quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Perícia médica do INSS









Muitos até hoje tem algumas dúvidas em relação as perícia médicas como por exemplo o resultado, recurso, Pedido de Prorrogação e Reconsideração, então vamos tentar explicar alguns pontos.

Para quem é empregado de empresa os 15 primeiros dias de afastamento são por conta do empregador, o encaminhamento só é feito ao INSS a partir de décimo sexto dia de afastamento. Esses 15 dias não precisam ser consecutivos, são contados 15 dias de afastamento dentro de um período de 60 dias, ou seja, se se afastar 10 dias, volta ao trabalho por 12 dias, depois afasta mais 05 dias e volta ao trabalho por mais 20 dias, ao se afastar novamente ira ser encaminhado para pericia, pois será o décimo sexto dia de afastamento dentro de 60 dias contados a partir da primeira falta (afastamento).

Empregado seja ele de empresa ou domestico tem o direito de receber a carta de comunicação de resultado no dia da perícia, já os outros segurados devem esperar em casa, porem pela Internet é possível pegar o resultado antes. O sistema do INSS só imprime apos 10 dias.

Quando o beneficio é concedido porem o segurado não tem condição de voltar ao trabalho na data marcada para terminar o beneficio, poderá ser feito o pedido de prorrogação (PP), que deve ser protocolado nos últimos 15 dias de beneficio.

Devido a uma Ação Civil Publica, no momento o INSS está pagando o beneficio de auxilio doença para quem já está recebendo, até a data da marcação de PP, mesmo que seja negado pelo perito. Se for negado a primeira pericia não há pagamento, nem o periodo de esperar pelo PR.

Caso uma pericia seja negada, ou passe o período para pedido de PP, o segurado pode pedir uma vez o pedido de reconsideração (PR), desde que dentro de 30 dias após perícia médica.

Caso perca o prazo para reconsideração ou já tenha pedido antes há a opção de entrar com recurso à Junta de Recurso, que deve ser feito dentro de 30 dias após receber a comunicação do resultado.
Quando o segurado pede recurso, primeiro é feito uma perícia na agencia do INSS e caso continue negado o processo é encaminha à Junta de Recurso e pode demorar meses para o processor ser analisado.

Não é necessário ficar esperando a resposta da Junta, o segurado pode fazer novo pedido de perícia enquanto o processo anterior encaminhado para o recurso é analisado.
O médico perito analisa a doença conforme o trabalho exercido pela pessoa, ou seja, um problema X pode gerar beneficio para um segurado e para outro não, pois o que é analisado é o impacto da doença nas funções que a pessoa exerce.

Quando um segurado consiga a concessão do auxílio-doença através de processo judicial, ele pode ser convocado para nova perícia em seis meses após a concessão caso não saia até essa data a sentença judicial informando até quando o beneficio deverá ser concedido.

Se o segurado não puder ir ao INSS para fazer a pericia devido a incapacidade de se locomover, é possivel pedir pericia domiciliar ou hospitalar, onde o perito vai até o segurado.

1.150 comentários :

1 – 200 de 1150   Recentes›   Mais recentes»
Rafael Siqueira disse...

Entrei pelo INSS por causa de uma torção no tornozelo, e me foi concedido o beneficio de auxilio-doença por 60 dias. Só que já possuo liberação do médico particular para retornar minhas atividades, antes do prazo previsto pelo INSS. Gostaria de saber como faço para realizar uma perícia de antecipação para retornar ao trabalho o quanto antes? Isso é possível? obrigado.

Mr. Prev disse...

É so ir ao INSS e pedir "Alta a pedido", sera marcado uma nova pericia onde o medico perito ira cessar seu beneficio.

Só espero que na APS onde seu beneficio esteja mantido tenha vaga para logo!! A agenda de epricia é a mesma, ou seja, se na Agencia estiver demorando 40 dias para marcar uma pericia, entao sual alta a pedido sera so daqui 40 dias.

Noroeste Mineiro disse...

Ola ! to comentando aqui porque não achei aba de contato !

Me tire uma dúvida ! Sou empreendedor individual, fiz o cadastro no portal do empreendedor em 27/02/2010 ja tem quase 3 anos. E nunca paguei as guias do inss. tenho intenção de pagar em janeiro do ano que vem, pois só agora meu negocio começou a dar certo e preciso do dinheiro para investir. Minhas dúvida é, mesmo com isso atrasado eu posso contratar uma pessoa com carteira assinada ? porque sei que tenho direito a contratar 1 pessoas, mais não sei se só posso contratar depois de quitar essa dívida.

Mr. Prev disse...

Sim, o fato de estar em débito não tira o direito de voce contratar uma pessoa que receba um salario minimo.
Boa sorte no empreendimento!

Vitor Morales disse...

Mr Prev, por favor estou a procura de esclarecimentos e não consigo nada! Me afastei do trabalho por 30 dias para fazer uma intervenção cirúrgica. O atestado é direto de 30 dias (de13/08 a 11/09), os primeiros 15 é pago pela empresa. A partir do 16º é a cargo da previdência, porém a perícia está agendada para 05/10, já vi em outros fóruns que nesses casos se deve procurar o médico para atestar novamente inapto ou retornar ao trabalho, visto que o INSS deve pagar somente os 15 dias restante. Por favor me ajude.

Mr. Prev disse...

Se voce tiver condição de voltar depois dos 30 dias entao volte pois o perito podera dar apenas até 11/09/2012. Se nao tiver condição de voltar é interessante pegar um novo atestado relatando que voce ainda nao está apta após os 30 dias.

Como se trata de uma avalição pericia há tambem a parte interpretativa do perito, ele pode não concordar com os 30 dias e dar até menos, ou achar necessario mais que os 30 dias e dar até o dia da pericia, por exemplo.

Mas o melhor e voltar se tiver condição ou pegar novo atestado apos os 30 dias.

Leinad Remow disse...

Mr Prev, meu médico deu atestado de apenas 15 dias,e preencheu um documento chamado padrão de quesitos, o que é este documento?, com atestado de 15 dias quem determina o restante do afastamento é o perito? a pericia é pra daqui 2 meses será que consigo antecipar? será que preciso outro atestado para não correr risco de ter beneficio negado?

Mr. Prev disse...

Os primeiros 15 dias de afastamento é por conta da empresa(sso voce seja empregada), nesse caso nem deveria marcar pericia.
Agora,se os 15 dias nao for suficientepara a recuperação é interessante voce pegar novo atestado medico. Dificilmente se consegue antecipar a paricia, infelizmente ha grande falta de servidores da área de pericia no INSS o que podeser resolvido apenas com nomeção de aprovados em concurso. O unico jeito de "antecipar" é marcar para outra agencia do INSS com menor problema de pericia.
Em relação ao padrão de requisitos,ele é um documento que o m[edico assistento preenche informando a situação, podemos entender como um laudo medico da empresa.

Leandro Purcini disse...

o meu medico ja me deu alta,oque faço para pedir a liberação?

Mr. Prev disse...

Va a agencia do INSS e solicite "Alta a pedido"

Unknown disse...

O que posso fazer se meu pedido de reconsideraçao for negado?? Tenho como pedir análise de outro médico??

Mr. Prev disse...

Voce pode entrar com novo pedido ou com Recurso à Junta. Pode ate fazer os dois se quiser.
Voce nao tem a opção de escolher o medico, pode ate fazer em outra agencia da previdencia apra tentar perito diferente, mas escolher não tem como.

Marcia O.GUIMARAES disse...

Tenho uma duvida, estou afastada desde janeiro de 2010. por causa
de um tumor na hipofize ja fiz 4 cirugias. sou de joao pessoa mas faço tratamento em sao paulo... tive que vim de ultima hora pra revisao... so que eu vou ter que fazer exames ate o dia 05/12... meu beneficio vai ate o dia 30/11... os medicos do hc nao da atestado so depois de quise dias e uteis e que o hospital libera, sendo que minha consulta sera dia 21/11... O que faço? posso ir a pericia sem laudo??? o ultimo era de um ano e o perito so me deu 4 meses

Mr. Prev disse...

Pode ir a pericia sem laudo, mas ha uma grande chance de indeferimento pois o perito se baseia no laudo médico para conceder um beneficio.
Mas do jeito que as pericias no INSS estao demorando, tamvem ela seja marcada para depois do dia 21/12, a nao ser que em Joao Pessoa esteja rapido, conheço casos que esta caindo para o ano que vem.

Ao inves de agendar o pedido de prorrogação logo no dia 16/11, espera la apra o dia 30, quem sabe assim voce consegue fazer a pericia cair depois do dia 21.

Sayonara Gonçalves disse...

Bom dia ! Meu pai fez uma cirurgia contra um cancêr no pulamão em2009. Apartir desta data não pode mais exercer suas funcões no trabalho. Aproximadamente a 2 anos não recebe mais o beneficio uma vez bloqueado pelo INSS pois ele não consegue passar na perícia , e também não pode trabalhar pois o laudo do medico do trabalho da empresa diz que ele não está apto ao trabalho. Estamos aguardando o agendamento com a perícia federal. Gostaria de saber se há chances da sentença ser favorável a ele?

Sayonara Gonçalves disse...

Não falei no post anterior, mais meu pai tem 56 anos,e tanto o laudo da medica que o acompanha quanto ao laudo do medico do trabalho da empresa constam que ele nao esta apto ao trabalho umas vez que ele trabalhava em siderurgia. Obrigada

Mr. Prev disse...

Conforme ja responido no outro artigo, as concessoes judiciais giram em torno de 50% para auxilio-doença

carla toniolli disse...

Boa tarde! Estou com uma duvida, fiz minha pericia medica hoje, porem irei entrar com pedido de prorrogacao de pericia, devo informar meu empregador sobre a prorrogacao? Devo informar a empresa em que trabalho que deveria retornar determinado dia, mas nao voltarei devido o pedido de prorrogacao? Obrigada

Mr. Prev disse...

Sim, pegue uma copia da amrcação e leve apra eles, pelo menos avise verbalmente a data e o numero do requerimento se possivel.

cintiap disse...

oi, peguei um atestado de 15 dias por luxação patelar, como ainda não estava apta ao trabalho, o médico me deu mais 15 e fui encaminhada para perícia! Isso foi dia 11/09, minha pericia é semana que vem, e eu já estou apta a voltar a minha função, se eu pedir alta pro médico perito para voltar a trabalhar, eu fico sem receber esse dinheiro durante o tempo que fiquei afastada? Obrigado!

Mr. Prev disse...

Nao, se ficar comrpovado para o perito que voce estava incapacitada, ele vai dar o beneficio ate o dia da pericia.

André disse...

Me afastei do trabalho devido a uma fratura no antebraço, voltei a trabalhar dia 25/09 quando meu beneficio cessou. Porém fui operado novamente dia 07/11 por conta de uma osteomielite, precisei retirar uma das placas, o médico me deu atestado de 30 dias, porém em brasília só tem data pra perícia em 20/12, como procedo?

Mr. Prev disse...

Vai ter que esperar a data, ou verificar se ha vaga mais proxima em outra Agencia do INSS.

No dia da pericia leve os laudos e caso tenha condição de voltar a trabalahr apos os 30 podera voltar a trabalhar mesmo sem ter passado ainda na pericia, caso a empresa aceite, tem empresa que nao aceita antes da pericia medica.

No ida da pericia avise que retornou apos os 30 da do atestado, caso tenha retornado.

aninha souza disse...

PEDI PP,MEU BENEFICIO CESSARIA HOJE,MAS A PERICIA FOI MARCADA PRO DIA 12/12/2012,O MEU MEDICO ME DEU MAIS TRINTA DIAS E SOLICITOU 10 SEÇÕES DE FISIOTERAPIA, NÃO ESTOU CONSEGUINDO MARCAR NA REDE PUBLICA,DIZEM QUE SÓ VAI TER VAGA DEPOIS DE JANEIRO,NÃO TENHO CONDIÇÕES DE PAGAR ,O QUE DEVO FAZER? E SE A PRORROGAÇÃO FOR NEGADA, O INSS PAGARÁ ATÉ O DIA DA PERICIA OU EU PERCO ESTES DIAS?

Ni disse...

Dia 29/11/2012 faço a perícia, como melhorei de minha depressão provavelmente o perito irá me liberar minha dúvida é quando eu volto a trabalhar? no dia seguinte?

cintiap disse...

e quanto tempo demora para vir o dinheiro?

Bruna Aparecida disse...

Boa noite, tenho uma dúvida, estou afastada por ter placenta baixa e estou gestante de 13 semanas, meu médico me deu afastamento a partir de 06/11 até Janeiro/2013, levei o atestado original ao RH como foi pedido e me informaram que iriam me ligar para falar da perícia (quando foi marcado) e me entregariam o atestado p/ levar até a perícia na data, hoje dia 21/11 liguei e me informaram que ainda vão demorar para marcar por que meu atestado ainda está longe (até janeiro) e que o INSS não aceita que agende tanto tempo antes, perguntei se eu receberia meu salário normal e disseram que eles vão pagar até a data da perícia aí depois é com o INSS, acho estranho, isso seria possível? mesmo após 16 dia de atestado eu receber da empresa até a perícia? Obrigada

Mr. Prev disse...

Ate o dia da pericia o pagamento é garantido, independentemente do que o medico perito fizer.

Mr. Prev disse...

No dia seguinte ao da cessação do beneficio.

Mr. Prev disse...

A empresa é obrigada a pagar os 15 priemiros dias de afastamento, depois é por conta do INSS. Inclusive se o beneficio for concedido e houver informação de salario pago para voce durante o mes, voce pdoera ter que devolver o que recebeu do INSS. Ja que eles querem pagar ate o dia da pericia, sugiro eles fazerem isso so depois da pericia, caso seja negado(se for voce nao recebe do INSS). Se o INSS conceder o beneficio voce ira receber desde o 16º dia de afastamente, caso a pericia seja marcada em ate 30 dias apos o afastamento. Nesse caso se eles ti pagarem é melhor não lançar no sistema, pois pode ti dar problemas.

Mr. Prev disse...

Apos pericia, demora aproximadamente uns 15 dias para voce receber uma carta informando o dia de pagamento.

Bruna Aparecida disse...

Caso o INSS negue a empresa é obrigada a me pagar mesmo que negue novamente no pedido de reconsideração? e é verdade que o INSS não deixa agendar quando o atestado está longe de terminar? e existe um período maximo para eles marcarem e eu não perder o atestado pra fazer a perícia?

Bruna Aparecida disse...

Desculpe esqueci de uma dúvida, se demorar a perícia e for negado, esse tempo após o 16 dia até o dia da perícia eu perco o dinheiro? ninguém me paga?

Mr. Prev disse...

A empresa é obrigada a pagar apenas os 15 preimeiros dias de afastamento, se o INSS negar entao o prejuizo é seu.
Nao ha impedimento em relação a agendar quando o atestado esta longe.
Em relação a periodo maximo nao existe, a pericia geralmente cai na proxima vaga disponivel, porem tem agiencia que a proxima vaga esta demorando mais de 2 meses.

Em caso de pericia inicial, se for engado o INSS nao paga, so a pericia de prorrogação tem pagamento garantido ate a data da pericia.

Natália disse...

Fui demitida em 21/09/2012, eu estava em tratamento da coluna, hérnia de disco na lombar e desgaste na dorsal, só que nunca pedi afastamento por isso. O convênio era de graça na empresa, ao pedir prorrogação do convênio eles alegaram que por ser de graça não podem fazer nada para a extensão. Tem alguma coisa que o médico do INSS possa fazer?

Mr. Prev disse...

Em relaçao ao convenio médico não.

Moka Silva disse...

Mr. Prev, em 2009 fiz uma pericia onde inocentemente entreguei ao perito como documento de identificação minha CNH, estou afastado por sérios problemas de coluna, ele leu a CHN e viu que renovei a CNH em 2005 e eu estou em auxilio desde 2004, então ele me perguntou como eu renovei a CNH se eu estava em auxilio? respondi que na epoca não me encontrava tão debilitado para renovar minha CNH, no LAUDO PERICIAL ele colocou esta observação: ´SEGURADO RENOVOU CNH EM AUXILIO, FEITOS OS DEVIDOS ENCAMINHAMENTOS´, gostaria de saber se existe algum meio de comunicação entre o DETRAN e o INSS ou vice versa, para comunicar ao perito se o segurado renovou ou não CNH??

Dany Souza disse...

Bom dia. Me acidentei no horário de almoço do trabalho no dia 01 de outubro. Fraturei o braço em três partes devido a uma queda de própria altura. No dia do acidente o médico do Pronto Socorro público ao constatar a gravidade me deu um atestado de 90 dias e disse para eu procurar o meu convênio o mais breve possível pra fazer uma cirurgia. A empresa preencheu o formulário CAT e no dia 17 de outubro conseguiu marcar minha perícia somente para o dia 28/01/2013. Fiz a cirurgia no dia 08/10 e o médico do convênio que me operou diz que não pode dar atestados e que só um médico do trabalho pode fazer isso.Estou coberta pelo atestado do pronto socooro público até o dia 31/12 somente e o setor de segurança do trabalho da minha empresa (é uma empresa pública federal) me informou que não posso voltar ao trabalho até minha perícia ser realizada. O que faço já que o médico que me operou e faz o acompanhamento não quer dar atestados? Posso ficar sem amparo do INSS no período de 31/12 a 28/01? Também sofri uma lesão no nervo por conta da fratura e posso ficar sem movimentar a mão direita por muitos meses.Por favor, me ajude com alguma orientação. Agradeço muito desde já.

Natália disse...

E em relação a minha coluna?

Mr. Prev disse...

Sim, o oficio, apenas isso, de forma automatica nao ha comunicação. Um nao acessa o sistema do outro, o que é é ofici(carta). O perito pode mandar um oficio questionando sobre a renovação. Dificilmente o Detran manda oficio avisando da renovação, geralmente é o INSS que faz isso para comunicar sobre o impedimento de dirigir.

Mr. Prev disse...

O fato do medico dar 90 dias nao significa que o perito do INSS tambem vai dar, ele pode dar ate menos, assim como tambem pode dar ate o dia da pericia. O melhor seria na epoca da marcação da pericia verificar se ha alguma outra Agencia do INSS com data mais proxima, mas agora ja marcou.

Caso tenha condição de retoranr ao trabalho apos os 90 dias seria melhor, nao ha nada na legislação previdenciaria que nao permita, mas muitas empresas so aceitam depois da pericia medica.

Sendo assim, o que posso ti falar é: Se tiver condição de retornar ao trabalho apos 90 dias e a empresa aceitar entao volte, ou caso nao tenha condição, entao no final de Dezembro tente outro atestado para pelo menos mais um mes.
Se conseguisse esse novo atestado seria perfeito!!!
Mas o medico do trabalho so vai dar o atestado se voce nao tiver condição, óbvio.

Mr. Prev disse...

VOce pode agendar uma pericia medica, caso o perito conclua que o caso é de incapacidade para o trabalho, ele podera conceder o beneficio de auxilio-doença por um tempo.

Ana disse...

Estou sofrendo de depressão, fazendo uso de medicamentos controlados e seções de terapia com um psicologo, o meu medico emitiu um atestado de 15 dias e no meio deste atestado emitiu um atestado me encaminhando para a pericia medica, esta pericia foi marcada para quase 1 mês depois, a pericia do INSS não aceitou meu pedido de auxilio doença alegando "Não constatação de Incapacidade Laborativa" pois o médico que emitiu o laudo é Clinico Geral e não um psiquiatra. Eu não tenho o direito de receber esses dias que fiquei aguardando a pericia? Já marquei consulta com um psiquiatra e vou marcar o pedido de reconsideração mas enquanto isso ficarei sem receber. Qual o melhor caminho a seguir neste caso? Existe uma forma de eu receber meu pagamento?

Mr. Prev disse...

Caso o pedido de reconsideração seja concedido, entao voce ira receber desde o 16º dia de afastamento. Se for negado nao ira receber nada, mas tera direito a entrar com recurso.

Dentro do INSS seriam essas as possibilidades, Reconsideração e depois Recurso.

O pagamento ate a pericia é garantido apenas para as Pericias de Prorrogação

Dany Souza disse...

Obrigada pela gentileza da resposta rápida. Por favor,permita-me só mais algumas perguntas. É legal a empresa só aceitar o funcionário de volta após a perícia (é uma empresa pública federal)? Como no meu caso não foi apenas a fratura, mas houve também comprometimento de um nervo importante do braço direito (sou destra, meu punho está caído e não movimento a mão) acho que ainda estarei sequelada até a perícia. Então mesmo que o médico que me acompanha não me dê atestado, não estarei bem para minhas funções. Posso aguardar a perícia para voltar a procurar a empresa mesmo estando sem atestado no período de 31/12/12 até 28/01/2013? A empresa pode me prejudicar de alguma forma, como por exemplo alegando abandono de emprego? Ou estou amparada pelo prazo de agendamento? Aguardo a resposta e agradeço muito por sua atenção.

Mr. Prev disse...

Ela nao pode dar abandono de emprego pois voce marcou uma pericia e entregou o comrpovante para eles, mas seria interessante voce procurar a empresa depois dos 90 dias, caso o medico do trabalho continue consdierando voce nao apta, entao é certeza que eles nao vao demitir, ja que foi o proprio medico do trabalho, e se ele considerar apta, entao voce volta, ou se a empresa falar que so pode depois da pericia, entao ela tambem nao vai demitir, ate pq foram eles que nao deixaram voltar.
Resumindo: Passou os 90 dias, procure a empresa.

Em relação a empresa so aceitar depois da pericia, na legislação previdenciaria nao ha nada a respeito.

Andreia Sferra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Andreia Sferra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flavia Fercondini disse...

Bom dia.Por favor me ajude com uma duvida,sofri um acidente de moto quando retornava do trabalho,tive uma fratura exposta na perna esquerda e foi realizada uma cirurgia,estive usando muleta nos ultimos seis meses,o médico retirou a muleta semana passada e pediu mais 120 dias de afastamento .Passei hoje no inss para realizar pedido de prorrogação mas o médico negou,como vou voltar a trabalhar com dores e nem conseguindo andar corretamente,eu trabalho no comercio fico o dia inteiro de pé,qual é o procedimento ?

Mr. Prev disse...

Caso seja pericia de Prorrogação, voce ate pode nao levar nada pois o pagamento até a data da pericia é garantido, mas nao custa nada levar, até porque voce estava incapacitadaaté um tempo atrás, o correto seria levar.

Mr. Prev disse...

Caso ainda nao tenha pedido pericia de Reconsideração, entao essa é a hora de pedir, caso ja tenha pedido, entre com recuso. No caso se recurso sugiro entrar com novo pedido de beneficio tambem(recurso + novo beneficio), pois o recurso pode demorar.

Alexandre Damasceno disse...

Boa noite, tive um entorse de tornozelo descendo do ônibus, o primeiro atendimento me deu 15 dias 07/11 a 21/11 mas pediu um retorno 28/11 porém a empresa pediu para passar no médico do trabalho e ele não autorizou eu voltar a trabalhar, voltei no médico do 1º atendimento e ele me deu um laudo informando que apto porém em evolução, voltando ao médico do trabalho da empresa ele não autorizou o retorno encaminhou ao inss, fui a um outro médico e ele disse que não tenho condições e me deu mais 30 dias porém a pericia está muito londe destes 30 dias até estarei bem como faço nesse caso. Grato pela atenção.

Daniela Nascimento disse...

Boa tarde
Tenho um funcionário que está internado e o médico deu atestado informando que ele está internado sem previsão de alta, lancei 15 dias de atestado no sistema de ponto e como faço com os outros dias? Lanço afastamento? A perícia só ocorrerá em 19/12/12.

Airton disse...

Bom dia! Fiquei desempregado em março de 2009. Tenho uma doença chamada Espondilite Anquilosante. Entrei com pedido de Aposentadoria por invalidez e me foi negado duas vezes. Entrei na justiça e o Juiz me concedeu auxilio doença a partir de outubro de 2010,mas pediu para o INSS reabilitar- me. Passei na perícia o mês passado e o perito juntamente com outra pessoa que estava com ele (não sei qual a função dessa pessoa junto ao INSS) contatou que não tem como reabilitar. disse que iria fazer um relatório para o Juiz (para não desacata- lo) narrando à ele minhas condições. O que devo fazer, aguardar em casa ou procurar o advogado para pedir uma cópia desse relatório? O médico pediu que eu aguardasse um posicionamento e que talvez solicitaria aposentadoria.

Mr. Prev disse...

O INSS esta com grande problema de falta de emdico perito, e esse nao é um problema so do INSS< é do segurado tambem, pois alem de ficar muito tempo sem receber salario ainda corre o risco de no final o INSS nao cocneder o beneficio.
O melhor sera procurar fazer pericia em alguma agencia onde esteja demorando menos, caso tenha possibilidade de voce ir em outra agencia. Se nao houver essa possibilidade, o que recomendo é que passando os 30 dias de atestado procure voltar ao trabalho, muitas empresas nao aceitam antes da pericia medica, mas nao ha nda na legislação que nao permita voce voltar ao trabalho antes de passar na pericia. Ficar esperando a pericia é um risco grande de fcar no prejuizo, ja que voce tem apenas um laudo de 30 dias. Pode ser que o perito conceda so esses dias.

Mr. Prev disse...

Os outros dias sao afastamento! mas para essa parte de lançar no sistema, sugiro procurar a orientação de contadores que estao acostumado com essa parte.

Mr. Prev disse...

COmo se trata de beneficio judicial, o acompnahmento deve ser feito pelo advogado. O juiz que decidirá agora se continua a concessão do auxilio-doença ou converte em aposentadoria.

Airton disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Airton disse...

Boa tarde agradeço sua atenção! Irei contatar meu Advogado o mais breve possível.

Alexandre Damasceno disse...

Boa noite, postei um tópico dia 30/11, a empresa conseguiu agendar a pericia INSS dia 10/12 lá em SBC, gostaria de saber se posso solicitar ao perito que eu receba somente os dias referente 29/11 a 10/12 para receber e ele me dá alta, pois meu pé está bem fazendo fisioterapia tudo certinho é possível, há e o CID é S93.4, pois se possivel vou pedir. Grato

Mr. Prev disse...

Sim, no momento d pericia voce pode avisar que pretende tentar tentar voltar ao trabalho e gostaria da concessao apenas ate o dia 10/12, caso voce nao cosniga voltar voce ira solicitar reconsideração.

ANA PAULA Mello disse...

Olá estou gravida de 30 semanas peguei um atestado dia 06.11 de 12 dias e depois de 15dias e 7 dias agendei a pericia para 16 de janeiro meu médico disse q não vai me manter de atestado até lá? Qual o procedimento a tomar? retorno a empresa? Não estou recuperada pois minha gravidez é de risco.

Luciana Marinho disse...

Olá, eu tenho uma doença chamada Lúpus que evoluiu insuficiência renal e nefropatia lúpica. Estou em tratamento fazendo pulsoterapia de uma medicação quimioterapica chamada ciclofosfamida. Para essa intervenção tenho que ficar 3 dias internada, pois também tenho pressão arterial muito alta. No momento estou desempregada, depois de 12 meses afastada quando retornei passado 3 meses a empresa me dispensou. Pedi o auxilio doença para que eu possa custear minha medicação enquanto não consigo trabalhar, foi negada a primeira vez e agora dia 22/11/2012 fiz outra perícia , com laudos dos 2 médicos nefrologista e reumatologista, explicando minha doença e meu tratamento. Caso seja negada novamente , tenho como pedir reconsideração ou tenho que entrar na justiça. E quanto tempo demora a resposta, sendo que hoje faz 12 dias da perícia.

Mr. Prev disse...


30 semanas?
No oitavo me de gestação voce pode se afastar para o salario maternidade, é bem mais vantajoso.

La na pericia medica voce ira apresentar o atestado e avise o medico perito que entrou no maternidade a partir da data "X", assim, se ele for conceder o beneficio ele ira conceder so ate um dia antes.

Agora!
Mas voce tambem pdoe estar voltando ao trabalho após o periodo de atestado e na pericia medica avisar que retornou na data "X". Se o seu medico nao vai dar mais atestado e voce tem condição de voltar é melhor voltar, pois a pericia nao ira cocneder beneficio para periodo sem atestado.

Mr. Prev disse...

Os passos sao os seguintes:

- Pericia inicial,
se for negado pode pedir Reconsideração.
- Se negar reconsideração ou nao tiver direito a ela pois ja pediu, entao tera a chance de pedir recurso para Junta.

Judicialmente tambem é uma opão, mas sugiro pelo menos fazer o pedido de reconsideração antes.

O recurso costuma demorar quando vai para Junta.

A carta de comunciação demora uns 15 dias para chegar, ams voce pode pegar o resutlado pelo site da previdencia ou ligando no 135

Maria Cristina disse...

Olá,fui operada e meu médico me deu atestado de trinta dias!!Eu deveria voltar em 29/11, porém minha pericia esta marcada para 18/01/2013!Minha empresa me informou que com o laudo do meu médico eu poderia ir até uma agência do inss e pedir meu retorno, porém, eu perderia meu salário a partir do décimo sexto dia até o dia do meu retorno. Meu médico se nega a dar um laudo!Gostaria de saber o que eu posso fazer nesse caso?Posso pegar um laudo com outro médico?Eu posso adiantar minha volta e depois ir até a minha pericia já marcada para reaver os valores que eu perderei?No 135 cada atendente me informou uma coisa!!Não sei o que eu faço!E eu ainda corro o risco do perito achar que eu estava apta a voltar e eu perder o direito ao beneficio!

Mr. Prev disse...

Se o seu atestado é de 30 dias, sugiro se afastar so os 30 dias e retornar ao trabalho, no dia da pericia voce ira apresentar o atestado e comunicar que conseguiu retornar ao trabalho apos o atestado.

Caso continue sem trabalhar mesmo tendo condiçoes, corre o grande risco da pericia dar so os 30 dias(isso se ela conceder alguma coisa), e ficar no prejuizo.

Caso a pericia conceda o beneficio, vai ser so para o periodo que voce estava incapaz.

Maria Cristina disse...

Ok?!Mais como eu faço para retornar as minhas atividades?O meu médico não quer me dar um laudo para retorno e a minha empresa não aceita se eu não passar pelo inss com esse laudo!tem mais alguma opção?

Mr. Prev disse...

Assim fica dificil!

O seu médico ja deu um laudo dando 30 dias, e dificilmente o INSS vai dar mais do que isso.

Nao ha nada na legislação que nao permita voce retornar ao trabalho antes da pericia. O que nao pode é voce ficar no prejuízo.

Nao cosnigo ver outra altertiva, u seu emdico atesta que voce está apta ao trabalho, ou a empresa entende que depois dos 30 dias voce pode retornar ao trabalho.

Maria Cristina disse...

Meu médico alega que eu estou apenas de alta da cirurgia e que apenas o perito do inss vai poder dizer se eu posso ou não voltar ao trabalho, e não ele!Ele alega também, que por se tratar de uma cirurgia de apêndice, está sendo melhor para minha recuperação continuar em casa, mais não me dá um atestado para mais dias!A minha empresa precisa do laudo do médico para que eu volte a trabalhar!!Agora, não sei o que eu faço!Preciso do meu salário, porém corro o risco de o perito não me conceder o benefício!Apenas eu vou sair no prejuizo dessa história toda, por ignorância do meu médico e pela demora na marcação da pericia!

Marcio Dias disse...

olá boa tarde,faz 2 anos que sou afastada com auxilio doença,mas nesta ultima pericia o medico não me concedeu o direito,pedi então a reconsideração que foi agendada para 14/01/2013 queria saber o seguinte eu vou receber esse mês que fiz o pedido ate a data da perícia??

gedeonato disse...

BOA TARDE ESTOU AFASADO POR 60 DIAS, PORÉM JÁ ME SINTO BEM PARA VOLTAR AO TRABALHO. ESTOU PENSANDO EM PEDIR ALTA AO INSS, MAS GOSTARIA DE SABER SE É NECESSARIO LEVAR ALGUM LAUDO MÉDICO AO PERITO OU APENAS MANIFESTAR-ME COM O INTERESSE DE RETORNO??

Mr. Prev disse...

Infelizmente, nesse caso voce está com um grande problema!

Espro que o médico perito tenha bom senso e conceda ate a data da perícia. Alguns tem!

O que a falta de um médico do trabalho na empresa não faz!

Espero que voce nao fique no prejuizo, apesar de que, o fato de ficar esperando pericia sem receber já é um prejuizo pois as contas estao chegando...

Mr. Prev disse...

Só se o perito conceder, apenas pericia de prorrogação tem pagamento garantido mesmo que indeferido.

Mr. Prev disse...

Geralmente só a manisfestação de alta é suficiente, mas se for possivel pegar um atestado medico, seria interessante, até porque a pericia é feita analisando o laudo!!!

Alexandre Damasceno disse...

Boa tarde, conforme postagem do dia 03/12, fui ao INSS fazer pericia, por incrivel que pareça um médico muito gente boa, e deu como deferido minha solicitação referente acidente de trabalho com o CID s93.4 período de 29/11 até o dia 21/12/2012 e pediu para não voltar a trabalhar, mandei o documento para empresa porém eles não querem dar a estabilidade. O meu outro atestado foi do dia 07/11 a 21/11 no caso dia 24/12 terei que voltar a trabalhar posso ser demitido. Grato mais uma vez pelo o apoio.

JF disse...

Mr Prev

Estou enconstado a 1 ano e 9 meses, passei pela pericia e foi negada agora vou pedir recosideração. Minha dúvida durante este processo a firma pode me dispensar??? Mesmo todos os meus médicos dizendo que ainda não tenho condição de voltar ao trabalho o perito pode ir contra a três laudos diferentes?

Att

JF

Mr. Prev disse...

O perito pdoe ir contra 3 laudos,tanto que foi!
se o seu problema foi acidente de trabalho, entao a empresa nao pdoe simplemesnte demitir voce, mas se nao foi, ela pode, principalmente após a pericia de reconsideração, antes é mais complicado pois voce tem um docuemnto que comprova que voce esta incapacitado e com pericia marcada.

Neodir Holscher disse...

fiz um pedido de reconsideração, minha pericia ficou para a data 07/02/13, tenho um pino quebrado dentro do pé, e não posso ficar sem receber até la, se o medico da firma me liberar para trabalhar, posso ir trabalhar?, a pericia continuara agendada? se for concedida receberei os atrasados, mesmo que eu tava trabalhando?

Rafael Locatelli Figueiredo disse...

Boa Tarde... Eu fiz o requerimento no 16° dia de afastamento do serviço devido a uma operação que já fiz no joelho, foi agendado para dia 12 ( hoje ) e ao chegar lá o sistema estava fora do ar e não deixaram eu fazer a pericia ( moro no municipio de Barra Mansa - RJ). Liguei no 135 e só remarcaram para dia 07-01-13. Minha dúvida é... já que não foi culpa minha o reagendamento eu ficarei sem pagamento até essa data? Ficarei sem pagar minhas contas até esperar a boa vontade do INSS?? Desde já grato.

thaty ditorre disse...

Mr Prev
Fui Admitida em 17/08/2012,porém 19/09 tive alguns problemas de saude que diagnosticaram Doença de Devic CID G36.0,como estava em surto da doença o médico me deu 15 dias de atestado,passei no médico do trabalho que me deu a carta de inapta para atividades laborais e encaminhamento para inss,a pericia ocorreu somente 06/12,onde a perita pediu ASO e SIMA,fui até a empresa pedir o ASO e lá fui infomada que fui demitida por termino de contrato,e no Hospital das clinicas o SIMA só ficara pronto em fevereiro,a perita pediu que voltasse em 03 de janeiro,e agora como faço,vou até o inss na data que a perita pediu,porém sem o SIMA ??? Desde já agradeço.

Mr. Prev disse...

No dia da pericia, caso voce tenha retornado ao trabalho, avise o perito que voltou na data "X", assim, se ele for conecder ele dara so ate essa data.

Mr. Prev disse...

O medico perito consegue atender ate 5 dias apos a data da marcada para pericia, tem agencias que mandam os segurados voltarem no outro dia, ja que nao foi culpa deles, mas outros remarcam ja que o perito nao tem nenhuma obrigação de atender o dobro de pessoas nos outros dias, isso vai de agencia para agencia e da quantidade de pericia que nao pode ser realizada.
O procedimento nao esta errado, é ate o mais comum. E no caso do pagamento, so depois da pericia médica.
Nao se tranta e "boa vontade" do INSS, mas os medicos peritos nao tem nenhuma obrigação de ficar alem do horario pois o sistema estava "fora do ar".
Nesse caso a culpa não é deles, mas infelizmente quem acaba "pagando" é o segurado.

Mr. Prev disse...

O SIMA tem que ser entre em no maximo 30 dias, caso contrario o proprio sistema indefere automaticamente por nao ter retornado.
Sugiro voltar ao INSS ja que se nao voltar é indeferimento an certa, quem sabe o medico perito entende a situação e cocneda alguma coia, se nao voltar é indeferimento na certa.
Seria interesante cosneguir pelo menos um protocolodo do hospital onde voce solicitou os documentos solicitados no SIMA.
A chance de o medico indeferir é grande, mas sugiro comparecer. Tem agencia que o medico perito atende o SIMA pessoalmente, outros nao. Se na sua agencia ha atendimento pessoal vale a pena tentar, e mesmo que nao tenha atendimento, pelo menos apresente o protocolo de pedido do hospital e uma declaração informado que nao ficara pronto a tempo.
Resumindo, essa demora do hospital tem grande chances de acabar prejudicando voce.

Flavia Fercondini disse...

Bom dia Espero que possa me ajudar estou com um problemão.Como já havia comentado aqui dia 29/11 o inss indeferiu meu pedido de reconsideração,agora só tem recurso para marcar em janeiro,eu entrei em contato com o pessoal do rh da empresa onde trabalho eles me informaram que não posso retornar ao trabalho pois o médico do convenio me atestou por mais 4 meses,e que perderei este tempo que não consegui o beneficio pois nem a empresa e nem o inss me pagaram.O médico do inss me informou no dia da pericia que o cid da minha doença não tem mais prazo para beneficio ,estou totalmente sem noção do que fazer pois nunca passei por isso.

Flavia Fercondini disse...

Adicionando eu posso marcar um pedido de novo beneficio antes de entrar com recurso ,pois o recurso só conseguirei para janeiro

Mr. Prev disse...

Primeiro que voce terá que entrar com recurso para tentar receber, antes receber atrasado do que ficar sem grana, porem alem do recurso voce pode marcar nova pericia e tentar receber daqui para frente, e se no futuro o recurso for concedido receberá os atrasados.
É claro que como o perito da agencia ja negou, corre o grande risco de ele negar novamente, mas é uma tentativa que voce pode fazer.
O recurso caso seja encaminahdo para Junta, pdoe demorar varios meses para ser julgado.

Mr. Prev disse...

COmo citei acima voce pdoe entrar com novo pedido, até recomendo que faça isso.

krislainne cristina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
krislainne cristina disse...

Bom dia, meu noivo fezuma cirurgia de varize nas duas pernas e retirou a veia safena também, a medica deu 15 dias e depois mas 15, a empresa o encaminhou ao inss e agora ele ja esta no 18º dia e ja esta se recuperando bem, a medica disse que 30 dias ja consegue voltar ao trabalho e exercer a profissão que é motorista de onibus urbano só que a pericia esta marcada para 21/02/2013 2 meses depois da cirurgia, ele corre o risco do beneficio ser negado? deve voltar ao trabalho quando passar os 30 dias e cancelar a pericia?

Neodir Holscher disse...

Boa tarde, quebrei meu tornozelo e coloquei placa e parafusos, e agora estou com um parafuso quebrado tenho que fazer outra cirurgia para retirada, mas é pelo SUS dai tenho que aguardar vaga, não consigo usar calçado fechado de jeito nenhum ganhei alta do perito dia 12/12/2013. E no outro dia marquei um pedido de reconsideração para o dia 07/02/2013.Fui ao médico da firma e ele me falou pra ir tentar trabalhar mas não consegui devido a fortes dores, não sei oque fazer agora, posso me afastar do serviço? e esperar a PR do dia 07/02/13. vou ficar sem receber até la, e outra coisa dia 22/12/12 a firma vai dar férias, posso pegar essas férias para não ficar sem dinheiro para pagar contas? e depois aguardar a pericia . se for concedido a PR , irei receber os atrasados desde a data em que marquei, mesmo trabalhando ? MUITO OBRIGADO.

Rafael. disse...

Ola, estou afastado e terei que fazer a perícia. Mas nesse meio tempo até eu realizar a perícia devo ter atestados para dar ao INSS e receber por este período, ou fico em casa aguardando a perícia ?
Muito Obrigado!!

Mr. Prev disse...

SUgiro voltar ao trabalho apos os 30 dias de atestado , pois a pericia costuma conceder o beneficio de acordo com o relatorio medico.
Ele nao vai cancelar a pericia, ele vai voltar e no dia marcada comparecer a pericia com o atestado para receber o tempo que ficou parado.

Mr. Prev disse...

Vamos lá!
Ferias é considerado dia trabalhado, entao o correto seria amrcar um percia depois das ferias, caso nao cosniga voltar a trabalhar.

Caso a pericia de PR conceda o beneficio pode dar problema, posi voce esta de ferias, sera lançado salario no sistema e voce corre o risco de ter que devovler o que recebeu durante as ferias, as vezes esse problema nao é detectado na hora, ou sej, voce pdoe receber uma carta do inss daqui ha alguns meses ou ano, ti cobrando.

A principio voce ira receber so o equivalente ate a data de 12/12/2013, pagamentes referentes a periodo psoteior a isso so depois da pericia de PR.

Mr. Prev disse...

Caso voce tenha condição de voltar ao trabalho ate a data da pericia, e seu atestado/relatorio medico termine antes da pericia, sugiro voce voltar. A pericia costuma analisar conforme atestado, ou seja, se voce tem atestado de 40 dias e a pericia foi amrcada para daqui 70 dias, corre o risco de eles daem o beneficio so por 40 dias, os outros 30 voce perde.

ana flávia disse...

ola preciso q me tire uma duvida
ha um mes atraz tive uma inrritaçao no olho direito, fui ao médico ele disse q era uma conjutiviti me passou um colirio e me deu um atestado d 3 dias, depois d 3 dias voltei a trabalhar mas dpois d 2 dias meu olho volto a inrritar fui em outro médico ele me passou outro colirio e me deu mas 4 dias d atestado..dpois desses dias voltei a trabalhar mas no dia 28/11 meu olho volto a inrritar e fui ao médico e ele me deu 5 dias d atestado só q após esses 5 dias meu olho nao melhorou entao fui a um médico particular ele me passou outro colirio e me deu mas 5 dias d atestado, meu olho ja ta melhor e hj qdo retornei a empresa eles me deram uma folha com todos meus atestados e me encaminhando a pericia, ta marcado para o dia 14/01/2013 só q meu olho ja esta um pouco melhor, sera q eu posso voltar a trabalhar sem ter q passar na pericia? e oq devo fazer?

Magna Oliveira disse...

Meu pai está recebendo auxilio doença e na última perícia que foi no dia 10 de outrubro. O médico períto disse a ele que iria fazer o pedido da aposentadoria dele e que era para ele aguardar em casa a carta do inss no prazo de 1 mês e já fazem dois meses a carta não chegou... ele já foi duas vezes no inss e eles falam que nao tem informaçao nehuma no sistema deles e fala que é para aguardar. Que providência meu pai deve tomar, o que ele deve fazer???

Mr. Prev disse...

Se voce tem condições de voltar, voce pode voltar se a empresa aceitar, tem muitas empresas que exigem fazer a pericia, mas nao ha nada na legislação que obrigue passar na pericia.

A empresa é obrigada a pagar 15 dias de afastamento, se voce se afastou mais que isso, entao a partir do 16 dia so a pericia podera concder.

Mr. Prev disse...

Caso o medico perito tenha realmente feito a sugestao de aposenadoria, entao o setor resposavel por analisar essa sugestao tem seis meses para fazer isso.

vanessa Araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vanessa Araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Magna Oliveira disse...

Obrigada, mas tem como meu pai saber se realmente o médico períto fez essa sugestão??? se têm, como ele deve proceder???

Mr. Prev disse...

Tem sim, tente pelo 135, se eles nao souberem informar é so se dirigir até uma agencia do INSS que eles respondem na hora.

Rafael. disse...

No Comprovante do Requerimento consta que eu sai dia 29/11/12, a minha perícia é para o dia 15 de fev de 2013.Eu tenho apenas atestados até o dia 15 de dezembro de 2012.
Me sinto bem, e pretendo voltar ao trabalho.
Posso pedir para não fazer a perícia?
Vou deixar de ganhar do dia 29/11 até 20/12 ?
Se eu voltar sem ter feito a perícia, pode dar justa causa?
Muito obrigado Mr.prev, parabéns pelo seu trabalho!!

Pr. Daniel Ferreira disse...

ola boa noite minha pergunta e com urgência em fevereiro deste ano venho recebendo meu auxilio doença tenho uma pericia marcada para dia 08/01/2013 gostaria de saber se eu recebo o pagamento do més 12/2012 em janeiro ou só depois da pericia ganhei o auxilio doença da justiça federal ultimo pagamento foi do més 11/11/2012 falta o més 12/2012 quero saber se pego este pagamento do més 12 em janeiro
fico no aguardo da sua resposta

Rafael. disse...

Só para acrescentar, posso pedir demissão antes da perícia?
penso em fazer isso semana que vem 25.12.12 .

stefany lorrany disse...

oi estou com 30 semanas de gestaçao e uma dor na coluna insuportavel mim impedindo ate de ficar reta fico envergada...e trabalho em serviço de limpeza em hospital serar que consigo mim afastar pelo inss?

stefany lorrany disse...

oi estou gravida de 30 semanas e uma dor na coluna descendo para aperna direita quase nao consigo andar quando ando nao consigo ficar erguida fico encurvada e trabalho em serviço de limpeza em area hospitalar ...o ortopedista mim deu um atestado de 30 dias entao marquei a pericia pra dia 17de janeiro sera que consigo esse beneficio? pois nao aguento mais trabalhar

eder arruda disse...

ola minha pergunta e a seguinte a minha pericia foi feita a poucos dias atraz kero saber se e com 10 dias ke eu começo a receber ja estou com dois meses sem receber nada..e aminha pericia foi a meu favor..

Rafael. disse...

No Comprovante do Requerimento consta que eu sai dia 29/11/12,
a minha perícia é para o dia 15 de fev de 2013.Eu tenho
apenas atestados até o dia 15 de dezembro de 2012.
Me sinto bem, e pretendo voltar ao trabalho.
Posso pedir para não fazer a perícia?
Vou deixar de ganhar do dia 29/11 até 20/12 ?
Se eu voltar sem ter feito a perícia, pode dar justa causa?
posso pedir demissão antes da perícia?
penso em fazer isso semana que vem 25.12.12

Muito obrigado Mr.prev, parabéns pelo seu trabalho!!

Van disse...

Olá! Boa noite! Meu namorado sofreu um acidente de trabalho no dia 26/11 e fraturou a fíbula, rompendo os ligamentos do tornozelo... Foi socorrido e no dia 06/12 fez uma cirurgia, recebeu alta da cirurgia dia 08/12 e saiu com um atestado de 15 dias para voltar para uma consulta no ambulatório do hospital depois de 15 dias e enquanto não passar pelo ambulatório, está proibido de pisar no chão. Quando fomos marcar a consulta, só tinha vaga para o dia 21/01 (45 dias depois). Por causa do acidente foi feito o CAT com a data de último dia trabalhado no dia 26/11. O pessoal do RH da empresa informou que entrássemos em contato com o INSS para darmos entrada no auxílio doença acidentário (foi feito dia 17/12)... A perícia ficou marcada para o dia 14/02, mas quando meu namorado recebeu os documentos da firma para levar no dia da perícia, o atestado de afastamento de trabalho por incapacidade preenchido pela firma veio com a data de afastamento do trabalho de 08/12 (o dia que ele recebeu alta da cirurgia) e o motivo do afastamento: doença e não acidente de trabalho. Algumas pessoas da empresa que ele trabalha estão comentando que um ex-encarregado do setor que meu namorado trabalhava está falando que ele se acidentou de propósito.

De acordo com o que li, ele precisa estar acobertado com atestado até o dia de passar pela consulta no ambulatório e o médico decidir se ele está de alta ou não ou então até o dia da perícia onde o médico vai liberá-lo ou não, correto?!

Segunda pergunta:Se a empresa preencheu o atestado de afastamento por incapacidade com os dados incorretos (de propósito ou não), ela pode preencher um outro documento com os dados corretos? Essa dupla informação pode dar algum problema?

Terceira pergunta: Se a empresa estiver usando de má fé, o que podemos fazer para requerer os direitos do funcionário?

Obrigada pela sua atenção e aguardo a sua resposta... As informações contidas nesse blogue nos tirou muitas dúvidas!

silvia disse...

Bom dia meu nome é SILVIA 22/12/2012.
Preciso de uma informaçao,estou com problemas psicologicos (depressao,sindrome panico,etc...)estou afastada por 30 dias,minha pericia esta marcada para 04/02/2013,meu atestado termina 06/01/2013.Devo voltar a trabalhar ou ficar agurdadando a pericia em casa,outra questão fiquie sabendo quando retornar me darão ferias é legal a empresa pode fazer isso.E se for demitida eles podem tambem.

Mr. Prev disse...

Se voce nao fizer a pericia, o INSS nao apgara nada para voce, a empresa vai pagar os 15 primeiros dias e depois será por conta do INSS se fizer pericia e ela for concedida.

Pela legislação, nada impede voce de voltar ao trabalho antes da pericia, porem muitas empresas insistem qeu tem que ter o aprecer do medico perito e não deixam.

Voltar a trabalhar sem pericia nao da Justa Causa.

e voce pode ser demitido a pedido seu, sim, o que nao pode é a empresa demitir por interesse dela, sendo que voce esta com perícia marcada.

Mr. Prev disse...

O mes de 12/2012 voce ira receber normalmente.

Mr. Prev disse...

Se nao tem condição de trabalhar deve se afastar, agora se o medico perito vai conceder ou não, nao sei!!!!

Mr. Prev disse...

Nao tem como eu responder, imagino que sim, mas só quem vai avaliar seu atestado e covnersar com voce(medico perito) que pode ti responder essa pergunta.

Mr. Prev disse...

geralmente, entre o dia da pericia e o pagamento demoram uns 15 a 30 dias.
O pagamento nao é liberado na hora da pericia pelo sistema, quando concedido ainda demora uns 10/15 dias para o sistema emitir o pagamento para o banco.

Voce ja recebeu a carta que o beneficio foi concedido? caso ainda nao, voce pode ligar no 135 para saber o resultado.

Mr. Prev disse...

Se nao fizer a pericia medica o INSS nao ira pagar nada a voce, msa voce pode cancelar a marcação se quiser.

Voltar ao trabalho nao da Justa Causa.

E voce pode pedir demissao, se quiser apos retornar, e ir fazer a pericia normalmente.

Mr. Prev disse...

Se tiver condição de voltar, pdoera voltar, caso contrario é bom passar no seu medico e pegar novo atestado.

Nao ha nada na legislação que nao permita voce de voltar ao trabalho antes da pericia, ams tem muitas empressas que insitem em nao permitir ate o parecer do perito(ate a pericia medica).

Eles podem dar ferias, mas elas sao cosndierados dias trabalhados sendo assim, no dia da pericia é bom voce comunicar isso ao medico perito, pois assim ele da so ate um dia antes das ferias, caso voce receba beneficio de ferias vai ter que devolver ao INSS o que recebeu junto com as ferias pois é considerado dia trabalhado, voce recebe pela empresa salario.

Se nao foi acidente de trabalho e voce retorna ao trabalho eles podem demitir pois voce ja esta em condições de trabalhar. O que eles nao podem e demitiat voce incapaz e com pericia marcada.

Mr. Prev disse...

Vamos lá!

COmo a pericia nem aconteceu ainda, sugiro entrar em contato com a empresa pedindo apra corrigir o erro na data de afastamento.


É interessante ele ter atestado medico ate a data da pericia pelo menos, a nao ser que ele queirar retoranr antes ao trabalho, supondo que o atestado seja ate dia 20/01/2013 e ele queira voltar nessa dta, entao nao tem problema, ele vai na pericia em fevereiro e apresenta do atestado dizendo qeu retornou apos o fim dele.

Seria bom ir ao INSS e confirmar qual a dta de afastamento eles estao considerando(a informada na CAT ou no requerimentoa ssinado pela empresa).
Caso esteja tudo certo no INSS(data de 26/11) nao ahvera problema, mas caso no INSS esteja 08/12 como ultimo dia de trabalho e o medico coloque a incapacidade na data correta, o sistema nem vai liberar o pagamento devido a divergencias.

Rafael. disse...

Muito obrigado mesmo, agora entendi, então farei isso, pedirei demissão, ja que eu tenho outras coisas em mente. Como não sairia por justa causa, eu pedirei demissão, achei que não pudesse pedir porque ainda tenho que fazer a perícia. Mas preciso sair por motivos particulares.
Muito obrigado

Cris disse...

Oi tive um entorse e fui encaminhada para o inss pela minha empresa.minha pericia é dia 24/01/2013 e não consigo caminhar ainda tenho medo de me negarem o auxilio caso isso aconteça o que eu faço??? posso ser demitida caso for negado??? e recebo os dias q fiquei afastada??

Mr. Prev disse...

De nada!!!!

Mr. Prev disse...

Demitida por causa des er negado não, pode por outros motivos.

Caso a pericia seja negada, voce pode pedir pericia de Reconsideração em até 30 dias. Apos pericia de recosndieração, se continaur engado tem a opção de entrar com recurso.

Cris disse...

e recebo os dias q fiquei afastada???? tenho como comprovar q fiquei incapacitada de trabalhar e os atestados

Patricia Bento disse...

Bom dia, estou afastada desde 22/01/2010 por sindrome do tunel do carpo,estou gestante, ganho meu bebe ate 10/04/13, dia 21/11/12 o meu pedido de prorrogação foi negado, pedi PR e o perito me consedeu ate 07/01/13.
Porem meu medico me deu um novo laudo onde consta aguardando nova cirurgia apos 2 meses do parto.....
Pergunta: posso pedir prorrogação do PR,ou nao posso? ou ja emendo licença maternidade, o problema é que trabalho como operadora de caixa e o problema se agrava se eu voltar, pior ainda porque estou gravida

Mr. Prev disse...

Voce vai pedir pr. O maternidade so daqui tres meses.

Mr. Prev disse...

Ops. Voce vai pedir pp

simone disse...

bom dia, em 24/05/12 me afastei do trabalho por tendinopatia, bursite e depressao. O INSS concedeu auxilio medico ate o dia 15/09/12. Solicitei prorrogaçao e a pericia esta agendada para o dia 30/01/13. Sou gestante e a minha cesaria esta agendada para o dia 25/01/13, quando entrarei em licença maternidade. minha duvida é se devo fazer a pericia dia 30/01/13 mesmo estando em licença maternidade ou o melhor é solicitar ao INNS a antecipaçao da pericia para antes da cesaria ou a tranferencia da pericia para quando a minha licença maternidade estiver terminando. Obrigada, Simone

Carlos Andre disse...

boa tarde.estava com descolamento na placenta e passei 30 dias de atestado.meu atestado venceu dia 24 e a pericia é só dia 14 de janeiro.minha medica disse q nao pode mais me dar atestado.e eu nao sei se minha placenta ainda esta descolada pois só tenho ultrassom semana que vem.oque eu faço?volto a trabalhar?se eu ficar sem atestado até dia 14 posso me prejudicar?Obrigada

Mr. Prev disse...

Se comprovar a incapacidade recebe.. eo perito que vai decidir.

Mr. Prev disse...

Dificilmente o inss vai ter vaga para antecipar. Entao va na pericia e avise que esta d maternidade desde o dia 25. Assim, se for conceder o perito vai dar ate a vespera.

Mr. Prev disse...

O medico perito se conceder, deve dar so o perioodo que voce tem atestado medico. Seria interessante fazer o ultrassom para depois decidir se volta ao trabalho, mas caso esteja td bem, voce vai acabar perdendo essses dias.

simone disse...

obrigada pela resposta. como a pericia sera dia 30/01/13 e ja esgtarei em licenca maternida, será necessario levar novos laudos do psisquiatra e do traumatologista atestando que ainda nao estou apta para o trabalho ?? Caso o inss aceite, nao seria mais vantajoso para mim transferir a pericia para apos o periodo da lincença ??

krislainne cristina disse...

Bao tarde, Falei a pouco dias atrás da situação do meu noivo, ele decidiu voltar a trabalhar e a medica ja deu o atestado de alta,só que a empresa esta alegando que ele só pode depois da pericia ou então abrir mao da pericia e dos 15 dias e ficar como falta na empresa o que ele faz, aceita o acordo de perder os 15 dias e ficar com falta? não ira prejudicar nas ferias dele?

claudio mc claudinho disse...

bom dia tenho tenossevite e tendinite meu medico particular me deu 5 meses de repouso meu medico publico me deu 5 meses mas o perito do inss que nem olhou para minha mao me deu 2 meses porque claudio italo

Eliane Vieira Dias disse...

Bom Dia! Estou de atestado desde o dia 19/11/12 e minha perícia médica foi agendada para 18/02/13. Estou com distúrbio psiquiátrico e estou fazendo tratamento. Meu patrão não me pagou meus dias trabalhados, nem os 15 dias do atestado e nem meu 13. Procurei ele pra saber o dia do pagamento e ele disse que está construindo e não vai me pagar ou só quando ele quiser. Ele diz que eu não trabalho porque não quero, mas tenho todos os papéis do tratamento que estou fazendo.
O que devo fazer?

Mr. Prev disse...

Nao tem como tranferir para depois pois sao 4meses de maternidade, o inss nao vai ficar esse tempo todo esperando.

Mr. Prev disse...

Que empesa mais pilantrinha. 15 dias de faltas nunca e bom. Nao ha nada na legislacao que fale que tem q fazer pericia para poder voltar, mas muitas empresas q nao tem medico do trabalho fazem isso. Se for para aceitar, eu pediria para a empresa colocar isso por escrito. Imagina se a empresa resolve demitir por causa das faltas...

Mr. Prev disse...

E normal isso acontecer. O perito nao e obrigado a concordar com o medico patticular. Sendo assim, no final do periodo peca pericia de prorrogacao.

Mr. Prev disse...

Sugiro procurar orientacao no ministerio do trabalho. Em reeelacao ao inss cabe a voce esperar a pericia caso nao tenha condicao de trabalhar. As agencias do inss estao todas com problema dee falta de perito.

joao disse...

quebrei o tornozelo e foi aberto o CAT, na cat indica 45 dias de afastamento, os 15 primeiros a empresa paga, recebo líquido R$ 1350,00 e bruto R$ 1600,00 e no registro R$ 1580,00 quanto vou receber em média do INSS?, também recebo vale alimentação, tenho direito ao mesmo?

Mr. Prev disse...

O valor do beneficio e 91 porcento da media. A media e feita com 80 porcento de suas contribuicoes. Nao tem como eu passar uma media sabeendo so o salario atual.

Patricia Bento disse...

Obrigado....sem querer abusarpoderia só me responder uma coisinha: até lá dia 07/01 recebo meu beneficio normalmente?, apos isso entendi que peço PP....Muito obrigado Mr. Prev

Preparatório disse...

Boa tarde Mr.Prev.
Gostaria de esclarecer uma dúvida. Quebrei o braço em 09/12/2012 e meu médico me deu um atestado de 45 dias.A firma me pagou os 15 dias, mas minha perícia só foi marcada para 19/02.
Acontece que vou voltar ao médico dia 08/01 e talvez ele me tire o gesso e me libere para o trabalho.mas o RH me disse que mesmo voltando a trabalhar dia 09/01 só irei receber salário após a perícia de 19/02.Como trabalharei e não receberei da empresa.Isso procede.
Grata

Preparatório disse...

Boa tarde!
Gostaria de esclarecer uma dúvida. Quebrei o braço em 09/12/2012 e meu médico me deu um atestado de 45 dias.A firma me pagou os 15 dias, mas minha perícia só foi marcada para 19/02/2013.
Acontece que vou voltar ao médico dia 08/01/2013 e talvez ele me tire o gesso e me libere para o trabalho.mas o RH me disse que mesmo voltando a trabalhar dia 09/01/2013 só irei receber salário após a perícia de 19/02/2013.Como trabalharei e não receberei da empresa.Isso procede.
Grata

ariane figueiredo disse...

OLA BOA TARDE!...MI ESCLARECI UMA DUVIDA....NO ULTIMO DIA 27.12.12 FUI DEMITIDA VERBALMENTE PELO GERENTE DA EMPRESA EM QUE TRABALHAVA COMO COSTUREIRA,RESGISTRADA NA CLT NESTA FUNCAO.MEU PRIMEIRO REGISTRO COM ESSA FUNCAO,IA COMPLETAR DIA 1.01.2013 3 MESES,ENREI DIA 01.10.2012, MAS DEPOIS DE 2 MESES NESTA FUNCAO COMECOU MEUS PROBLEMAS DE SAUDE AFETANDO MINHA COLUNA,DEVIDO ESTAR SENTADA 8HS DE SERVICO, IMPOSSILITANDO MINHA PERNA DE MOVIMENTOS, FUI AO MEDICO PARTICULAR E PS, ESTE MI RECEITUARAM ANALGESICO E ANTIFLAMATORIOS, QUANDO BATI UM RAIO X E ATESTOU INFLAMACAO NA LOMBAR E MOVIMENTO DO OSSO NA LOMBAR, O MEDICO EXPLICA QUE NAO POSSO CARREGAR UM EXCESSO OBJETOS E NEM MUITO MENOS FICAR MUITO TEMPO SENTADA,COMO DEVO PROCEDER NESTA SITUACAO, POIS AGORA ESTOU DESEMPREGADA, NAP POSSO CUSTIAR REMEDIOS E UM TRATAMENTO ESPECIFICO,DEVO IR MINISTERIO DO TRABAHO OU AO INSS OU PROCURAR NOVAMENTE O MEDICO PARTICULAR OU PROCURAR UM ADVOGADO TRABALHISTA? POIS NAO TENHO RECURSOS PARA PAGAR NOVAMENTE O RETORNO MEDICO QUE E' DO SESI...DESDE JA AGRADECO PELAS INFORMACOES E INSTRUCOES.FELIZ ANO NOVO...2013...

Jaque disse...

Bom dia
passei por pericia no dia 27/12 e tive alta; Como não concordei com esta decisão, bem como o médico do trabalho da minha empresa e o médico responsavel pelo meu tratamento também não, vou agendar uma reconsideração de pericia. O que eu quero saber é se posso transferir esta pericia para outra agencia do INSS para passar com outro médico, tendo em vista que é óbvio que ele indeferirá o pedido,se foi este o entendimento da ultima vez.
Cada vez que eu ligo para o 135 da Previdencia tenho uma informação; Queria saber se há argumento legal para eu transferir este procedimento.

Cida disse...

Desde 2005 que estou num bate e volta com ol INSS x EMPRESA ,trabalho nos correios desde 2000 e em 2005 apos idade e voltas ao INSS, o mesmo me reabilitou da função de carteiro para atendente comercial dai os problemas que eras hernia discal na lombar e cervical ,condromalacia patelar,labirintite com convulsões e enxaqueca,aumentaram para sindrome do tunel do carpo onde operei uma vez, rotura do manguito rotador onde ja operei duas vezes e estou com nova rotura aguardando para cirurgia e operei a mão esquerda 2 vezespara liberar o gatilho do polegar,tenho relaorio médico e ressonancias comprovando os diagnosticos, mas ainda assim fui ao INSS em 01 de nov/2012 e a perita so me deu esse dia 01/11/2012 como beneficio, retornei a empresa e trabalhei 15 dias porém não aguento fazer o serviço por conta das dores e edema nos dedos, fui encaminhada ao INSS novamente e estou aguardando pericia.Minha duvida é saber onde que eu to errando para ue o perito não reconheça e me de o beneficio?Qual e o criterio de avliação do perito?So quero um tempo maior para me tratar e quando tiver boa retornar ao trabalho so isso .

Mr. Prev disse...

Esse é seu unico registro em carteira?
Em relação ao INSS, voce pode solicitar perícia médica, porem vai ter que ter no minimo 12 meses de contribuição, e caso suas contribuições anteriores a esse emprego sejam antigas, voce vai precisar de pelo menos 4 contribuições para voltar a ter direito ao auxilio-doença, a nao ser que seu problema seja isento de carencia.

Para marcar pericia medica nao é necessario advogado, pode amrcar ate pelo telefone 135

Mr. Prev disse...

O pedido de reconsideração é com medico diferente da pericia anterior, não precisa ir em outra agencia, a naos er que voce ja tenha passado por todos os medicos dessa agencia onde voce marcou.

Reconsideração é continuação do pedido de beneficio e deve ser na mesma agencia, ate tem como tranferir para outra agencia após marcação do PR, porem dificilmente a outra agencia vai aceitar a não ser que voce conte uma historia bem bolada para justificar o pedido, se voce falar que é por que não quer o mesmo medico, vao falar o que eu falei no inicio, "que o medico é outro".

Transferencia de local de pericia tem que ser justificado, e "fugir do perito", não é um argumento que costuma ser aceito.

Mr. Prev disse...

Voce nao esta errando, o perito analisa os laudos medicos e verifica se a doença a torna incapaz ou não, é uma interpretação dele, conforme o que ele observa em seus laudos/exames.
Não da para advinhar o porquê ele acha que voce está apta ao trabalho.
O que voce pode fazer é elvar laudos atualizados e conversar com ele sobre seus problemas, se ele quiser de ouvir.

Mr. Prev disse...

Isso nao existe, no momento que voce volta eles tem que pagar o salario normalmente, e no dia da pericia voce vai informar o perito que voltou para que nao haja problema de o beneficio ser concedido no periodo que voce esta trabalhando.

Cida disse...

Vamos torcer para pegar um perito tecnico e humano.Gta

Patricia Bento disse...

Fui consultar a minha conta hoje e nao caiu nada, acho que nao me pagarão do dia 14/11/12 que foi a data do pedido de prorrogação até 07/01/13 que foi a data do PR.......está certo isso?

Damy Baumgratz disse...

Bom Dia, gostaria de saber, peguei 90 dias de atestado por depressao cid f32,f41.2,f43, e a pericia é hj caso ele de alta eu recebo os dias que fiquei afastada do trabalho e no caso meu atestado começou dia 06/11/2012 e terminaria dia 03/02/2013, se der alta mesmo estando com atestado ate dia 03 eu tenho que voltar a trabalhar amanha? ou só quando acabar o atestado.

Fernanda Melo disse...

Boa tarde, gostaria de alguns esclarecimentos...

Peguei um atestado de 15 dias em outubro devido a pedido da minha psiquiatra pois trabalho em call center e estou com um quadro de depressão muito grave...Os primeiros 15 dias foram pagos pela empresa conforme a lei.
Após 50 dias voltei a minha médica novamente e ele me afastou por mais 15 dias onde esses 15 dias devem ser pagos pelo INSS, minha dúvida é a seguinte devo ficar sem trabalhar até a data da minha pericia, meu atestado já se encerrou!
Como proceder, quais são os meus direitos e os deveres da empresa? estou muito confusa em relação a isso...


Desde já muito obrigado!

simone disse...

Mr. Prev liguei para o 135 e me aconselharam a ir na agencia do inss e solicitar antecipação da pericia. Minha duvida e qual a diferença de antecipar a pericia de prorrogacao para antes do dia 25/01 (data da cesaria) ou deixar para fazer no dia 30/01 (após a cesaria)? Se fizer no dia 30/01 vou precisar levar laudo do psiquiatra e traumatologista atestando que ainda nao estou apta para o trabalho ? Entendo nao ser necessário uma vez que estarei entrando rm licenca maternidade. Agradeço esclarecimento.

Damy Baumgratz disse...

Bom Dia O perito negou a pericia o que fazer agora se tenho atestado ate fevereiro ainda?

Robson Ehlert disse...

Boa tarde!
Fui afastado das minhas atividades laborais por tempo indeterminado por conta de uma tendinite no supraespinhoso.entretanto,minha perícia foi marcada apenas para 07/03/13.Há alguma possibilidade de antecipar o recebimento referente ao período que antecede a perícia?E se na perícia,o pedido de auxílio for negado, eu recebo pelo menos o valor referente ao período anterior á perícia?

silvia doldan disse...

Olá, estava em auxilio doença desde junho 2013,pois tendinite e espondilose na coluna,trabalho com costura. Dia 21/11 foi indeferido meu pedido, tenho marcado para 21/01/2013 recurso junto ao inss, devo levar novo laudo médico ou os exames e os laudos antigos servem.

Philippe Mardey disse...

Ola Mr. Prev,
No mes de novembro eu quebrei um dedo da mao e fiquei de atestado por quinze dais. Dia dezessete de dezembro eu sofri uma lesao no ligamento cruzado anterior do joelho. Peguei mais quatro dias de atestado que segundo o medico resolveria.ele me pediu para fazer uma ressonanciado joelho e que talvez precisaria de cirurgia.fui tentar marcar a ressonancia pelo SUS so que fui informado que demoraria e provavelmente conseguiria marcar para fim de fevereiro e a medica me deu mais dois dias de atestado. So que o joelho nao melhorou, conforme o medico disse, entao fui outra vez no ortopedista(outro medico em outra cidade)e este por sua vez disse que eu havia 'rompido' o ligamento. Assim sendo me deu trinta dias de afastamento. O que eu faço agora? Mesmo sendo CID diferente os dois acidentes a partir de dezessete de dezembro eu ja estava pelo INSS?
Obrigado e Aguardo.

Blog...de todos ! disse...

Olá, No dia 17 de dezembro fui a pericia do inss tentar o afastamento por 4 meses. Já que tenho lúpus e estou fazendo a quimioterapia nesse período de 4 meses. porém inicialmente o pedido foi negado por Incapacidade anterior ao inicio/reinicio das contribuições.
Toda via, tenho a doença há 10 anos, mas sempre respondi bem aos medicamentos, e a agora tive uma piora significante tendo que fazer a quimioterapia. e come la fico com a imunidade muito baixa.
Logo após o indeferimento do pedido tentei marcar a reconsideração, e fui "avisada" que só posso marcar nossa pericia a partir de março de 2013. Vc sabe me explicar o porque desse procedimento? O que devo fazer?
Obrigada.

Mr. Prev disse...

Até a data do PR só se o beneficio for concedido. Tem uma Ação Civil Publica que determina que o INSS pague ate o dia da pericia de PP

Mr. Prev disse...

Se a perícia negou, entao voce nao ira receber o beneficio.

Caso o beneficio seja concedido e voce nao tenha condição de retoranr ao trabalho após data da cessação, podera pedir pericia de prorrogação ou reconsideração para continaur de beneficio.

Mr. Prev disse...

Voce tem 30 dias para pedir pericia de Reconsideração. Nesse caso ira passar com um perito diferente.

Mr. Prev disse...

Se voce tiver condição de voltar, sugiro que volte, pois a pericia devera cocneder o beneficio no maximo o tempo que esta no atestado(isso se conceder).
No dia da pericia voce informa a data que voce voltou, pois assim nao corre o risco do perito dar o beneficio para o periodo que voce ja voltou ao trabalho.

Mr. Prev disse...

O INSS so vai liberar o pagamento apos pericia medica caso seja concedido, nao tem como antecipar, e se o medico negar nao ira receber nada, o unico tipo de pericia com pagamento garantido ate a data da realziação é a pericia de Prorrogação.

Mr. Prev disse...

Sugiro apresentar novos laudos, geralmente eles ajudam. Entao se tiver condição de pegar novo laudo, pegue e leve.

Mr. Prev disse...

Nao há PR para esse motivo de indeferimento, apenas quando o perito nega. Nesse caso ele concedeu, voce perdeu adminsitrativamente. Recomendo entrar com Recurso, sendo que pode entrar com nova pericia tambem.

Mr. Prev disse...

Se for outro motivo a empresa terá que pagar 15 dias novamente...
---
DECRETO 3.048/99

Art.75. Durante os primeiros quinze dias consecutivos de afastamento da atividade por motivo de doença, incumbe à empresa pagar ao segurado empregado o seu salário. (Redação dada pelo Decreto nº 3.265, de 29/11/1999)


...

§ 4o Se o segurado empregado, por motivo de doença, afastar-se do trabalho durante quinze dias, retornando à atividade no décimo sexto dia, e se dela voltar a se afastar dentro de sessenta dias desse retorno, em decorrência da mesma doença, fará jus ao auxílio doença a partir da data do novo afastamento. (Nova redação dada pelo Decreto nº 5.545, de 22/9/ 2005 - DOU DE 23/9/2005)

DINIZ disse...

Ola,estou gravida e com varios problemas de saude ,e no dia 12/12/012 meu medico me deu um atestado de 05 dias,depois trabalhei 1 dia e meu medico me deu mais 07 dias,e voltei ao trabalhO,trabalhei 1 dia e meu medico me deu mais 05 dias,retornei ao trabalho dia 02/01/013 e a firma disse que ia me colocar pelo INSS,pelo numeros de atestados que dei no mÊs de dezembro.A propria empresa marcou minha pericia para o dia 04/02/013,gostaria de saber se a empresa realmente pode me colocar pelo inss? esse mes de janeiro a empresa nao me pagou,alegando que ja e por conta do inss...gostaria tmb de saber se ate o dia da minha pericia a empresa pode me dar um abandono de emprego pois voi ficar 30 dias em casa ate a data da pericia,pq a firma nao deixou mais eu trabalhar....O que devo fazer? obrigado!

Erika Lima disse...

Olá, fiz uma cirurgia dia 17/12/2012 o médico me atestou por 20 dias, a empresa não conseguiu agendar a perícia junto ao INSS e devo voltar ao trabalho dia 07/01/2013 porém a empresa não deixa eu retornar ao trabalho antes da perícia o que devo fazer?

Mr. Prev disse...

Nao ha nada na legislação que nao permita voltar antes, porem muitas emrpesas sem medico do trabalho acabam fazendo isso, mas ai é conversar com a empresa, pois voce pode acabar ficando no prejuizo. Se fizer a perícia, ela provavelmente vai concder o beneficio so o periodo do atestado(20 dias), supondo que demore 50 dias para o dia da pericia, os outros 30 corre o risco de voce nao receber do INSS.

Mr. Prev disse...

A empresa tem que pagar os 15 primeiros dias de afastamento, depois é por conta do INSS, entao a emrpesa fez certo, pois seus atestados passaram os 15 dias.

EM relação a abandono de emprego ele nao podem ja que eles mesmo encaminharam para o INSS, ele tem que assinar um documento(requerimento), para mandar voce para o INSS, isso garante que voce nao abandonou.

Agora se voce ja tem condições de trabalhar, pode voltar, nao ha nada na legislação que nao permita, mas a empresa nao deve estar deixando pois voce volta e nao aguenta(imagino eu que seja isso)

anomimo disse...

Mr.previdencia,ja enviei dois comentario,não consigo visualizar,gostaria de saber quando a junta nega um recurso ainda tem como recorrer,dei entrada no loas para minha filha que faz tratamento contra um cancer,na primeira pericia o medico havia me dito que ela tinha passado,mais o parecer da assistente foi outro,então entrei com recurso depois de oito meses foi julgado,e a junta negou,agora o que devo fazer,ainda há o que fazer ou não.Aguardo resposta.

Cida disse...

Não to conseguindo ver para onde vão as perguntas que formulei.Pode me responder por email: masv3602@gmail.com
Fui afastada pela 6ª vez desde 2005 e agora o médico da empresa que trabalho me encaminhou ao inss com uma carta de solicitação de aposentadoria por invalidez, não estou aleijada,mas tenho bastante dificuldade para executar tarefas simples como escrever ,digitar,grampear,levantar pesos de mais de um kg,e tarefas da vida diaria como pentear cabelos,escovar dentes ,tudo que faço a mão incha e o braço todo dói bastante,o médico diz que terei que operar o ombro pela terceira vez,tudo isso do lado direito,estou afastada com relatorio médico e exames que comprovam a doença, ja fui reabilitada em 2005, e agora venho piorando, os cid's são M 75.1 / M 77.1 / M 65.9 / G 56.0 / M 54.1.Por sua experiência o que voce me orienta ,ha possibilidade do perito acatar esse pedio?E se ele não acatar o que devo fazer?O que mais é necessário levar para ser aceito o pedido de aposentadoria? Trabalhar é inviavel.

Patricia Bento disse...

Boa tarde, Mr. Prev. estou muito triste.....fui no posto do inss e lá fiquei sabendo que receberia o atrasado mais o inss descontou uma tal pensao alimenticia pra alguem que nao aparece o nome nem a conta do "tal" filho meu....e ainda fico devo 318,00 dessa tal pensao, e os funcionarios nao sabem explicar pra onde foi!!!! Se não devo pensão pra filho nenhum, esse dinheiro é perdido? A pergunta é a seguinte: Qual procedimento devo tomar, me ajude estou quase louca.

Mr. Prev disse...

Nesse caso nao!
O recurso para o Conselho de recurso(CAJ) , no caso de LOAS é so para casos de renda.

Inclusive na carta que voce recebeu, ou vai receber devera estar escrito que nao cabe mais recurso.

Voce poderia estar tentado novamente, mas a chance da avaliação ser a mesma é grande!!!

Mr. Prev disse...

Primeiro voce deve marcar nova pericia, se o perito achar que é caso de aposentadoria ele vai fazer uma sugestão de aposentadoria, que deve ser analsiada pelo perito supervisor dele.
Ou seja, o medico perito da agencia nao tem o poder de aposentar, ele faz sugestao que deve ser homologado por um superior.

Na pericia voce deve levar seus laudos medicos, de preferencia os mais novos, pode ate pedir apr seu medico particular um historico de sua doença explciando a evolução dela.

Cida disse...

Ja estou sem receber da empresa desde 27/12/2012 pois a primeira pericia será em 15/01/2013,e se esse supervisor negar ,como fica meu pagamento destes dias de 27/12 a 15 /01/2013,quanto tempo leva essa resposta deste perito supervisor?

Mr. Prev disse...

Nao é pertido, voce tem todo direito de receber, o sistema do INSS que deve ter laçado errado, cabe ao funcionario emitir novo pagamento com o valor correto. Isso pdoe ser feito no mesmo dia com um rpazo de uns 5 dias para cair no banco, cabe ao funcionario querer fazer, mas pode acontecer de ate eles ter se assutado com o erro e querer analisar o que aconteceu primeiro, e entao demora um pouco mais.

Mr. Prev disse...

Esse supervisor so vai analisar se houver sugestao de aposentadoria, mas nesse caso signficia que o beneficio de auxilio-doença foi concedido e entao voce vai recebendo normalmente o auxilio-doença.

O que pode acontecer é o mdico perito negar o auxilio-doença, ai voce tera que entrar com pedido de reconsideração o recursos.

Patricia Bento disse...

Ok obrigado, acho realmente que ele vai analisar, porque falou que demora muito....pegou meu telefone, disse que ligaria depois, só Jesus na minha causa rsrsrs, Obrigado

Luiz Paulo Reis disse...

bom dia, gostaria de uma ajudinha. Porque quando eu vou fazer o pedido de reconsideração - PR, aparece a mensagem: Não é possível solicitar PP. Benefício ainda não concedido. O comunicado de decisão foi emitido no dia 12/dez/2012. Obrigado.

Att

Luiz Paulo

Junio Souza disse...

Bom dia , Queria tirar umas duvidas me acidentei no trabalho dia 03/12/012 rompendo o tendão do ombro direito, só que na região onde
moro o atendimento de ortopedia esta super precário portanto não
tive laudo medico nem pude fazer uma RM do ombro minha pericia será
dia 14/01/013 será que posso ir sem o tal laudo ou só
com o laudo e sem o Exame de Rm pois onde pude marcar-lo
seria para depois da pericia e o preço em um particular
foge do meu orçamento e para finalizar como trabalho em
Construção civil e utilizo da força dos braços para trabalhar
isso pode contribuir para o afastamento pela pericia ?

Junio Souza disse...

Acrescentando uma pergunta vejo muito dizer que
os 15 primeiros dias a empresa que paga
e os demais fica por conta do INSS
a minha duvida é se esses dias
apos os 15 até a pericia é necessário
estar com atestado pois tive 15 dias
de Atestado logo no 16 marquei a perica
para dia 14/01 desde então estou
em casa somente me medicando .

Flavia Cristina Miranda disse...

Bom dia meu nome é FLAVIA.
Preciso de uma informação, estou com problemas psicológicos (depressão,síndrome pânico,etc.) fui afastada por 30 dias a partir de hoje dia 08/01/2013, meu atestado termina 08/02/2013. Caso a pericia seja marcada após o termino do atestado, devo voltar a trabalhar ou ficar aguardando a pericia em casa?
Outra questão... tenho uma cirurgia agendada para o dia 25/02/2013 ou seja 17 dias após o termino do atestado. Essa cirurgia é para retirada do útero e trompas devido a vários episódios de hemorragia um dos motivos que esta gerando esses problemas psiquiátricos. Desde Junho de 2012 tenho entregue a empresa atestados de 1 á 3 dias e em novembro de 2012 após varias consultas sem sucesso e problemas com o convênio da empresa, passei a sofrer de problemas psicológicos e fazer uso de medicamentos controlados e aumentando os atestados com outro cid por até 14 dias . A empresa pode me demitir dentro do período de termino do atestado e da cirurgia? Mesmo eu tendo em mãos a solicitação e a guia de internação caso a pericia demore para ser realizada?. Como funciona nesse caso visto que fui afastada por um CID "Psiquiatrico" e em sequencia serei afastada por outro CID ?
A empresa esta ciente de tudo e sinto a intenção deles em me demitir devido meus problemas de saúde. Como funciona nesse caso? Por favor estou desesperada... preciso do convenio da empresa para realizar os dois tratamentos, não tenho como arcar com o valor cobrado para realizar a cirurgia.

Silvia Doldan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leticia disse...

Minha apendice supurou e tive que fazer uma cirurgia as pressas , e meu medico me deu 30 dias de atestado medico , a minha pericia só foi possivel ser marcada 18 dias apos vencer meu atestado ...porem fui informada pela empresa em que trabalho que talvez nao receberia nada do INSS pois o perito pode afirmar que eu nao precisaria de 30 dias de repouso , sera possivel ? Farei a pericia amanha dia 9 de janeiro , quando irei receber ? e se ele disser que eu na "passei" na pericia ? quando vou poder voltar ao trabalho ? " nao aguento mais ficar em casa " ja estou bem ! Me ajudem , estou com muita duvida !

Juninho de Souza disse...

ola boa noite. o meu caso é o seguinte: trabalho em um deposito e sofri acidente por levantar muito peso e esforço repetitivo, cai no inss, minha pericia esta marcada para o dia 08/02 e meu ultimo dia trabalhado foi 26/12 recebi os 15 dias da empresa, mas minha duvida é quando receberei do inss e como sei que vou receber? porque ja faz um mes e pouco q to afastado e tenho muitas duvidas quanto a isso, se o inss me paga mesmo o medico perito dizendo que estou apto a trabalhar. obrigado

Kesley Matias disse...

Bom dia!
Quebrei o dedão do pé no trabalho dia 04/12 e fui afastado até dia 18/12, retornei ao hospital e fui afastado novamente, mas minha perícia só foi marcada para o dia 07/01/13. O médico liberou a volta ao trabalho, só irei receber do INSS no mês de fevereiro?

Walyson D.S. disse...

Bom Dia . Entrei pelo auxilio doenca por conta de uma trombose e me foi concedido o beneficio ate o dia 31/01/13. Pergunto: quero voltar antes ao trabalho, preciso do parecer do meu medico para pedir a liberação no inss, ou basta eu ir ate o inss e pedir a alta medica(alta a pedido)?
Obrigado

Programa Jovem.com disse...

Olá, boa tarde!
Estou passando por uma situação complicada, estou gravida de 5 meses e tenho sentido muitas dores tanto da posição da criança, quando nas costas, trabalho em pé por bastante tempo, já entreguei vários atestados porque tiveram dias que não tive condições de trabalhar, me sugeriram ir ao INSS direto para solicitar um afastamento, já que minha medica não quer me afastar, mesmo no inicio da gravidez eu tendo tido risco de um aborto.

Como devo proceder neste caso?

Alguém pode me ajudar?

Mr. Prev disse...

isso é problema no sistema de adminsitração de beneficio do INSS, nesse caso é necessario ir a uma agencia.

Mr. Prev disse...

Seria interessante um ladou/atestado novo ja que o que voce tem é so de 15 dias.

Em relação aos exames, caso o perito veja necessidade de ver esses docuemntos ele pode deixar a pericia em aberto(fazer exigencia) para voce trazer os documentos em ate 30 dias.

O bo é levar tudo, mas tem essa possibilidade de exigencia, caso o perito queira fazer.

Mr. Prev disse...

Se voce trabalha com CTPS assinada, voce precisa de uma decalração do empregador informando o seu ultimo dia de trabalho, caso seja autonoma entao voce pode marcar direito pelo telefone 135 ou Internet. No dia da pericia chegue cerca de uma hora antes pois primeiro voce vai passar no balcao para acertar as documentações onde é interessante levar copia do RG,CPF e CTPS.

A pericia analisa sua situaçãoa traves de seus laudos medicos, entao é interessante voce levar algun falando de sua situação.

Caso seja empregada, os 15 priemrios dias de afastamentoé por conta da empresa

Mr. Prev disse...

É interessante levar um laudo/parecer, mas o medico perito tambem pode liberar sem laudo, mas com laudo é mais garantido.

Mr. Prev disse...

Depois da pericia costuma demorar de 20 a 30 dias para liberar o pagamento. la pelo dia 15/01 deve rodar a folha de pagamento de beneficio, onde seu pagamento devera ser liberado para pagamento entre o final de Janeiro e inicio de Fevereiro

Mr. Prev disse...

COmo voce é empregado, entao tem o direito de receber a comunicação no dia da pericia medica, caso seja cocnedido o pagamento costuma demorar de 20 a 30 dias para estar disponivel.

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 1150   Recentes› Mais recentes»