porque eu sei que posso sacar o dinheiro lá fora , nao sei o que eu faço, se essa procuração no banco , eles iam colocar a prova de vida pra minha mãe fazer por mim, ou entregar essa prova de vida por mim, que vou mandar do exterior....nao sei, o que voce me sugere?

Mr. Prev disse...

Até onde seu isso não existe, quem não assina tambem pode fazer o recadastramento. Uma das coisas normais na previdencia são segurados que nao saber assinar, e ate onde eles estao sendo recadastrados sem problema.

Cadastro de procurador no INSS so se estiver impossibilitado de se locomover o viajando para fora do país.

Mr. Prev disse...

Ha formularios de prova de vida que devem ser enviados na epoca propria. Sugiro conversar no consulado. Atraves deles voce faz a prova de vida que é encaminhado para o Brasil para ser entregue ao banco.

A Procuração tem qeu ser de cartorio. Na epoca de fazer a prova de vida sua mae tem que estar cadastrado no INSS como procuradora, para o banco reconhece-la.

De uma olhada nesse link, acho que ele pode ajudar.
http://www.portalconsular.mre.gov.br/mundo/europa/republica-portuguesa/porto/servicos/atos-notariais/atestado-de-vida/

Como é conta correte, o cadastro no INSS serve apenas para o recadastramento, e nao para receber os valores do beneficio.

Vanessa disse...

Mr. Prev,
Minha mãe sofre de alzheimer e já é completamente incapaz. sempre fui sua procuradora no INSS, mas agora não há condições de ela outorgar nova procuração pelo avanço da doença. Também não tem condições de locomoção à CEF para ser recadastrada. Ingressei com uma ação de interdição no início de dezembro e pedi uma ordem liminar ao juiz para que seja nomeada sua curadora. Ainda não obtive resposta. Tem algo que eu possa fazer junto ao INSS para evitar a suspensão do benefício, enquanto aguardo a decisão do juiz? Você sabe informar a partir de quando o benefício será suspenso? Até dezembro consegui efetuar o saque do benefício na CEF sem maiores problemas. Desde já obrigada,

Mr. Prev disse...

Cada banco esta chmando os segurados de uma maneira organizada pela instituição financeira, entao é melhor perguntar na propria CEF. Quando for o recadastramento devera aparecer a mensagem no caixa eletronico para se dirigir ate o banco.

Caso a curatela ainda nao tenha saido, va ao INSS e tente se cadastrar como adminsitradora provisoria com o protocolo do pedido, em alguns casos o INSS aceita.

Felipe Lopes disse...

Boa tarde.

Hoje fui ao INSS para levar a documentação (prova de vida e procuração para recebimento) do benefício de meus pais que moram no exterior e fui surpreendido com uma instrução normativa (INSTRUÇÃO NORMATIVA INSS/PRES Nº 45, DE 06 DE AGOSTO DE 2010 - DOU DE 11/08/2010) onde fala que o atestado de vida deve ter no máximo 30 dias a partir da sua data de expedição (artigo 403).

Todo o ano levo ao INSS esses documentos. Sou procurador deles aqui no Brasil, com plenos poderes e específicos junto ao INSS.

Como essa prova de vida, tem mais de 30 dias (58 para ser exato) eles recusaram a atualização e falaram que eu vou ter que dar um jeito desse atestado de vida chegar aqui no Brasil em menos de 30 dias.
Isso é meio difícil, porque eles moram longe do cinsulado no Porto em Portugal, e fazem todo esse tramite de autenticação através dos correios lá em Portugal.

Procurando uma solução alternativa para o caso, sem eu ou eles ter que se deslocarem de uma país para o outro) encontrei a seguinte lei (LEI Nº 7.115, DE 29 DE AGOSTO DE 1983.) onde fala que eu como procurador com plenos direitos posso fazer uma declaração de vida em nome deles e também o decreto (LEI Nº 7.115, DE 29 DE AGOSTO DE 1983.) onde fala sobre a substituição da simples declaração de vida pelo atestado.

Ou seja, se eu fizer uma declaração de vida dos meus pais, o INSS não pode se recusar a aceita-lá. Estou certo?

Estou indignado, pois os aposentadorias deles estão em postos diferentes, um no posto da Santa Cruz e outro no Largo da Concórdia aqui em São Paulo. No do Largo da Concórdia, aceitaram a documentação e no da Santa Cruz não.

O que fazer e como proceder?

Agradeço qualquer orientação.

Obrigado.

Felipe

Felipe Lopes disse...

Só complementando:
LEI Nº 7.115, DE 29 DE AGOSTO DE 1983.
Dispõe sobre prova documental nos casos que indica e da outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA , faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. . 1º - A declaração destinada a fazer prova de vida, residência, pobreza, dependência econômica, homonímia ou bons antecedentes, quando firmada pelo próprio interesse ou por procurador bastante, e sob as penas da Lei, presume-se verdadeira.

Parágrafo único - O dispositivo neste artigo não se aplica para fins de prova em processo penal.

Art. . 2º - Se comprovadamente falsa a declaração, sujeitar-se-á o declarante às sanções civis, administrativas e criminais previstas na legislação aplicável.

Art. . 3º - A declaração mencionará expressamente a responsabilidade do declarante.

Art. . 4º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. . 5º - Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, em 29 de agosto de 1983; 162º da Independência e 95º da República.

-----

DECRETO Nº 83.936, DE 06 DE SETEMBRO DE 1979.
Art 1º Fica abolida, nos órgãos e entidades da Administração Federal, Direta e Indireta, a exigência de apresentação dos seguintes atestados, aceitando-se em substituição a declaração do interessado ou procurador bastante:
I - atestado de vida;
II - atestado de residência;
III - atestado de pobreza;
IV - atestado de dependência econômica;
V - atestado de idoneidade moral;
VI - atestado de bons antecedentes.

Art 2º As declarações feitas perante os órgãos ou entidades da Administração Federal Direta e Indireta serão suficientes, salvo quando a exigência de prova documental constar expressamente de lei, e reputar-se-ão verdadeiras até prova em contrário.

Art 3º Havendo fundadas razões de dúvida quanto à identidade do declarante ou à veracidade das declarações, serão desde logo solicitadas ao interessado providências para que a dúvida seja dirimida, anotando-se a circunstância no processo.

Felipe

Mr. Prev disse...

Os servidores do INSS seguem o qeu fala a IN, porem ela nao tem mais força que uma legislação, entao o que recomendo é levar novamente o atestado de vida com mais de 30 dias e essas duas leis.

Caso o servidor bata o pé dizendo que nao vai atualizar, então peça para o servidor encaminahr o seu pedido apra ser analisado por algum setor responsavel(geralmente a gerencia executiva), mas protocole o pedido, peça o numero do protocolo pois assim é garantido uma resposta formal.

Paul Yu disse...

Mr. Prev.

Boa Tarde, Estou em dúvida a respeito de comprovação de vida dos meus sogros, ele com 94 anos e ela com 86. No inicio de setembro de 2012, acessando a conta on line do Banco Itaú, apareceu uma notificação de mensagem dizendo “Cadastre a prova de vida do INSS. Vá ao caixa do Itaú, apresente o cartão do banco e um documento com foto.”. E até o momento eles estão recebendo suas aposentadorias em ordem sem problema nenhum, mas não sei até quando é que o Banco Itaú suspenderá seus pagamentos.

Como eles estão morando com a filha em Canadá e pela idade avançada deles, fica impossivel de fazer uma viagem longa e cansativa, e eu estarei indo para São Paulo em meados de Abril deste ano, eu irei fazer os seus cadastros no banco e gostaria de perguntar se na procuração deles do consulado, no campo de “PODERES....(favor anexar)” poderia me ajudar em redatar o que preencher no anexo?

Fora de ir ao banco, por acaso terei que ir também no posto do INSS caso o dinheiro deles forem bloqueados? E se for assim, qual é o “texto” que devo colocar na procuração do consulado para o INSS?

Li nos comentários acima que a validade do “Atestado de Vida” é de 1 mes? Está correto? Se for assim, pedirei ao meus sogros fazerem o “Atestado de Vida” no consulado no inicio de Abril antes da minha viagem.

Agradeço antecipamente pela ajuda.

Paulo

Mr. Prev disse...

Vamos lá!

A procuração deverá ser encaminhado ao INSS, voce se cadastra como procurador no INSS e o banco irá reconehcer voce como procurador no beneficio.

Se eles recebem em Conta conrrente/popupança, entao a procuração tem como uncia finalidade o recadastramento e nao recebimento, nesse caso os poderes serão apenas recadastramento de beneficiários da Previdencia Social junto a Previdencia Social e ao banco XXX, agora se eles recebem atraves de cartão magnetico(conta beneficio) e voce sera procurador tambem para receber, entao os poderes serão para recebimento do beneficio da previdencia social e movimentação bancária junto ao banco XXX.

Atstado de vida, declração de carcere ou atestado de impossibilidade de se locomover que deve acompnahr as procurações tem validade por 30 dias

Andre Rosario disse...

Bom dia. Tenho uma dúvida. Minha mãe é aposentada por idade e em dezembro de 2010 Foi interneda com problema grave, é analfabeta e tem dificuldade de locomoção. Desde janeiro de 2011 que ela não recebe o benefício dela. O que posso fazer para receber o dinheiro dela?

Mr. Prev disse...

Pegue uma procuração de cartorio e oa testado emdico onde diz que ela esta impossibilitada de se locomover e leve ao INSS.

kikany disse...

Boa tarde. Minha mae esta em NY com a minha irma. E mostra no site do Itau q ela tem q apresentar o atestado de vida. Minha irma esta indo ao Brasil para resolver problemas em maio. Gostaria de saber se ainda estara dentro do prazo ou devemos correr e mandar outra pessoa entregar o "atestado de vida" q o consulado brasileiro fornece ainda no mes de abril?

Mr. Prev disse...

O recadastramento é respsoabilidade do banco, sendo assim sugiro perguntar a eles ate quando aceitam o recadastramento, cada banco se organizou de uma forma

kikany disse...

Muito obrigada e parabens pelo site e pelo trabalho de vcs. Fico feliz de ver um Brasil tao melhor do q eu o q eu deixei alguns anos tras.

Mr. Prev disse...

obrigado pelo elogio

Fernando Thales disse...

Parabéns pelo site!!
Uma dúvida: minha mãe está com Alzheimer em estágio avançado e precisará fazer o recadastramento em abril no Banco do Brasil.
Gostaria de levá-la até o Banco, porém ela não consegue mais assinar. Teremos algum problema? Poderá ser feito pelas digitais?
Aguardo, obrigado pela atenção
Fernando

Mr. Prev disse...

Se ela for ate o banco nao acredito em dificuldades, mas como o recadastramento e resposabilidade dos bancos entao cada um tem suas regras, mas nao acredito que nao poder assinar devido a doença va impedir o recadastramento.

Ate porque, procuração no INSS so em casos de impossibilidade de se locomoção, entao no caso que voce citou, ela mesmo vai ter que fazer o recadastramento dela.

Mas se puder perguntar no banco antes só para confirmar seria interessante. Pelas regras de identificação do segurado do INSS ela pode usar digital.

Telma disse...

OLÁ boa tarde! quero saber como proceder, visto que minha mãe que ja esta aposentada, recebeu pela primeira aposentadoria, mas ainda não recebeu do banco o cartão. Acontece que ela precisa com urgencia viajar para fora do Estado e não sabemos como proceder, uma vez que ela sem o cartão só saca na agencia local da sua aposentadoria, penso eu. Pergunto:podemos apresentar procuração? onde? banco ou INSS?
Desde já agradeço!

Mr. Prev disse...

Procuração so para viagem fora do país.

Se ela nao tem conta bancaria(ja com cartao) para tranferir o pagamento entao vai ter problemas.
A nivel de INSS nao tem o que fazer, se tiver algum ejito vai ter que ser covnersando no banco.

Danielle Batista disse...

Boa tarde.. eu moro na australia e minha mae ficara aqui comigo ate o final d setembro, hj fui no consulado e amanha estaremos indo la d novo para dar entrada no atestado d vida e enviar para o Brasil. tenho duas duvidas . 1) nos devemos enviar so o atestado ou ela precisa encaminhar as documentos como RG e CPF tb?? e todos os documentos tem q ser original certo? 2) minha irma precisa d alguma procuracao em nome dela para apresentar es documentos no INSS e resolver essa pendencia? a conta da minha mae eh conjunta com a minha irma.

Obrigada
Danielle

Mr. Prev disse...

Copia autenticada dos documentos pessoais sao sempre bem vinda se nao for possivel apresentar o original junto.

É necessario procuração.

Márcia Viégas disse...

Boa tarde, recebo minha pensão de viûva na minha conta do Itaú. Estou morando atualmente nos USA, e fui ao Consulado tirar um atestado de vida.
Recebi o chamado do banco para me apresentar para prova de vida.
Mandei para o Brasil, meu atestado de vida, minha identidade e o meu cartão da aposentadoria. Esses documentos devem ser entregues no banco ou no INSS? Estou perguntando por que liguei para o banco várias vezes e eles dizem que é para o INSS, liguei para o INSS e eles falaram que era para entregar no banco... o que eu faço? Agradeço qualquer ajuda.

Marcia

Mr. Prev disse...

A prova de vida é feita no banco, deve ir ao INSS apenas os casos onde havera nomeação de procurador para representar voce junto ao banco.

O procurador é cadastrado no INSS e depois vai aoo banco para o recadastramento

Danielle Batista disse...

achei um formulario no site da previdencia social para procurador. http://www.inss.gov.br/forms/formularios/form011.html

esse formulario serve como procuracao certo?

obrigada

Mr. Prev disse...

sim, esse é o formulario de procuração, mas voce pdoe usar qualquer outro.

Márcia Viégas disse...

Ok, no meu caso , eu não tenho procurador no Brasil, por isso fui ao Consulado tirar o atestado de vida. Esse atestado de vida é entregue no banco ou no INSS?

Obrigada pela ajuda

Marcia

Márcia Viégas disse...

Continuo com o mesmo problema... onde entregar o atestado de vida?

Mr. Prev disse...

O atestado é no banco, mas verifique se eles vao aceitar dessa forma(pelos correios), da uma ligada e converse com o gerente do banco. O INSS nao faz o recadastramento, apenas cadastra procurador caso a pessoa nao possa ir ao banco.
Até onde eu sei todos os bancos estão fazendo de forma presencial.

Márcia Viégas disse...

Eu mandei o formulário procuração do INSS assinado por mim, para uma amiga levar ao INSS, nomeando ela minha procuradora. Ela irá levando minha identidade, cartão do benefício e o atestado de vida originais.
Ela terá que apenas autenticar minha assinatura no cartório antes.Fazendo isso, resolvo meu problema?

Marcia

Mr. Prev disse...

Muitas vezes nem precisa do reconhecimento de firma na assinatura, porem se o servidor do INSS resolver desconfiar vai pedir de cartorio, entao se puder ja levar reconhecido é melhor.

Assim ela sera cadastrada e podera representar voce junto ao banco.

Como voce recebe em conta corrente/poupança, a procuração servira apenas para o recadastramento, nao tendo poder de saque....

Márcia Viégas disse...

Muito obrigada pela ajuda!

Tais disse...

Moro na Alemanha e estou providenciando o Atestado de Vida no Consulado para enviar ao Brasil como Prova de Vida. Recebi a informação de que esse assunto deve ser tratado diretamente, através de Procurador, com o INSS. Agradeceria se puder confirmar que o Banco continua responsável em intermediar esta Prova de Vida junto à Previdência. Muito obrigada, Tais

Mr. Prev disse...

O banco é o responsavel pelo recadastramento, se nao pode ir direitamente entao tem qeu cadastrar um procurador no INSS para o beneficio.

Telma Rosa disse...

Olá! Preciso da sua ajuda. Solicitei a aposentadoria da minha irmã que reside em Portugal, com procuração, e foi concedida a aposentadoria por tempo de contribuição, só que para receber os benefícios a partir de 07/05, o banco solicitou a procuração, retornei na previdência e fui informada que a procuração que deixei lá era exclusiva para encaminhar a aposentadoria e que para receber os benéficos seria necessário outra procuração e o atestado de vida do consulado de Portugal. Você pode me orientar?
Grata,
Telma Rosa

Mr. Prev disse...

Ja foi orientada, é isso mesmo.

Procuração para receber é necessario procuração junto com atestado de vida emitido em Portugal.

A pessoa vai ter que procurar o consulado, la eles vao orientar como fazer para eles emitires o atestado.

Depois ela envia o atestado para voce com a procuração e voce será cadastrada no INSS para receber o beneficio com validade de 12 meses, devendo ser renovado todo ano.

Apenas procuração nao é suficnete para recebimento como procurador em nenhuma hipótese.

Telma Rosa disse...

Ok, obrigada!!

sylvia maria bodur de azevedo Azevedo disse...

Sylvia bodur,29 de abril de 2013 quando termina o prazo de prova de vida dos aposentados? é para minha mãe.

Mr. Prev disse...

A prova de vida é resposabilidade dos bancos, cada um está se organizando de uma maneira, verifique junto ao banco.

Mariane Rodrigues disse...

Boa noite querido (a).

Verifiquei no comentários acima algumas orientações quanto procuração.
Assim como em outros casos já relatados, minha avó tem alzheimer e devido ao estado dela e uma internação de mais de 2 meses, levando a inúmeras outras complicações de saúde, é inviável a presença dela no recadastramento.
Ela não é interditada por nenhum filho e agora não sabemos como proceder quanto a procuração do INSS. Gostaria de saber se a procuração assinada apenas pelo procurador, dado a incapacidade da pensionista para tal, anexado aos laudos médicos e a uma declaração registrada em cartório dos outros filhos, geraria algum problema na hora do recadastramento?

Desde já, obrigada e parabéns pelo belo trabalho que faz orientando e ajudando tantas pessoas.

Mr. Prev disse...

Se ela nao pode assinar deve ser providenciado a interdição.

Apenas procurador assinar nao tem validade de nehuma, pois nao significa a vontade da segurada.


Roberto Amaral disse...

Sou procurador legal com instrumento publico registrado em cartório e averbado junto ao INSS juntamente com atestado médico informando a impossibilidade de locomoção.

Fui a uma agencia do Bradesco e fui impedido de fazer a prova de vida pois me solicitaram outro atestado médico. Achei um abuso, pois tinha acabado de fazer outra prova de vida no BB e funcionou exatamente como informado pela Resolução 141 do INSS, todos os dados foram transmitidos via dataprev a agencia pagadora.
Esse procedimento pode ser considerado abusivo/ilegal ?
De que vale fazer procuraçao, averbar no INSS com atestado se ao me dirigir a agencia tenho que levar outro atestado ?
Se é pra levar minha mãe numa cadeira de rodas a um consultório médico para conseguir outro atestado é mais fácil levar ela direto a agencia...

Mr. Prev disse...

O atestado medico é para o INSS, para voce ser cadastrado no sistema como procurador, o banco até onde sei não tem que pedir nada.

Se o INSS colocou voce como procurador é porque voce pode movimentar a conta e fazer recadastramento.

Se o seu nome ja aprece como procurador no sistema do banco entao eles nao devem(pelo menos nao deveria) pedir atestado.

jacinto vila disse...

Bom dia,

Como faço para transferir uma aposentadoria que recebo na Espanha para a minha conta bancaria na Caixa Federal no Brasil?

muito grata

Mr. Prev disse...

Jacinto, sugiro perguntas na Gerência Rio de Janeiro Centro
APS Almirante Barroso (21) 2272-3515/3438

Eles são responsáveis pelo acordo internacional Brasil-Espanha e acredito serem mais capacitados para tirar essa sua duvida, ou então não própria agencia da previdência da republica da Espanha.

Musicas, Contos, Poemas...Cultura disse...

Ola...fiz a minha declaracao de vida no consulado de Miami, Florida. Liguei hoje para o banco Itau e eles nao tem um procedimento para aceitar a declaracao de vida. Existe uma alteranativa de enviar a declaracao diretamente para o INSS. Obrigado

Musicas, Contos, Poemas...Cultura disse...

No comentario anterior, gostaria de enviar a declaracao de vida diretamente para o INSS ao inves de envia-la ao banco Itau. É possivel ?

Mr. Prev disse...

Musica, os reesposáveis pelo recadastramento são os bancos, que tal cadastrar um procurador no INSS para que ele apresente o documento pessoalmente no banco???
Assim você consegue!!!

jacinto vila disse...

Sou espanhol, estou na Espanha neste momento, sou aposentado no Brasil e meu RNE perdeu a validade (mais de 2 anos sem voltar ao Brasil) - eta crise.

O consulado não emite uma fe de vida ja que não sou Brasileiro nem tenho RNE valido.-
Alguem sabe como posso demostrar que estou vivo?
grato

Mr. Prev disse...

jacinto, acho que é hora de fazer uma visitinha ao Brasil...rsrsrsr

Para fazer prova de vida ou você aparece na agencia bancária ou manda o atestado de vida, agora como esse atestado é feito, os procedimentos não tem como eu ti orientar, só o consulado mesmo.
A não ser que o banco aceite outro documento, o que creio que não, pois os bancos que são responsáveis pela prova de vida, então o melhor é conversar com eles.

Beth C disse...

Moro em Miami e recebo aposentadoria através de conta do Itaú. Enviei o Certificado de Vida para o meu irmão que é cadastrado no Itaú como meu procurador, mas lhe disseram que só pode fazer a prova de vida com o cartão do banco, o qual está comigo aqui em Miami. Gostaria de saber se é possível fazer a prova de vida na Agência do Itaú daqui de Miami?

Mr. Prev disse...

Beth, os responsáveis pela prova de vida e a organização de como será feito é do banco, sendo assim recomendo perguntar a eles se é possível.

Rachel disse...

Gostaria de saber em qual Lei ou ato normativo há a previsão do recadastramento e da medida de suspensão do pagamento.

Mr. Prev disse...

Rachel,
Resolução 141/2011 estabelece o recadastramento

A possível suspensão é ato do Monitoramento Operacional de Benefícios previsto em lei e na instrução normativa 45

Leonardo De Souza disse...

fiz a prova de vida dia 01/11/2013 quando vou voltar a receber o beneficio ?

Mr. Prev disse...

Leonardo, se fez dia 01/11 então nessas alturas já era para ter pagamento emitido referente a meses bloqueados.

Effie disse...

Fiz minha Prova de Vida no Consulado do Brasil em Miami , mas niguem sabe me informar para onde tenho de envia-la.
Se alguem souber, por caridade me informe para onde tenho de mandar isto? Estou muito preocupada, pois nao tenho outra renda.
Obrigada.

Mr. Prev disse...

Effie, prova de vida e resposabildiade dos bancos, então mande para agencia bancaria

Erika disse...

Mismo problème que jacinto vila. Sans Rne una sola posibilidad ir a brasil . Fui en avril 2013, à Brasilia me cadastre banco do brasil. Déposition à la siape de réclamation ,

Como contactar jacinto vila. Somos varios en este caso.!





Vinicius disse...

meu pai nao pode assinar por problemas de saúde ,pode ser feito o recadastramento por meio de digitais? Nao tenho procuraçao dele.

Mr. Prev disse...

providencie a procuração.

Vinicius disse...

Mas meu pai nao reponde mais por ele,como posso ter uma procuraçao dele em cartorio?

Mr. Prev disse...

Se seu pai tiver condição de passar uma procuração então é só ir no cartório e fazer, cso contrário tem que pedir a interdição dele para o juiz e então você será nomeado curador.

Nádia disse...

bom dia! o recadastramento biométrico do banco itaú para aposentado também vai até o dia 28 de fevereiro. tentei olhar no site do itaú, mas é de difícil compreensão.

grata.

Mr. Prev disse...

O prazo é o mesmo para todos os bancos.

Mezzo Furlan disse...

Ola. Meu tio é estrangeiro e recebe aposentadoria por Tempo de Contribuiçao.
Ele recebe a aposentadoria em conta poupança na CAIXA e todo mes mando pra ele utilizando procuraçao com este fim.
No momento ele està residindo no estrangeiro, mas,agora ele està de passagem no Brasil para resolver ùltimas pendencias antes de voltar definitivo para o paìs natal.
Por conta da idade ele nao tem mais condiçoes de ficar vindo e nem ir para o consulado no paìs dele, pois, fica uns 600 km da casa dele e com poucas opçoes de transporte. Minha pergunta é:

* Posso aproveitar o momento que ele està aqui e fazer uma procuraçao do INSS e representa-lo ATESTANDO A VIDA dele perante à CAIXA??

* Se sim, essa mesma procuraçao, poderei utilizar para os proximos anos enquanto ele estiver vivo??

* Se nao, qual seria a melhor saìda para ele??

Muito obrigado!!
Parabens pelo blog super ùtil!!
Aguardo respostas o mais breve, por favor pois ele està proximo de voltar.

Mr. Prev disse...

Sim, esse ano ele mesmo pode fazer já que está aqui, e depois ele pode fazer uma procuração para você.

Quando é para receber pela pessoa, procuração sempre é valida desde que seja revalidada todo ano no prazo correto.

Mas se for só para atestado de vida não, até porque isso não existe todo ano.

Mezzo Furlan disse...

Então, nesse caso, quando tiver que fazer o recadastramento com Atestado de Vida para quando for necessário perante à Caixa, como devo proceder? Lembrando que ele ficará no exterior e sem possibilidade de locomoção. Mais uma vez agradeço.

Mr. Prev disse...

Seu tio vai fazer o atestado de vida no consulado assim como a procuração e enviar para você.
Você será cadastrado como procurador no INSS e poderá ir ao banco.

isa souza disse...

Ola! Estou moranda na Italia e preciso fazer meu recadastramento do meu beneficio da previdencia social junta ao meu banco,Por favor como devo proceder com a prova de vida ? Agradeço pela atençao e aguardo resposta .

Mr. Prev disse...

Se você não pretende vir ao Brasil até Dezembro, terá que nomear um procurador que será cadastrado no INSSS e depois irá comparecer ao banco, a prova de vida pode fazer no consulado(pegue orientação com eles).

isa souza disse...

Obrigada por responder la sua resoposta foi muito util . Mas tenho outra pergunta. Depois da prova de vida pronto,posso enviar diretamente ao banco sem uma procuraçao? Obrigada pela atençao .

Mr. Prev disse...

Isa, até onde sei não, mas recomendo entrar em contato com o banco para ter certeza.

Aparecida de Queiroz Matos e Novais Rossi disse...

Por favor, preciso da sua ajuda. Dona Ada precisa recadastrar a senha para continuar recebendo os benefícios dela. Ela já não se levanta, não consegue mais se comunicar e sem condições de assinar nada, acaba não atendendo as exigências para o feito de uma procuração. Ela mora em Minas Gerais e a conta dela é aqui em São Paulo, na Água Rasa.Será que se a carregarmos até o estacionamento dessa agência eles podem através do carimbo liberar os benefícios? Obs. este é o segundo mês que não recebemos para ela que precisa muito, principalmente agora no estágio em que se encontra. Obrigada. Aparecida

Mr. Prev disse...

Recadastramento é com o banco, nem adianta ir no INSS. Se ela está lúcida, então pode passar procuração, se não estiver então é caso de interdição. Não conseguir assinar não é motivo para não passar procuração em cartório, se ela pode ser carregada até o INSS, poderia ser até o cartório também, isso quando o cartório não vai até a casa da pessoa(cobrando é claro)

KATHERINE MAY KAY disse...

Gostaria de tirar uma duvida, meu pai esta na UTI em coma mas estavel ele teve um AVC e ja vai fazer um mês e esse mês que passou ele não sacou no banco e ja vai sair o proximo mês do beneficio dele. Posso ir no cartorio e pedir para eles me acompanharem para verificar que ele está vivo e fazer uma procuração para poder sacar o beneficio dele? Ele ainda está com nivel de consciencia baixa. O médico tambem fez o atestado. Desde já agaradeço! Obrigado!

Mr. Prev disse...

Se seu pai não conseguir falar, provavelmente não vão fazer procuração, a não ser que o cartório faça coisa errada.

Mas voce pode verificar no cartório se eles fazem isso, eu não faria se fosse o oficial do cartório.

Se a pessoa não tem codnição de responder por si, então é caso de interdição judicial, não procuração