segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Simulador de Fator previdenciário









Para quem quer ter uma ideia de qual será o fator previdenciário em sua aposentadoria, estamos colocando a disposição um simulador de fator previdenciário que informará qual o fator e quantos porcentos da sua contagem será o valor de seu benefício.

Essa é uma ótima oportunidade para saber simular o momento certo de se aposentar. O número que irá aparecer na simulação não é o oficial, ele poderá ter uma pequena variação para cima ou para baixo. Dificilmente essa diferença passará de 1(um) porcento.

O fator previdenciário leva em consideração a quantidade de contribuição, a idade e expectativa de sobrevida fornecida pelo IBGE.

Como a expectitavida de sobrevida é normalmente atualizada em Dezembro de cada ano pelo IBGE, esse simulado dé mais recomendado para quem vai se aposentar no ano que fez o calculo, pois caso queira conferir se o fator previdenciario foi aplicado corretamente em uma aposentadoria de anos anteriores, provavelmente vai dar uma diferença maior que um porcento pois a tabela de expectaticva de vida era outra. 


Mas caso a pessoa queira ter uma ideia de qual sera a redução no futuro, quando completar o tempo necessário, podera fazer, mas tenha ciencia que futuramente a exxpectativa de sobrevida poderá ser outra.

Esse simulador mostra apenas a redução causada pela aplicação do fator previdenciário, sendo assim se sua aposentadoria for proporcional, haverá uma redução maior.

198 comentários :

Fatima Zanin disse...

Muito importante sua postagem, nos ajuda esclarecendo como esse simulador

Mr. Prev disse...

bom saber que esta sendo util....

Da para ter um ideia da perda ao se aposentar....

é fazer as contas e decidir..rsrsrs

todo poderoso disse...

O Atendimento e Horrivel

Mr. Prev disse...

Todo poderoso< atendimento onde é horrível?
Nas agencias do INSS acredito eu, ou o meu aqui no Blog..rsrsrsrs

O atendimento ruim ja foi unanime, mas hoje vejo muita gente elogiando, principalmente a aprte administrativa.

Unknown disse...

Tenho 47 anos e 25 anos de contribuição. Quantos anos ainda terei que contribuir para me aposentar com 100%?

Mr. Prev disse...

O Fator Aumenta cerca de 4% por ano, ou seja, se voce hoje esta com 55%(apenas um exemplo) voce tera que trabalhar mais uns 10/11 anos.

Imagino que voce deve ser Professora, pensando na apsoentadoria com 25 anos de serviço!

De qualquer forma, homem ou mulher, professor ou nao, sao cerca de 4% a cada ano.

luciana disse...

sou dona de casa e vou pagar o inss 5% do salario minimo e gostaria de saber se daqui 25 anos eu me aposento por tempo de contribuição e quanto mais ou menos que vou receber

Mr. Prev disse...

5% é contribuição para salário mínimo sem direito a se aposentar por tempo de contribuição, sua aposentadoria será por idade aos 60 anos.

LeonardoGM disse...

Tenho 44 anos, 25 de contribuição, tenho registro em carteira de R$1200,00(empresa privada) e aprox R$1000,00 de rendimento como autônomo. Como faço para recolher essa parte auton. em que o cálculo de rendimentos para fins de cálculo de aposentadoria seja R$2200,00?

Mr. Prev disse...

Se voce ainda nao contribui como autonomo, terá que comprovar atividade.

Se for apra começar a aprtir de agora é so ir ao INSS declarar sua atividade e começar a contribuir.

Mas ja aviso que pela legislação atual voce nao ira conseguir o que deseja...

A unica maneira da contribuição de autonomo ser somada ao de empregad é quando a soma chega ao teto da previdencia, que nao é o seu caso.

Quando a soma nao chega ao teto, a atividade com menos tempo é considerada secundaria, sendo assim sera somado a atividade principal valores porporcionais ao tempo que voce pagou..exemplo

voce paga mil reais por 10 anos, mas precisa de 35 anos, entao ser considerado apenas 1/3 dos mil reais9 que sao R$333,00, sendo assim,s eriam somado aos 1200 reais o valor de 333 e nao de mil. Assim nem vale a pena.

Resumindo, oo se contribui para chegar ao teto, ou se contribui de duas forma durante todo periodo(35 anos), ou melhor nem contribuir como autonomo. apesar que a legislação previdenciaria diz que autonomo é contribuinte OBRIGATORIO, voce ja teria que estar pagando, enm que seja no minimo.

ZE DE LIMA disse...

Tenho 47 anos de idade e 28 anos de contribuiçao, se eu quisesse me aposentar hoje, eu poderia? Jose Lima de Porto Alegre

Mr. Prev disse...

Homem para se aposentar precisa de 35 anos de contribuições, a não ser que seja professor que são 30 anos, ou tenha período enquadrado como especial.

Para aposentadoria proporcional sao necessario 53 anos(homem), mas 30 anos de contribuição mais pedágio que muda de uma pessoa para outra, mas na média da uns 3 anos.

lindomar disse...

com quantos anos de contribuição um operador de maquina pesada pode se aposenta

IVONE DE MEDEIROS disse...

Tenho 57 anos, 20 anos de magistério, estou com artrose nos dois joelhos e psoríase nas mãos e nos pés . Quais seriam os meus direitos ,qual o tipo de aposentadoria posso pedir? Obrigada .

Mr. Prev disse...

Professora se aposenta com 25 anos de serviço na area de magistério.

Com menos, caso nao possa trabalhar, podera ser solicitado auxilio-doença, e essa beneficio pode se tranformar em aposentadoria por invalidez.

no seu caso a idade de 60 anos chegará primeiro que os 25 anos de contribuição, entao irá se apsoentar por idade(aos 60 anos)

Mr. Prev disse...

lindomar:
Até 28/04/1995 o operador de mquina pesada tem seu tempo serviço considerado especial. Porem depois dessa data nao existe mais enquadramento de periodo especial por profissao, apenas por agente nocivo e depende do perito que vai analsiar o PPP.

Mas o tempo que voce tem ate 28/04/1995 como operador de maquinas pesadas voce pode contar mais 40%. Cada 5 anos ganha 2 anos. Por exemplo, se voce tiver 10 anos ate 28/04/1995, fica valendo 14 anos.

IVONE DE MEDEIROS disse...

Obrigada pela sua resposta !Ivone de Medeiros

lio9marseverinodacosta disse...

Tenho 53 anos de idade,trabalho no setor de insalubridade,á 25 anos,já posso da entrada na minha aposentadoria porque trabalhorecebendo periclosidade espero receber uma resposta,pois ate no ano 1998se trabalhava 12 mesês,contava 16 mesês.

Mr. Prev disse...

VOce pode dar entrada, mas o fato de trabalahr recebendo periculosidade não é garantia que esse periodo será considerado insalubre pelo INSS.

Até 28/04/1995 ha enquadramento por profissão dependendo de qual for da sua á automático. Depois depende da pericia médica que avalia muitas coisas como se a exposição é habitual e permanete, uso de EPI eficaz, quantidade do agente nocivo, se ela considerar todo se tempo como insalubre, terá condição de aposentar.

Mas o melhor a se fazer e agendar um pedido de apsoentadoria e verificar a situação.

marta andrade disse...

sou professora a 30 anos estou com perda auditiva de 60 por cento, ja posso perdir aposentadoria , qual a minha perda?

marilene disse...

oi tenho 46 anos e 28 de contribuição posso dar entrada na minha aposentadoria obrigado e aguardo;

Mr. Prev disse...

Só se voce for professora ou tiver periodo especial(insalubridade). Caso contrario sao no minimo 30 anos de tempo de contribuição e no caso da proporcional sao necessarios 48 anos de idade.

Mr. Prev disse...

Professora com 25 anos já pode, em relação a eprda preciso saber sua idade tambem. Voce pode fazer a simulação do fator previdenciário aqui no blog do lado esquerdo da pagina

CARLOS G CRUZ disse...

aAposentei-me em outubro de 1991 com 9,37 salários minimos, atualmente percebo apenas 3,5 salários alegam os advogados que estou no buraco negro e não tem jeito . sera? entrei com pedido administrativo de correção do benefício o que foi negado. atualmente o caso esta com o advogado cujo processo e n.2003.33.00.734714-0. Vale lembrar que antes da aposentadoria recebia desde 1988 o abono salárial por permanenci em serviço , conhecido como pé na cova.

Mr. Prev disse...

Buraco negro(Art 144 da lei 8213/91) é para quem se aposentou entre entre 04/10/1988 e 05/04/1991.

No periodo que voce se aposentou pederia ser enquadrado na revisao do Art 26(lei 8870/94) que beneficiou que se aposentou entre 04/04/1991 e 01/01/1994.
O INSS tem um aplciativo chamado REVSIT que mostra quem tem direito a qual revisao de lei, que foi feito automaticamente, porema lguns acabaram excluidos de forma erronea(nesse caso cabe entrar na justiça)

---
Art. 26. Os benefícios concedidos nos termos da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, com data de início entre 5 de abril de

1991 e 31 de dezembro de 1993, cuja renda mensal inicial tenha sido calculada sobre salário-de-benefício inferior à média dos 36 últimos salários-de-contribuição, em decorrência do disposto no § 2º do art. 29 da referida lei, serão revistos a partir da competência abril de 1994, mediante a aplicação do percentual correspondente à diferença entre a média mencionada neste artigo e o salário-de-benefício considerado para a concessão.

Parágrafo único. Os benefícios revistos nos termos do caput deste artigo não poderão resultar superiores ao teto do salário-de-contribuição vigente na competência de abril de 1994.

--------

Resumindo, ele beneficia os que a media deu um valor acima do teto, sendo assim, a renda mensal inicial foi menorq ue a media, isso é parecido com o que vem acontecendo agora com a Revisao do teto.

Maria disse...

ola tenho 52 anos e trabalhei 10 anos como cozinheira e completo agora 4 anos de serviços de limpeza em um hospital, recebo insalubridade quando posso dar entrada na aposentadoria.. e outra duvida se caso eu optar por por aprosentadoria por fator seria possivel continuar contribuindo inss e chegar a receber os 100 % futuramente ou isso não é possivel? obrigada .

Mr. Prev disse...

para mulher sao necessarios 30 anos de contribuição para aposentadoria Integral(reduzida apenas pelo fator) ou 25 anos mais pedagio.

O fato de receber insalubridade não significa que seu periodo será considerado especial. Limpeza e hospital, por exemplo, praticamente não sao considerados pela pericia.

No caso de aceitar aposentadoria proporcional, mesmo continaundo a trabalhar, pela legislação previdenciaria não é possivel desistir e pedir nova apsoentadoria para ganhar 100%. Pela Justiça há casos que andam concedendo essa desaposentação.

Glailton disse...

Pretendo requerer a aposentadoria proporcional aos 53 anos de idade e 35 de contrubuição, será necessário o PPP para o processo da minha aposentadoria?

Glailton disse...

Minha esposa já contribuiu com a previdencia por um período de 16 anos, de 1983 a 1999, ela tem 51 anos de idade. Ela pode recolher via GPS 9 anos retroativos para completar os 25 anos de contribuição e requerer a aposentadoria proporcional?

Mr. Prev disse...

havendo 35 anos de contribuição não é necessario o PPP, mas os anos que voce poderá ganahr com ele ajudará no fator previdenciario, quanto mais anos, menos o fator diminui.
Se for Salario Minimo, nao precisa se preocupar.

Mr. Prev disse...

Para recolher atrasados apenas se comrpovar atividade ou ja tiver contribuido no passado com GPS e a atividade ainda estiver em aberto.

Valdirei Carneiro disse...

QUEM CONTRIBUI COM 124,00 QUANTO GANHARA QDO SE APOSENTAR?
VALDIREI

Mr. Prev disse...

124 reais é contribuição para um salario minimo com direito a aposentadoria por tempo de contribuição.
O calculo do valor de um beneficio é a media das contribuições. 80% das maiores contribuições de julho de 1994 até hoje,s endo assim nao tem como eu ti informar o valor da aosentadoria, ja que uma pessoa que contribui hoje com um salario pode ter tido salarios melhores antigamente, Alem do fator previdenciario.

OUTONO EM CANTO! disse...

Quando a aposentadoria é por invalidez ,tem algum adicional? Sou professora.É verdade que se for motorista(em função da invalidez ) perde-se a carteira ? Acho que não mas falaram-me isso.No meu caso seria ,pela artrose nos joelhos,nos pés, enfim ,articulações ,e ainda a psoríase,tbm nos pés e nas mãos.Obrigada . Ivone de Medeiros

Mr. Prev disse...

Aposentadoria por invaldiez tem adcional de 25% APENAS para os que dependem de outras pessoas, vivem em função da ajuda de terceiros.

EM relaçao a perder a habilitação fique tranquila, principalmente se tratando da categoria B.
Profissionais sim, é melhor nao renovar a habilitação para nao ter problemas.
Pode haver comunicação entre INSS e Detran. O proproio perito do Detran irá rebaixar para B quem tem Habilitação C, D ou E, o INSS nao tem poder para isso.

OUTONO EM CANTO! disse...

Agradeço muito suas elucidações, nós realmente não sabemos os nossos direitos . Que Deus o ilumine e abênçõe sempre !

Diego Roses disse...

Oi minha esposa tem 44 anos e 23 anos de contribuição como professora, por dobrar periodo, ela sempre contribuiu duas vezes para o INSS (por causa dos dois sálarios). Com quantos anos ela podera se aposentar com a aposentadoria integral? E se ela aposentar agora (2012) de quanto seria a perda)?

Grato desde já

Mr. Prev disse...

Como professora ela precisa ter 25 anos, ou seja em 2012 ela nao iria se apsoentar. no caso ela vai compeltar quando tiver 46 anos e ela perdera com o fator uns 48 % do salario. So iria levar proximo aos 100% com uns 56 anos

Iris Mendonça PPinheiro disse...

Tenho 45 anos e vou aposentar com 50 anos, possuo carteira assinda a 26 anos com pouco mais que um salário mínimo e comecei a pagar o carnê do INSS em 2010 com 20% sobre 6 salários mínimos que atualmente é R$746,40 mensais. Gostaria de saber se será incorporado as contribuições dos carnês do INSS dos 26 anos que possuo carteira assinada. Eu nesses quase três anos tenho comprado os carnês e preenchido com meu número de pis, será que tenho que procurar o INSS para eles me dar uma autorização?

Iris Mendonça PPinheiro disse...

Tenho 45 anos e vou aposentar com 50 anos, possuo carteira assinda a 26 anos com pouco mais que um salário mínimo e comecei a pagar o carnê do INSS em 2010 com 20% sobre 6 salários mínimos que atualmente é R$746,40 mensais. Gostaria de saber se será incorporado as contribuições dos carnês do INSS dos 26 anos que possuo carteira assinada. Eu nesses quase três anos tenho comprado os carnês e preenchido com meu número de pis, será que tenho que procurar o INSS para eles me dar uma autorização?

Lucia disse...

Boa tarde,
Eu tenho 57 anos, tenho 31 anos de contribuição, regime CLT, salário atual R$ 2.300,00 , eu não entendo esse fator previdenciario, como será calculado a minha aposentadoria?
Lucia

Mr. Prev disse...

Na hora de se aposentar irá ser somado todas as suas contribuições, é feito uma media com 80% das maiores contribuições, porem caso ainda exista fator previdenciario voce tomará um prejuízo enorme. aos 50 anos sua aposentadoria vai acabar caindo para no maximo uns 2 salarios minimo(se voce tiver sorte). Mas se até la o fator acabar, nao havera grandes problemas.

Em relação ao pagamento, o correto é ir ao INSS para cadastrar a atividade. Isso pode ser feito depois quando for se apsoentar, espero que pelo menos voce esteja pagando no codigo correto, tem muitos contadores por aiq ue passam codigo errado, eles acham que o que vale é apgar, o numero é o de menos, mas se errar poder dar um problema grande, mas possivel de ser resolvido.

Mr. Prev disse...

sua aposentadoria sera calculada em uma media com 80% das suas maiores contribuições. No resultado sera aplicado o fator previdenciário, no seu caso, hoje seria por volta de 0,79, ou seja voce ainda perde cerca de uns 20/21%

ZETH CROCHE disse...

tenho 20 anos de contribuição e 43 de idade...agora sou dona de casa ..como pagar o inss para poder me aposentar por tempo de contribuição antes de completar 60 anos?

Mr. Prev disse...

Devera contribuir mais 10 como facultativa com 20% do valor que deve ser entre o salario minimo e o teto da previdencia, voce pode escolher e alterar o valor a cada mes, como quiser.

Verginia Pereira de Souza disse...

Em 2014 me aposento por idade e tempo de serviso, farei 60 anos de idade e 25 anos de contribuição "professora". Minha aposentadoria será cem por cento? Obrigada.

Mr. Prev disse...

Por idade sera mais vantajosa, mas voce ira ficar com 95% da média. Se aposentar como professora devera ficar com uns 86/87 % por causa do fator

Guilherme disse...

Bom dia,

meu pai tem 47 anos de idade, e 25 anos de trabalho em local insalubre. A dúvida é a seguinte, se entrarmos com pedido de aposentadoria hoje, ele receberá 100% do salário ou o cálculo do fator previdenciário será o mesmo do tempo de serviço ?

Mr. Prev disse...

Se cosneguir aposentadoria especial(especie 46) não haverá fator previdenciario. O valor sera uma media feita com 80% de suas maiores contribuições.

Joelma disse...

Boa Tarde
Gostaria de saber tenho 48 anos e 25 de contribuição posso dar entrada na aposentadoria proporcional e continuar contribuindo para quando completar os 30 anos fazer revisão, eu pago o teto máximo e continuaria pagando os próximos 05 anos.

Mr. Prev disse...

Nao! e nem proporcional vai ser possivel ja que esse tipo de aposentadoria acabou em 1998, mas para nao acabar de um vez, inventaram o pedagio, sendo assim a proporcional acaba dando com uns 28/29 anos de contribuição.
A aposentadoria por tempo de contribuição é definitiva, nao ha revisao para incluir periodos de contribuições posteriores. Na justiça os empregados estao conseguindo isso(desaposentadoria).

Verginia Pereira de Souza disse...

O que acontecerá com a empregada doméstica, quando afastar do emprego após dois anos com carteira assinada, sem contribuir com INSS.Não tem nada que prova a contribuição? Obrigada.

Verginia Pereira de Souza disse...

Professora com 60 de idade e 25 anos de contribuição, a aposentadoria seria integral?

Verginia Pereira de Souza disse...

Me responda por favor, as perguntas anteriores. Obrigada. Boa noite.

Mr. Prev disse...

Se nao houver recolhimento mas ficar comprovado o vinculo(exercio d atividade) esse periodo sera contado para beneficio, se ela por exemplo for domestica na epoca de uma aposentadoria sera contado como carencia, se nao for so contara como tempo de serviço.
Uma apsoentadoria por diade precisa de 180 de carencia, ou seja se ela for domestica somara aos 180 caso contrario nao, mas ela podera pagar se quiser depois de comprovado.

Mr. Prev disse...

Professora aos 60 anos de 25 de tempo de serviço é mais vantajoso aposentador por idade ja que perderia apenas 5% da media, ja na aposentadoria como professora o fator vai levar cerca de uns 14/15%.

Andréia Seefeld disse...

Minha mãe faz 60 anos em abril de 2014. Recolhemos o inss dela como funcionaria de uma empresa nossa, com dois salários mínimos. Hj ela tem no total 23 anos e 6 meses de contribuição. Como fica a aposentadoria dela por idade?

Obrigada

claudinei thomaz disse...

Gostaria de saber o resultado da pericia que passei , a quase dois(2)meses, e ainda nao chegou a cartinha pra mim saber se estou afastado ou aposentado, etc.

Aloisio Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aloisio Faria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Aloisio Faria disse...

Olá, tenho 51 anos de idade e contribui para a aposentaria de
02/01/1976 a 01/01/1987 num total de 10 anos 11 meses e 9 dias de contabilização de serviço ativo e com contribuições pagas.
de 1989 até o momento estive ausente do brasil. Gostaria de saber como poderia regularizar o restante tempo que não foi feita contribuição no brasil para que pudesse me aposentar com 35 aos de serviço e não por idade aos 65 anos...
é possivel?
Se positivo, qual seria a melhor maneira de pagar para ter direito ao teto máximo?
cumprimentos
Aloisio Faria

Mr. Prev disse...

Vamos lá!
No seu caso, a unica mandeira de pagar o periodo passado é se voce pagava como autonomo e ao parar não deu baixa no cadastro de atividade, por estar em aberto voce tem direito a pagar, mas seu voce deu baixa ou nunca contribui como autonomo então nao tem como ja que a outra maneiria seria comprovando atividade mas no seu caso nao seria possivel ja que nao estava no Brasil. Em relação ao teto maximo, pela legislação atual o jeito mais facil é se aposentar por idade, ja que por tempo de contribuição tem o fator previdenciario que geralmente diminui o valor do beneficio.

Mr. Prev disse...

Ligue no 135, caso tenha o numero do beneficio pode verificar no site da previdencia, ou va a uma agencia do INSS.
Quando fizzer uma pericia aguarde no maximo uns 25 dias. Que papo e esse de dois mes?rsrsrsrsrs

Mr. Prev disse...

Sera feito um calculo com 80% das maiores contribuição e ela levara 93% dessa media. O valor da aposentadoria por idade sao 70% da media mais 1% a cada grupo de 12 contribuições, no caso da sua mae, sao 23 grupos.

Leka duarte disse...

Gostei! E Queria aproveitar p perguntar se posso pagar meu inss no Internet bank da conta da minha mae?

EBOOK -GOL- disse...

Comecei a trabalhar com 13 anos com Carteira assinada. Hoje tenho 41 anos de idade, sendo que 23 anos em atividade insalubre, e 4 anos em atividade normal, fazendo as conversões estou com 36 anos de trabalho. No meu caso há incidência do Fator previdenciario? Se positivo quanto será a redução? Agradeço, Carlos.

Mr. Prev disse...

Se houver esse recurso no Intenet bank pode.

Mr. Prev disse...

Sim, havera o fator. SO nao tem fatot na apsoentadoria especial, quando se usa apenas tempo considerado especial. No seu caso ha tempo especial e tambem normal.

Seu fator sera aproximadamente 0.47/0.48 ou seja vai perder mais da metade da media calculada.

liomarseverinodacosta disse...

Trabalho recebendo periclosidade desde os anos de 1977,hoje esto cos 54 anos ja posso dar entrada na minha aposentadoria,pois quem trabalha 12 meses,vale 16 meses expero uma resposta urgente

Leka duarte disse...

Tem ja fiz o pagamento, eh o itau....Muito obrigada!!!

Mr. Prev disse...

O fato de receber da empresa nao siginifica que sera enquadrado como especial pelo INSS. Mas se voce trabalha desde 77 ja tem 35 anos de contribuição e independetemente de periculosidade podera ser aposentado.

No caso da conversao do periodo para atividade especial, voce ganhara 40% do tempo que for considerado.

É necessario levar o PPP no dia do agendamento da aposentadoria

Mario Seawright disse...

Boa noite, em Outubro de 2014 terei 52 anos e 35 de contribuição, pago sobre 800,00 como autônomo desde 2001 (160,00 de contribuição ao mês) e recebo atualmente 1.169,00 da empresa em que trabalho ou seja mais ou menos 3 salários.Será que receberei ao menos 2 salários de aposentadoria? Meu nome é Mário. Grato e aguardo.

Mr. Prev disse...

O calculo leva em consideração seus salarios de julho de 1994 até hoje, entao fica dificil falar sabendo apenas os numeros a partir de 2001.
Mas supondo que antes de 2001 era por volta de 2 salarios tambem.
Eu arriscaria falar que sua media sera em torno de uns 1.500 reais, e com o fator cairia para 1.000, ou seja, ficaria abaixo dos dois salrios. Agora, se suas contribuições anteriores a 2001 for abaixo de 2 salarios, entao e provavel qeu o valor de sua aposentadoria seja menos de mil reais. Isso falando em valores de hoje.

Geraldo Humberto Felix Pinto disse...

Bom dia, tenho 56 anos de 33 anos de contribuição apesar de ter começado a trabalhar aos 13, durante este período estive algum período desempregado e em outro fiz bicos e neles não contribui com a previdencia no período de 1971 a maio de 1995 em poucos meses faltou minha contribuição jun to a previdencia por deswemprego, mas entre maio de 1995 a abril de 2004 não fiz nenhuma contribuição por estar desemprega e fazendo alguns bicos a partir daí fiz minhas contribuições regularmente porem de abril de 2004 a dezembro de 2005 contribui com o salario minimo, 2006,2007,2008, e 2009 recolhi sobre o teto máximo, e a partir daí minha contribuição voltou a 01 salário mínimo, em janeiro vou retornar a empresa que trabalhei no período de 2006 a 2009 e terei a possibilidade de contribui com o teto novamento pois irei receber sobre comissões, como será meu salário benefício daquí a 2 anos considerando que contribuirei nestes 24 meses sobre o teto?

Mr. Prev disse...

Atualmente é feito uma media com oitenta porcento das maiores contribuições a partir de julho de 1994.
Caso voce nao tenha 80% do periodo contribuido a partir de 07/1994, entao a media sera com todas as contribuições caso voce tenha pelo menos 60% do periodo contribuido.
Na hora de fazer a media o divisor é pelo menos 60% do tempo de julho de 1994 ate a data do pedido do beneficio. Se voce tiver menos de 60%, seja somado todas as contruibuições e divido por 60%, mesmo que tenha apenas 5%.

Complicado né??rsrsr.

Roger disse...

Boa tarde,
Minha mãe tem 63 anos, contribui com o INSS desde 2005.
Antes disso trabalhou em uma loja da familia, sem registro, nem recolhimentos, desde 1986.
Além disso trabalhou 5 anos em atividade rural.
Considerando apenas as contribuições normais, deveria recolher mais 8 anos e iria se aposentar com 71 anos.
É possível de alguma forma levar em conta o tempo trabalhado sem registro?
Obrigado

Roger disse...

Obs.: O tempo de trabalho na loja da familia foi de 1986 até atual. A loja é legalizada juridicamente.

Mr. Prev disse...

SO se ela comprovar que trabalhou. Mas como acredito que nao tenha nenhum documento, entao vai ser uma missao quase impossivel.
Acredito que ela nao tinha contrachque, nem assinou contrato,nao tem livro de registro de empregados, ou seja, vai ser dificil comprovar.
Os documentos para comprovar tem qu ser contemporaneos a epoca.

xavier disse...

Boa Tarde

Gostaria de saber se uma pessoa com 57 anos que contribui por 12 anos como contrib indiv empresario recolhendo sobre 05 salarios minimos e que agora vai voltar a contribuir, pode recolher sobre apenas 1 sal. min?
e se continuar recolhendo sobre 5 cinco sal. terá seu beneficio calculado sobre exatamente o valor de 5?

atualmente por exemplo se recolhe 10sal e quando sai os calculos reduz para 5 sal... como pode isto? grata

Mr. Prev disse...

Ele pode recolher sobre o que ele quiser, entre o salario minimo e o teto da previdencia que hoje é de $3916,20.

O calculo é uma media feita com 80% das maiores contribuições, e aplicado o fator.
Esse fator pode ser o previdenciario nas apsoentadoria por tempo de contribuição.
Ou 75% mais 1% a cada ano de contribuição para as aposentadoria por idade.

Sendo assim, sele ele contribuir sempre com 5 salario e apsoentar com exatamente 15 anos de contribuição por diade. vai levar aproxiamdamente 85% desses 5 salarios.

Vale lembrar que, caso ele tenha se filiado ao INSS antes de 1999, ele tem que ter 80% de contribuições no periodo contado entre 07/1994 ate a data de pedido de aposentadoria, para o calculos er do jeito que eu falei.

xavier disse...

agradeço pela atenção

Gabriel Cassiano disse...

Tenho 54 anos e 26 anos de contribuição.
Em 2011fiz uma cirurgia na qual perdi 50% do meu intestino e em Setembro de 2012 em consequência da 1ª cirurgia perdi meu rim esquerdo, posso pedir aposentadoriae continuar contribuindo para aumentar meus rendimentos apo´s 30 anos de contribuição?

Mr. Prev disse...

Ja respondido no outro Post

JOSE AUGUSTO Sousa disse...

sou professor tenho 52 anos de idade e 32 de contribuição. Qual seria o percentual de perdas na minha aposentadoria no momento?
Meu nome é José augusto (augusto1961sousa@gmail.com )

Mr. Prev disse...

Voce ira perder na fixa de 30 a 31% da media calculada.

ayr luiz junho moura moura disse...

no dia 9 nao saquei obenificio deixei pra hoje 26 mas nao tinha mas nada

Mr. Prev disse...

O beneficio ficà dißponivel por ate 60dias. So depois retorna para o inss. Va ao iinss ver o que aconteceu.

Magali disse...

Olá, sou autônoma, com 24 anos de contribuição sobre sal. mínimo, de 2008 a 2011, achei que estava recolhendo sobre os 11% do sal mínimo, pois me confundi com esse novo recolhimento achando que os 20% havia sido eliminado. Fui no INSS e regularizei a situação. Agora eu perguntei para eles se podia ser pago mais de um salário mínimo, pois na minha cabeça achava que estava recolhendo ao menos 11% sobre 3 mínimos. Eles disseram que sim, mas teria q tomar cuidado com o Leão (IR). Paguei o retroativo do 2007 sobre 2,5 sal. de jan a junho e sobre 3 mín. de julho a dezembro. Agora quero acertar gradativamente de 2008 a 2012 para chegar nos 4 mínimos até 2013 e de 2014 a 2017 sobre 5 mín e de 2018 a 2021 a 6 mín.Será que dá para chegar numa média de 3 mínimos na hora de se aposentar? Pois pelo que entendi, passando o tempo integral de contribuição a cada ano que eu pago a mais, é um ano de contribuição do mínimo que eu elimino. Isso está correto?!? Mr. Prev me dê uma luz!!

Roberto Carlos disse...

Olá Mr. Prev!
Vc pode esclarecer está dúvida:
A partir de quantos graus o calor passa a ser considerado insalubre no PPP para a aposentadoria especial?
Um grande abraço, Roberto Carlos

Mr. Prev disse...

Desde 1997 não é mais analisado pelos graus Celsius e sim utilziando a formula do IBUTG

____

Art. 240. A exposição ocupacional a temperaturas anormais, oriundas de fontes artificiais, dará ensejo à aposentadoria especial quando:
I - até 5 de março de 1997, véspera da publicação do Decreto nº 2.172, de 1997, estiver acima de vinte e oito graus Celsius, não sendo exigida a medição em índice de bulbo úmido termômetro de globo - IBUTG;
II - de 6 de março de 1997, data da publicação do Decreto nº 2.172, de 1997, até 18 de novembro de 2003, véspera da publicação do Decreto nº 4.882, de 2003, estiver em conformidade com o Anexo 3 da NR-15 do MTE, Quadros 1, 2 e 3, atentando para as taxas de metabolismo por tipo de atividade e os limites de tolerância com descanso no próprio local de trabalho ou em ambiente mais ameno; e
III - a partir de 19 de novembro de 2003, data da publicação do Decreto nº 4.882, de 2003, para o agente físico calor, forem ultrapassados os limites de tolerância definidos no Anexo 3 da NR-15 do MTE, sendo avaliado segundo as metodologias e os procedimentos adotados pelas NHO-06 da FUNDACENTRO.

Para conhecer esse NR 15 e o anexo 3 citado na legislação acesse http://portal.mte.gov.br/legislacao/norma-regulamentadora-n-15-1.htm

Mr. Prev disse...

Hoje o calculo é feito com 80% das maiores contribuições de julho de 1994 ate a data de entrada na aposentadoria, sendo assim, cada ano contribuido vai jogar fora uma ano de salario minimo que ficara nesses 20% que sao descartados.

Pelo que entendi, ate 2006 as contribuições foram salario minimo.
de 1994 ate 2021 sao 27 anos, ou seja, vao entrar no seu calculo, aproximadamente 21/22 anos de contribuições.
Exemplo: anos 2000 a 2021.
sera 6 anos de minimo(1 salario)
sera 1 anos de 2,5(ano de 2007)
4 anos de 3 salarios(2008 a 2011)
2 anos de 4 salarios(2012 a 2013)
4 anos de 5 salarios(2014 a 2017)
4 anos de 6 salarios(2018 a 2021)

a media seria uns 3,5 salarios. Porem tem o fator previdenciario. Isso falando na legislação de hoje.

So nao entendi esse negocio de acertar o periodo de 2008 a 2011 para 4 salarios.

Se voce pagou sobre 3 salarios entao vai ter que ficar tres salarios, nao pode complementar.

O que voce pdoeria fazer é complementar de 2008 a 2011 sobre 3 salarios caso voce tenha pago 11% sobre 3 salarios.

se pagou 11% sobre um o complemento vai tr que ser sobre um.

A nao ser que eu esteja errado nao ha fundamentação para ficar aumentado a contribuição. So pode complementar quando paga na aliquota errada ou abaixo de salario minimo

Roberto Carlos disse...

Obrigado Mr Previ, valeu mesmo, vc é o cara...., Ainda dizem que o cara é o rei Roberto Carlos rsrsrrsr.
Eu fui até a NR15 e verifiquei que existe uma relação de Kcal/h e o IBUTG. No PPP consta o valor do IBUTG medido.
Segundo a NR15 o valor máximo do IBUTG é igual a 30,5.
Agradeço mais uma vez e um feliz ano novo pra vc e seus familiares.

Mr. Prev disse...

Obrigado, e feliz ano novo para voce tambem.

Estudante disse...

Amigo Mr. Prev
Você percebeu que a expectativa de sobrevida, para quem tem mais de 55 anos, diminuiu?
Será que eu interpretei mal a tabela? Gostaria de saber mais sobre isso. Obrigado!

Estudante disse...

Mr. Prev, outra dúvida...
Em uma explicação que vc deu ao Xavier em 01/12/2012, diz o seguinte:
"Vale lembrar que, caso ele tenha se filiado ao INSS antes de 1999, ele tem que ter 80% de contribuições no periodo contado entre 07/1994 ate a data de pedido de aposentadoria, para o calculos er do jeito que eu falei."

O correto não seria "60% de efetivas contribuições dentro do PBC" para que pudesse calcular a média sem ser prejudicado? Obrigado.

Mr. Prev disse...

Depende

80% da o direito de eliminar 20% das menores contribuições, se tiver 60% nao sera eliminado nada.

Com 60% ele nao ficara prejudicado no calculo pois sera somando todas as contribuições e dividido pelo numero de contribuições,porem se a gente for comparar com quem pode eliminar 20%, entao ele fica no prejuizo.

Silvia Doldan disse...

Tenho 42 anos 15 anos com insalubre(ganho 3 anos com o PPP) 3 anos como contribuinte individual quanto falta para aposentadoria por contribuição.

Mr. Prev disse...

se esses 3 anos que voce diz que ganha com PPP for garantido entao os 15 anos se tornam 18 anos, mais 3 de CI, vai dar 21 anos, entao faltam 9 anos para compeltar 30 anos de contribuição, se a idade de 60 anos nao chegar primeiro entao a aposentadoria sera daqui 9 anos.

Tome cuidado com esse negócio de 15 anos de PPP ganha 3, pois esse docuemnto sera analisado por um medico perito que pode considerar apenas parte dele. Ter PPP nao sigfica que ganhou o tempo especial

Jair Soares Rocha Jr disse...

Tenho 44 anos, trabalhei como empregado durante 24 anos, com o inss sempre recolhido pelo teto e agora virei autonomo e preciso saber com quanto preciso recolher de inss para garantir o teto quando for me aposentar?
Sds,
Jair S Rocha Jr

Mr. Prev disse...

Vai ter que continaur contribuindo com o teto. No maximo 20% das suas contribuiçêos podems er abaixo(posi elas nao irao fazer parte do calculo)

o teto hoje é R$4.159,00 e voce terá que pagar 20% desse valor.

Se voce se apoesntar por tempo de contribuição, vai ter o fator previdenciario que ira diminuir o valor da apsoentadoria, mas se deixar para se apsoentar por idade nao vai ter, ai da apra "garantir o teto".

Pelo que eprcebi voce ira compeltar 35 anso de contribuicao com 55 anos de idade, o fator vai diminuir bemo valor da aposentadoria

Prometheus Acorrentado disse...

Tenho 45 anos, inscrito no INSS como empregado em março/1987, e as seguintes contribuições:

- jan/1987 a dez/1987
- jan/1988 a mar/1994
- mai/1994 a jul/1994
- jun/1995 a jul/1999
- set/2000 a jan/2013 (presente)

Minhas dúvidas são:

1. Posso, para efeito de aposentadoria, ser prejudicado pelo período em que não contribuí para o INSS (entre ago/1994 e mai/1995; ago/1999 e ago/2000)?

2. Entre abr/1999 e jan/2001, fui sócio-dirigente de uma empresa (contrato social e alteração registrados na devida junta comercial) sem recolher contribuição ao INSS. Posso recolher atrasado e contar o tempo para aposentadoria?

Mr. Prev disse...

O tempo que voce nao contribiu simplemsnete nao serao contados, mas prejudicado por nao pagar nao.

Se comrpovar que voce tinha retirada pro-labore e que a emrpesa estava ativa, entao tem como voce pagar os atrasados.

Prometheus Acorrentado disse...

Vou ao INSS para apresentar o contrato social (a empresa continua como ativa até hoje na Junta Comercial).

Obrigado pela pronta resposta e esclarecimentos.

EM Augusto Frederico Schmidt disse...

Tenho 53 anos e trabalhei com carteira assinada como professora
de julho 81 a junho de 83
abril de 86 a março de 90
junho de 90 a dezembro de 2003
Saí do colégio e comecei a pagar com carnê em 9/2005 a 12/2006 sobre um salário.Em 2007 e 2008 voltei a trabalhar em colégio com carteira assinada. Saí e voltei a pagar inss em 2009(sobre um salário), em 2010(sobre 2 salários) e em 2012( sobre 3 salários).Até quando devo pagar inss e quanto? O que é mais vantajoso, aposentadoria por idade ou por tempo de contribuição, no meu caso?É vantajoso eu continuar pagando sobre 3 salários?

Carmen disse...

Fiz uma cirurgia que era para ser simples, mas deu complicações, e vou passar dos 15 dias, quem deve me passar informações é minha empresa ou meu medico, para entrar no inss, como devo proceder passo a passo, pode me ajudar
Obrigada Carmen

Mr. Prev disse...

Para apsoentar por tempo de contribuição voce vai ter que ter 25 anos como professora(empregada) ou 30 anso somando CTPS e carnê.
Ja a apsoentadoria por idade vais er aos 60 anos se voce nao completar o tempo que citei acima antes da idade.

Apsoentadoria por idade é mais vantajosa pois nao tem fator previdenciario.

Principalmente se for para apsoentar por idade compensa pagar os 3 salarios.
ja na aposentadoria por teppo de contribuição vai depender da sua idade na epoca da aposentadoria pois o fator pode fazer voce perder uns 30%, e seu seu salario como como professora nao for muito alto(no maximo 2 salarios), entao a media sera baixa, e perdendo os 30% do fator , pdoe ficar proximo do salario minimo, nesse caso nao iria comepsar pagar com valores altos.

Mr. Prev disse...

SUa empresa devera preencher o requerimento de beneficio, ela mesmo pdoe marcar a pericia ou voce, isso a partir de 16º dia de afastamento. Ja o emdico deve dar um relatorio medico para voce levar na pericia.

EM Augusto Frederico Schmidt disse...

Boa Noite, te fiz várias perguntas no dia 17/2 e vc me respondeu, mas eu não entendi bem. Eu só posso me aposentar por idade se não tiver o tempo de contribuição necessário, 30 anos? Terei os 30 anos de contribuição antes de completar 60 anos. Então não poderei me aposentar por idade, que é mais vantajoso? Devo ter 57 ou 58 anos quando completar o tempo de 30 anos de contribuição. Que tipo de aposentadoria será mais vantajosa?
Obrigada pela resposta.

Mr. Prev disse...

A Aposentadoria por idade é mais vantajosa por nao tem o fator previdenciário.

Aos 58 anos e 30 de contribuição o fator rpevidenciario vai diminuir o valor de seu beneficio em 20%.

Mas tudo depende dos 100%, se voce tiver uma aposentadoria acima de mil reais acho que vale a pena esperar os 60 anos, agora se ficar abaixo, entao esses 20% nao irá representar um valor muito alto(abaixo de 200 reais), entao acredito que possa valer a pena se aposentar por tempo de contribuição.

Mas resumindo, por tempo de contribuição voce vai perder uns 20%

Sergio disse...

Tenho 61 anos e 6 meses de idade, com 35 anos e meio de tempo de contribuição. Pergunto: O meu Fator Previdenciário é o correspondente a 61-35 ou será feita uma média entre ele e o próximo?
É mais vantajoso aposentar-me até Dezembro (na Tabela atual) ou é melhor esperar pela publicação da nova Tabela?

Mr. Prev disse...

seu fator sera aproximadamente 0.90

Em relaçao a nova tabela nao tem como eu responder pois não da para prever como ela será, se a expectativa de vida vai aumetnar o diminuir.

Mas acho loucura esperar ate Dezembro só por causa da tabela caso voce ja tenha os 35 anos de contribuição, mesmo qeu haja um aumento será muito pouco e voce dificilmente ira viver o suficiente para recuperar o que vai deixar de ganhar nesses 9 meses de aposentadoria que voce deixou de pegar por esperar a nova tabela.

Esperar nova tabela so se voce estiver na duvida entre se aposentar no fim do ano(bovembro/Dezembro) ou esperar janeiro.

Rosana Teixeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosana Teixeira disse...

Olá, quem recorreu a justiça para obter o beneficio terá direito a revisão do art.29 ?
Desde já lhe agradeço !

Mr. Prev disse...

SIm, beneficio obtido judicialmente tambem tem direito a revisao.

Rosana Teixeira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosana Teixeira disse...

obrigada pelo resposta, e onde eu deveria procurar para saber como que deve proceder em relação a revisão do art. 29 ?
ganhei meu beneficio judicialmente no ano de 2009 .

Mr. Prev disse...

Primeiro voce deve pesquisar no site da previdencia se terá direito ou nao, dependendo do mes da concessão no ano de 2009 o calculo ja está correto e entao nao teria direito.

Rosana Teixeira disse...

o mês da concessão foi no final de outubro será que tenho direito ?

Sergio disse...

Obrigado pela resposta. Vou aceitar sua sugestão.

Mr. Prev disse...

Beneficio calculados a partir de 29 de outubro de 2009, ou que tiveram revisao adminsitrativa após essa data ja estão com os calculos corretos.

Mario Seawright disse...

Boa noite, antes gostaria de parabeniza-lo pela grande prestação de serviço. Trabalho desde 01/08/1977 e hoje tenho 33 anos e meio de contribuição. Desde 2001 pago também sobre o código 1007 (carne Inss).Pois tenho uma atividade paralela para completar renda,(comercio ambulante Sábados , Domingos e feriados ). Minha grande duvida é se ao me aposentar serão somados as contribuições do emprego com carteira e os pagamentos (contribuições) autônomos. Grato e aguardo.

Gercísio k disse...

Olá ! tenho 107 meses de carteira assinada com salario superior ao minimo , fiquei cinco anos sem contribuir ,agora comecei contribuir como autônomo com 20% do minimo .Isso vai ser vantajoso quando me aposentar ,ou é melhor contribuir com 11% e tendo esses parâmetros , com quantos anos poderei me aposentar ? e es fosse, qual seria o valor do beneficio ?obrigado.

Mr. Prev disse...

Se a contribuição do carne complementar o do registro na carteira até chegar ao teto da rpevidencia, sera somado normalmente(considera contribuição no teto).
Mas se somando nao chega ao teto entao havera dois calculos durante a apsoentadoria, um com a carteira de trabalho e outro com o carne, sendo que a atividade com menos tempo é considerada secundaria, e o valro somado a atividade principal sera proprocional ao tempo contribuido.

Por exemplo: o calculo para o valor do beneficio leva em cosndieração 140 meses de contribuição, porem o secundario so tem 70 meses(metade), entao sera somado ao principal a metade do valor. Se no mes a contribuição foi de 600 erais, sera somado 300 reais.

Mr. Prev disse...

O valor do beneficio é uma media feita com 80% de suas maiores contribuições de 07/1994 ate a apsoentadoria, entao nao tem como eu falar em valores.

107 meses sao quase 9 anso de contribuições e para se aposentar voce vai rpecisar de 35 anos de contribuições(homem) ou 15 anos de contribuição mais a idade minima de 65 anos.

Para saber se vale a pena contribuir com 20% preciso saber sua idade, pois se voce nao cosneguir chegar a 35 anos de contribuições antes do 65 anso de idade nao vale a pena pagar 20% sobre salario minimo

Mario Seawright disse...

Sr. só para ficar claro em minha mente. então se pago a 156 meses (2001 a 2014 serão 156 contribuições) posso considerar como 100% o somatório? Contribuição da carteira assinada com a contribuição do carnê? Pergunta referente ao segundo comentário de baixo para cima. Mais uma vez grato.

Mario Seawright disse...

2001 a 2014 156 contribuições no carne.

Mr. Prev disse...

Vai depender da epoca que voce for se aposentar, para somar 100% voce precisa ter pago o carne em 60% do tempo pelo menos( contado de 07/1994 ate a data da aposentadoria).
Hoje iria precisar de pelo menos 136 meses para nao haver perda na secundaria

teresa so disse...

Mr. Prev. gostei muito de suas respostas as dúvidas realizadas. Gostaria de saber se com 60 anos e 28 anos de contribuição, tendo conseguido aposentadoria especial, o calculo será feito com 80% das contribuições a partir de julho de 1994. Nesse caso è mais vantajoso aposentar-se com aposentadoria especial ou aposentadoria por tempo de serviço? A aposentadoria por tempo de serviço é calculada sobre 80% das contribuições a partir de que data, tem fator previdenciário?

Mr. Prev disse...

Todas as aposentadoria praticamentes sao com 80% das maiores contribuições, a especial nao tem a aplicação do fator previdenciario o que a torna mais vantajosa, o dificil é conseguir essa especial.

Financeiramente a especial é mais vantajosa e depois por idade ja que nao tem fator. A aposentadoria por tempo de contribuição quando a epossa tem menos de 60 anos diminui bem o valor.

Rica Almada disse...

Minha irmã estava trbalhando numa firma e nuca veio o beneficio do salário família em seu contra-cheque. HÁ um mês atras, ela fez um acordo e não recebeu nada em telação ao mesmo. Ela tem um filho de 11(onze)anos, e recebia R$ 740,00(SETECENTOS E QUARENTA REAIS). Trabalhou 01(um)ano e quetro meses. Como receber e como se calcular os atrasos.

Mr. Prev disse...

Pelo que voce me passou,se trata de processo trabalhista pois ela nao estava de beneficio no INSS e sim trabalhando, não é assunto previdenciario.

Agora, caso ela tenha ficado de beneficio (exemplo auxilio-doença), ai sim é so ir a auma agencia do INSS e solicitar desde que leve a ceertidao de nascimento e comrpovante de vascinação.

Anielle Nascimento disse...

Contribuindo durante 10 anos com 20% do salário mínimo e os últimos 5 anos contribuindo com 40%, eu me aposento recebendo quanto?

Gercísio k disse...

olá ! a respeito de minha idade! tenho 34 anos e completo em dezembro 35 ,e então me aposentarei com 60 anos ,é isso ? e o dia em que eu me aposentar , terei direito de restituição sobre o valor que contribui com o inss . é como um trabalhador formal que ao se aposentar recebe com juros parte do que contribui ?

Mr. Prev disse...

O valor do beneficio é calculado fazendo a media com 80% das suas maiores contribuições e julho/1994 ate a data de requerimento da aposentadoria, mas se apenas os 5 anos forem acima do salario minimo e considerando o fator previdencirio na apsoentadoria por tempo de contribuição, possivelmente ficara no salario minimo ou muito proximo a ela, ou seja nao compensa.

algodão doce disse...

Meu Nome é Flavia, tenho 40 anos de idade.trabalho desde 1990 com carteira assinada,sempre no valor de uns 4 salarios (carteira assinada) parei durante a gravidez por uns 8 anos agora estou contribuindo como contadora 11% atraves de meus clientes encima de uns $3salarios pretendo chegar ao teto até daqui uns 4 anos com aumento da minha carteira de clienetes. vc acha consigo me aposentar com um salario digno apartir de quando. qual idade?

Mr. Prev disse...

sei lá o que voce chama de digno, mas devido a aplicação do fator previdenciario o melhor é a aposentadoria por idade que nao tem fator. Pelo que voce passou, voce deve ter uns 15 anos de contribuição ja que ficou 8 anos se contribuir.

Completara os 30 anos de contribuição com 55 anos, e ensse caso o fator ira diminui uns 25 a 30%

amilton soares disse...

me esclareçam por gentileza,,,,,,
tenho 53 anos de idade, 20 anos com carteira assinada (empresas privadas), e os ultimos 12 anos como SEGURADO ESPECIAL (regime de economia familiar rural), pergunto: com a soma mista (urbano + rual) posso dar entrada para aposentadoria proporcional, se posso qual seria mais ou menos o valor da aposentadoria, sendo que nos 20 anos com carteira (até o ano de 2000) recebia mensalmente 4 salarios, e nos ultimos 12 anos passei a ser da zona rual (segurado especial - economia familiar).
dúvidas: já posso dar entrada com a posentadoria proporcional
valor a receber..: 1 salário ou daria algo a mais pelo tempo urbano.
grato,,,,,amilton....

Mr. Prev disse...

Para utiliaar tempo de segurado especial na aposentadoria por idade so se voce pagar esse periodo.

Segurado especial sem contribuição tem direito apenas a aposentadoria por idade.

Nao tem como eu falar o salario pois o calculo nao é assim tao simples, alem de voce ter que pagar o periodo de 12 anos, o calculo é uma media com 80% de suas amiores contribuições a partir de 07/1994, tem o fator previdenciario e ainda é proporcional. Se nao for minimo vai ser algo muito proximo.

Gercísio k disse...

Olá ! tenho 107 meses de carteira assinada com salario superior ao minimo , fiquei cinco anos sem contribuir ,agora comecei contribuir como autônomo com 20% do minimo .Isso vai ser vantajoso quando me aposentar ,ou é melhor contribuir com 11% e tendo esses parâmetros , com quantos anos poderei me aposentar ? e se fosse, qual seria o valor do beneficio ? Tenho 34 anos e completo em dezembro 35 ,e então me aposentarei com 60 anos ,é isso ? e o dia em que eu me aposentar ," terei direito de restituição sobre o valor que contribui com o inss" . é como um trabalhador formal que ao se aposentar recebe com juros parte do que contribui ?

Mr. Prev disse...

Vamos lá!
Se contribuir todos os meses daqui para frente ira completar 35 anos de contribuiçãocom 60 anos de idade.

Se pagar 11% vai jogar a aposentadoria para os 65 anos(aposentadoria por idade).

O valor do beneficio é uma médias de suas contribuições, nao tem como passar o valor sem conehce-las e sabendo que voce ainda vai contribuir 25 anos.
Se for os proximos 25 anos no minimo entao nao tenho duvida que vai ser salario minimo, a nao ser que os 9 anos que voce aj contribuiu tenham sido praticamente no teto da previdencia, nesse caso da apra pegar alguma coisa acima do minimo mas nao muito

Nao existe reestituição do que contribuiu. Antigamente existia o peculio que é uma coisa que acabou em 1995.

JOSE AUGUSTO Sousa disse...

sou professor com 52 anos de idade e 32 anos de contribuição já posso dar entrada na aposentadoria?

Mr. Prev disse...

Se os 32 anos sao como professor voce pode dar entrada na apsoentadoria de professor, mas com 52 anos o fator vai diminuir e muito o valor do beneficio, mas será aposentado se quiser.

QUELI disse...

Preciso de ajuda. Comecei a contribuir em 1998 (22 anos) como autonoma. Em 2000 ja comecei a trabalhar com carteira assinada. Depois fiquei fora do Brasil sem contribuir. Qual e o tempo exato que preciso contribuir e com que idade consigo me aposentar por contribuicao.

Mr. Prev disse...

Para apsoentar por tempo de contribuição voce precisa completar 30 anos de contribuição independentemente da idade.

Há tambem a opção de se aposentar por idade, nesse caso serao necessario o minimo de 15 anos de contribuição e a idade e 60 anos.

Diogenes Silva disse...

minha esposa tem 60 anos de idade e 30 meses de contribuição pergunto : ela tem como se aposentar ?

Diogenes Silva disse...

tenho 22 anos de contribuição e sempre contribui com 2 salários , dei entrada na minha aposentadoria teria com saber o valor da minha aposentadoria , ou seria na base de 1 salário mínimo ?

Diogenes Silva disse...

correção ; contribui com 2 salários durante 22 anos e dei entrada na aposentadoria por idade qual o valor da mesma .

marcia cruz disse...

Uma duvida....Em 2003 dei entrada no auxilio doença e estou ainda a quase 10 anos e so nao recebi o beneficio por dois periodos de 6 meses, sendo que recebi no total 6 beneficios durante esse tempo, na memoria de calculo da conceção inicial estava 1139,80 e comecei judicial em 2011 e fiz pericia la mesmo na justiça federal porem agora em 2013 fiz nova pericia agora no inss para continuar fiz a 1º pericia em 29/01/2013 que foi dado alta, entrei com recurso e fiz nova pericia em 06/03/2013 e nao recebi a carta, mas estou recebendo normalmente os pagamentos a DCB esta 00/00/0000 e a DIB ANT 00/00/000, o que significa essas inciais? e tb outra coisa que acontece é que na memoria de calculo nao consta 1 ano de pagamento do meu primeiro emprego em 1994 esta assim:
Admissão/Competência Inicial: 03/01/1994 Rescisão/Competetência Final: 01/02/1995
Vínculo inserido fora do prazo legal.
Pendente de validação pelo INSS so conta no calculo a partir de 01/95
e todos os demais empregos estao listados os valores e alguns valores estao incorretos na memoria de calculo em comparação ao site do inss do campo EXTRATO DE INFORMAÇOES PREVIDENCIARIAS " gostaria de saber SE posso pedir revisao dos valores para ser corrigido? e outra coisa hoje 28/04/2013 entrando em memoria de calculo listei o primeiro beneficio e vi que a data de conceção é a mesma porem o valor agora esta em 1313,54 mas o 2ºbeneficio segue com valores menores em relação a memoria de calculo que esta 1139,80...o que pode estar acontecendo e o que eu posso fazer em relação a isso... obrigada Marcia

Mr. Prev disse...

APosentadoria por idade nao, exige 180 meses de contribuição.

Mr. Prev disse...

O calculo é uma media feita com 80% das maiores contribuições, e se trantado de aposentadoria por idade, voce terá direito a 92% desse calculo, pois sao 70% mais 1% a cada ano de contribuição.

Devera ser acima de um salario se voce sempre pagou sobre 2, mas o valor exato só no INSS para saber, a carta ja deve estar a caminho ja que voce ja deu entrada.

Mr. Prev disse...

DCB = Data de cessação do beneficio
DIB = Data de Inicio do beneficio

DIB ANT = DIB ANTERIOR

DCB zerada acontece em tres casos:
-Quando ha sugestao de aposentdoria
-Quando é concedido 2 anos de beneficio direito, ou
-Quando se trata de beneficio judicial

Sobre a revisão, tenha cuidado:
Quanso de pede revisao, o servidor analisa todo o rpocesso novamente, ele nao vai mexer apenas no que voce pede.

Assim como esta faltando os valores de 07/1994 a 12/1994, pode haver remuneracao em duplicidade tambem, muitas emrpesas fazem confusoes e informam varias vezes o mesmo vicnulo do funcionaio e o servidor do INSS as vezes nao percebe.

Quando pedir revisao, se tver duplicidade vao tirar, ou seja, corre o risco de diminuir o valor de seu beneficio e ter que devolver o qeu recebeu a mais.

Revisao, apenas quando tiver certeza que seu beneficio nao foi concedido a mais.

E o salario de 1994 eram maiores ou menores que os outros?
Se for menor tambem vai diminui o beneficio.

marcia cruz disse...

obrigada pela atenção...entao, quanto aos valores de 94 nao me lembro mas com certeza sao menores...mas percebi que houve alteração na memoria de calculo do 1º beneficio antes era 1139,80 agora esta 1313,54 e nesse ultimo foi desconsiderado alguns períodos porem ambos com periodo inicial igual , o que pode estar acontecendo? sera que irao aumentar mais o meu beneficio pq automaticamente entendo que se aumentou o valor do 1º beneficio os demais serao atualizados, ou nao? se sim tenho que pedir atualização de todos os beneficio durante esse periodo de 10 anos ou isso podera acontecer automaticamente? e qto aos valores de empresas duplicados isso nao aconteceu verifiquei um por um estao todos listados, mas alguns qdo atualizados pelo indice fica menor que o salario sugerido, estranho né?

marcia cruz disse...

desculpe, outra duvida... tem como eu solicitar o calculo do beneficio pela memoria de calculo em algum lugar sem mexer com processo para saber se esta ou nao a mais? pois no caso iria me basear pelo novo calculo que foi feito de 1313,54 que é o que esta na pagina pois o anterior fr 1139,80 so tenho impresso, digo isso pq a quase 5 anos atras compareci ao inss para verificar o pagamento do benefício que nao tinha caido, e uma atendente me disse que meu beneficio estava 500,00 a mais do que me era devido, logo sai e nunca recebi notificação a respeito disso, mas meu benficio ao longoi desses 10 anos aumentou. Fico muitoi grata pelos esclarecimentos que vc esta me dando... Deus te abençoe!!!

Mr. Prev disse...

automaticamente nao ira acontecer e revisao voce recebe apenas retroativo a cinco anos.

Mas o errado tambem pode ser esse maior(nao estou querendo assustar voce nem desanimar em relaçao a revisao), mas acho que voce tem que analisar as duas memorias de calclos e verificar o que tem de diferente, para encontar o erro.

Em relaçao aos periods que nao existem no segundo beneficio, pode ser que nao esteja no seu cadastro esses salarios, eles foram incluidos no primeiro beneficio manualmente pelo servidor, que nao fez isso no segundo beneficio. É normal esses erros em cadastros, as vezes as emrpesas informarm em duplicidade, as vezes nao informam, ou informam e depois precisam fazer uma correçaõ e o contador acaba sumindo com alguns salarios(sem querer...rsrrs)

principalmente se esses periodos que estao faltando forem contribuições menores, isso justifica o aumento ja que nao fizeram aprte do calculo.

Nao tem como eu falar o certo do porque da diferença sem saber o que foi considerado e ver as memorias.

A cada mes o indice de correção muda mesmo, isso é normal.

Mr. Prev disse...

Voce pode fazer a simulação na pagina da previdencia lançando manualmente os salarios um a um.

Mr. Prev disse...

Mas uma simulação mais correta seria lançando os seus salarios, nao a memoria que pode estar errada, pegue no INSS um extrato de suas contribuições.

Raquel Vianna disse...

Boa tarde! Em primeiro lugar gostaria de te dar os parabéns pelo blog, vc é uma pessoa do bem!!! Bom...tenho 37 anos de idade e 240 meses de contribuição na mesma empresa(20 anos)completo 30 anos de contribuição com 47 de idade...esse fator previdênciário é um absurdo!!!!! Vc acha que esse fator um dia vai acabar??? Sempre ganhei mais de um salário mínimo, e por isso nunca tive direito a receber PIS, até os 60 anos terei contribuido uns 42 anos mais ou menos, ganho 4 salários a quase 10 anos, terei q esperar completar 60 anos mesmo né? E essa aposentadoria vai ficar razoável???? Obrigada, Raquel

Mr. Prev disse...

COm 60 anos voce vai receber praticamente 100% do valor calculado ou até mais, pois nesse caso seu fator seria mais que um, hoje voce ganharia cerca de 15 a 20% acima do calculo(com 42 de contribuição e 60 de idade)

Mas como voce vai fazer 30 anos so daqui 10 anos ha grande chance de o fator previdenciário nao mais existir, mas provavelmente havera outro fator como pro exemplo o 85/95 onde a mulher tera que somar idade e tempo de contribuição e dar 85 e homem 95, é uma coisa que estao conversando.

Raquel Vianna disse...

Obrigada Mr. Prev! Estou sabendo desse fator 85/95, no meu caso seria melhor né? Ai eu me aposentaria com 55 anos...e se nesses 10 anos q faltam eu mudar de emprego e começar a contribuir com 20% de 3 salários(que seria menor do que ganho hoje)meu calculo abaixaria muito??? Obrigada!!!

Mr. Prev disse...

Vai depender de quantos anos voce vai contribuir nesses 3 salarios e os salarios anteriroes.
Nao se esqueça que 20% das suas menores contribuições não vai entrar no caclulo.

Nao tem como eu eu falar na diferença no calculo sem saber seus salarios de contribuição.

Aloisio Faria disse...

Bom dia
Tenho 52 anos de idade e 35 anos de serviço completado agora em maio 2013.

Sou Brasileiro, porem vivo em Portugal desde de 1987 e trabalho como professor do ensino público desde 09/05/1989 até o presente momento.

Em Portugal não posso me aposentar antes dos 65 anos de idade, independentemente de já ter os 35 anos de serviço.

O meu tempo de serviço no Brasil foi da seguinte forma:
De 02/01/1976 ao 13/09/1976 com salario mínimo nacional da altura.
De 01/10/1976 ao 02/01/1980 com salario mínimo nacional da altura.
Depois fiz o serviço militar na Aeronáutica entre 06/01/1980 à 01/01/1987. Primeiro ano como recruta, depois como soldado de 2ª Classe e 2º ano como soldado de 1ª classe e restante tempo como cabo.

Se eu me aposentar no Brasil, com os direitos adquiridos, vou receber apenas relativamente ao tempo de serviço que descontei no Brasil entre 02/01/76 à 01/01/87. Calculando mais ou menos uma média de um salario mínimo e meio, qual seria um valor aproximado à receber?

A minha principal questão é esta: Se eu pagar mais 4 ou 5 anos de previdência como autónomo no valor máximo de contribuição, compensaria mais, financeiramente, pedir a aposentadoria depois desta contribuição?

Qual seria o melhor procedimento para o meu caso, estando a viver em Portugal neste momento?

Agradeço qualquer resposta que me dê uma luz para a minha situação.
Cumprimentos

Aloisio Faria

Mr. Prev disse...

Atualmente o valor do beneficio leva em cosndieração suas contribuições de 07/1994 ate a data da aposentadoria. Periodos anteriores nao entram no calculo.

Em relaçao a pagar 4 ou 5 anos em valores mais altos vai depnder da quatidade de contribuições que voce tem apos 07/1994.

Se o periodo de 07/1994 ate a data da aposentadoria chamado de PBC(Periodo basico de calculo) nao tiver 60% de contribuições, entao voce passar a ficar no prejuizo, pois para fazer a media das contribuições, o divisor sera no minimo 60% desse tempo.

Exemplo: PBC de 200 meses.(60% são 120 meses)
se a epssoa contribuia apenas 80 meses apos 07/1994, entao somam os 80 meses de contribuição e divide por 200, ou seja ela perde mais de 50%, nesse caso não vale pagar valores muito alto, o melhor é o minimo.

Agora se voce tiver esses 60% entao qualquer valor mais alto melhora sua aposentadoria, mas fique de olho no fator previdenciario. Se nao quiser ter perdas é melhor se apsoentar lá pelos 60 anos onde se houver uma queda no valor será menor.

Mr. Prev disse...

Vivendo em Portugal voce iria contribuir para o INSS como facultativo e nao autonomo

Aloisio Faria disse...

Olá obrigado por ter respondido à minha questão.
Agradeço esta tua disponibilização para ajudar a tirar duvida numa área tão complexa como esta.
Volto novamente a fazer outra em base na vossa resposta.
Tenho mais de 130 contribuições feitas no brasil antes de 07/1994, porem nenhuma depois desta data no Brasil, mas teria mais de 300 contribuições feitas em Portugal após 07/1994 até o momento.
O problema é que estas 300 contribuições em Portugal contam como tempo de serviço, porem não contam para cálculo do valor da aposentadoria.
Num telefonema feito para o inss em brasília, onde tratam do acordo previdenciário luso-brasileiro, foi-me dito que para o cálculo do valor da aposentadoria a ser pago, seria analisado o valor das contribuições feita por mim durante a fase de Jan 1976 à Jan 1987.
Aqui é que eu precisava saber se compensava pedir a aposentadoria agora ou pagar mais algum tempo, como facultativo, diz tu na tua resposta anterior, para ter uma pensão melhor.
Parece complicado a minha situação... Neste momento estou com uma insolvência pessoal, sou professor do ensino publico e Portugal está numa crise financeira terrível, com hipóteses de ficar sem emprego, apesar de ser funcionário público efetivo.
Por pouco que seja o valor da minha aposentadoria é um direito que tenho.
De uma luzinha no fundo do meu túnel por favor...
Obrigado pela tua atenção
Aloisio Faria

Mr. Prev disse...

Bom, acordo internacional não passa nem perto de minha especialidade, na verdade praticamente apenas os servidores do INSS das gerencias/agencias reesposáveis é que sabem já que cada acordo é diferente um do outro.
Mas vamos lá.

O PBC(período básico de calculo) que é o período a partir de 07/1994, precisa ter pelo menos 60% de contribuição para não haver perdas.
Exemplo:
o PBC é de 20 anos(240 meses), então o divisor na hora de fazer a media vai ser no mínimo 60% de 240, sendo assim, se você tiver apenas 24 meses após 07/1994 e pedir a aposentadoria, então serão somado os valores dos 24 meses de dividido por 144(60%).

Deu para perceber o tamanho do prejuízo?

ludasalmas disse...

Olá Mr. Prev muito bom o blog, parabéns! Bem meu marido fez uma pericia dia 08/06/13 e foi deferido mas sem a data do próximo período, somente informa que receberemos em casa a informação depois de 15 dias, sendo que ele está empregado e em auxilio doença desde 2008. liguei para o 135 pois ainda não recebemos a informação nenhuma em casa e eles me informaram que o beneficio dele cessou dia 07/06/13 só isso! mas recebemos o mês de junho integral. Estamos perdidos pois cessou o beneficio e ainda estamos recebendo só que com o numero atual do beneficio. Será que ele aposentou e o numero vai mudar? Se cessou e ele estivesse de alta deveríamos receber somente 07 dias do mês de junho né? Por favor nos esclareça. Muito Obrigado!!!!

Mr. Prev disse...

Já respondido no outro artigo.

iof ferraz disse...

Meu marido trabalhou 32 anos e 6 meses até 2005 e de lá pra cá não contribuiu mais. O que devemos fazer, cntribuir por mais alguns anos ou esperar ele completar 65 anos e entrar c aposentaoria por idade. A contribuição dele era pelo teto maximo. Obrigada.

Mr. Prev disse...

iof, depende da idade do seu marido, se ele não quiser ter perda com fator previdenciário então a aposentadoria por díade pode ser uma boa, mas se ele for compeltar os 35 anos de contribuição com uns 62 anos, o fator nem diminui muito e então acredito compesar já que 3 anos de aposentadoria com valores altos, serão mais de 1000 mil reais em 2 anos(ate completar 65 anos).

Mas tome cuidado com esse negócio de ficar muito tempo sem contribuir, hoje se ele falecer você não fica com pensão por morte, se ele ficar inválido não receberá aposentadoria por invalidez. E quando for se aposentar, seja por tempo ou por idade, se ele não tiver contribuição pelo menos 60% do período entre 07/1994 ate a data do pedido de aposentadoria, poderá ter perdas na hora de calcular a média.

Forasteiro disse...

Olá, tenho 52 anos de idade e 31 anos de contribuição em emprego formal sempre sobre o teto de contribuição permitido. Perdi meu emprego recentemente e não estou conseguindo me realocar. Quero continuar contribuindo com a previdencia para solicitar minha aposentadoria por tempo de contribuição quando eu tiver 56 anos de idade. Poderia me informar qual é a melhor forma de contribuição (contribuinte facultativo sobre 10 salários?) para estes 4 anos restantes para que eu consiga me aposentar pelo teto e qual será mais ou menos o percentual que o fator previdenciario irá aplicado? Agradeço de antemão.

Mr. Prev disse...

Forateiro, se você está desempregado então é como facultativo, senão a contribuição é como Contribuinte Individual(autônomo), e o teto da previdência hoje é de R$4.159,00, não tem mais essa de 10 salários.
Você vai contribuir com 20% do do valor que deseja. Não se esqueça que na hora do calculo 20% das menores contribuições não entram.

Forasteiro disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Poderia por gentileza me informar qual seria mais ou menos o fator previdenciario caso eu me aposente com 56 anos de idade e 35 anos de contribuição. Já agradeço antecipadamente. Se for por exemplo de 30% siginifica que eu devo diminuir 30% do teto maximo de R$ 4.159,00 (em valores de hoje) para saber o vlr da aposentadoria?

Kiban Xogun disse...

O INSS mantem banco de dados sobre contribuições? Essa minha pergunta tem relação ao extravio de comprovantes de pagamentos como autônomo.

Mr. Prev disse...

Forasteiro, faça o calculo através da tabela aqui do blog localizado no lado esquerdo.

Mr. Prev disse...

Kiban, o INSS tem banco de dados, porem apenas a partir de 1985 tem registro no sistema e ate meados da década de 90 tem algumas falhas do tipo a pessoa pagar e não aparecer um ou outro.Periodo anterior a 1985 da para pesquisar através de mciroficha e aparece alguns.

Mr. Prev disse...

Forasteiro, se você sempre contribiu no teto podemos dizer que é so descontar "30%" do teto, mas isso a "grosso modo".
Na verdade sua media(100%) deve ser um pouco abaixo do teto pois se pegar a contribuição do teto la do ano 2000 e fazer a correção monetária, não vai chegar aos 4.159,00, e sim um valor um pouco abaixo.

EDILTON BORGES Edilton disse...

eu jose edilton estou afastado desde abril de 2009 com hernia de disco só que foi dado entrada no inss com auxilio doença e em 2012 foi mudado pelo inss para auxilio doença por acidente de trabalho mais tenho muitas duvidas sobre o que tenho direito pois não tenho a cat dad pela empresa

Mr. Prev disse...

Edilton, o principal é a estabilidade, uma vez constatada o acidente de trabalho a empresa não pode demitir você após o retorno, há um prazo em que você tem estabilidade no emprego, só depois desse prazo você poderá ser demitido, caso a empresa queira.

Deverá haver deposito do FGTS também.

Em relação ao INSS não muda nada.

Cl Garcia disse...

Olá gostaria de saber o que fazer a respeito da aposentadoria por idade, tenho 47 anos e 17 anos e 3 meses de contribuição, daqui a 13 anos farei os 60 minimos para se aposentar, não pretendo trabalhar mais com carteira assinada gostaria de saber se posso contribuir como facultativo com 11 por cento e o que isso me beneficiaria mais tarde ou se espero fazer os 60 e não contribuo mais até lá

Mr. Prev disse...

Se você vai trabalhar como autônoma, então pela lei temq eu contribuir mensalmente na categoria de Contribuinte individual. Facultativo é para desempregado.

se você se encaixa como facultativa tem ate a opção de pagar uma contribuição a cada seis meses só para manter a qualidade de segurado.

INSS não é só aposentadoria, tem outros benefícios também como auxílio-doença e pensão por morte, por isso é bom manter a qualidade de segurado

Ruth Helena disse...

Tenho 57 anos e 31 anos de contribuição. Qual o fator previdenciário no meu caso? Obrigada. Ruth

Mr. Prev disse...

Do lado esquerdo do blog tem um simulador, é só fazer o calculo.

Raimundo Matos disse...

Minha esposa tem 53 anos,ja paga há 1ano inps no valor 11 por cento salário minímo,com quantos anos ela se aposenta? Muito obrigado...

Mr. Prev disse...

Ela precisa completar 15 anos de contribuições(180 meses).

Se pagar direito daqui para frente vai se aposentar aos 68 anos por idade

Raimundo Matos disse...

Nossa amiga tem 37anos,ja contribui com 2 anos de inps no valor de 11 po cento do salario e 3 anos no valor de 5 por cento, ela adoeceu derrame facial,o inss contou somente com os 2 anos para beneficio.Pergunta-se:Ela volta a contribuir com os 11 por cento ou continua contribuindo com os 5 por cento do salário? E com quantos anos ela deve se aposentar? Eu agradeço sua resposta...

Mr. Prev disse...

Raimundo, as contribuições de 5% passam por um processo de validação. Primeiro precisa saber o resultado dessa validação. Se não foi validado então volte para o 11%.
Aposentadoria para ela vai ser por idade aos 60 anos ou invalidez antes disso.

Mr. Prev disse...

Raimundo, as contribuições de 5% passam por um processo de validação. Primeiro precisa saber o resultado dessa validação. Se não foi validado então volte para o 11%.
Aposentadoria para ela vai ser por idade aos 60 anos ou invalidez antes disso.

Mery Borba disse...

Boa tarde,

Tenho 49 anos e 33 anos de contribuíção, fiz esta simulação e deu como 0,61%, esta porcentagem seria em cima de qual valor..

Desde já agradeço..

Mr. Prev disse...

Encima da média das suas contribuições, essa médica é um calculo que leva em consideração 80% dos seus maiores salários.

Raimundo Matos disse...

Minha irmã trabalhou 25 anos carteira assinada ganhando 3 salario minimo só numa empresa,faz 12 anos que ela saiu da empresa e não contribuiu mais,em julho ela completa 60 anos.Pergunta-se:Ela tem o direito de se aposentar aos 60 ou tem que contribuir mais...Por gentileza explique pra gente. Muito obrigado.

Mr. Prev disse...

Raimundo, Aposentadoria por idade precisa de 60 anos para mulheres e no mínimo 15 anos de contribuição.

Swiany Cristina disse...

Olá Mr. Prev., quem se aposentou por tempo de contribuição em 2000, tem direito a algum tipo de revisão? Se positivo, qual? Ou já prescreveu seu direito de rever seus valores? Desde já, obrigada.

Mr. Prev disse...

Revisão de lei só a do teto, a não ser que tenha usado valor de beneficio por incapacidade(auxílio-doença) que tem direito a revisão do art 29.

Heloisa Leite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Heloisa Leite disse...

Meu nome é Heloisa e tenho 47 anos e sou professora de Educação infantil há 28 anos no mesmo colégio particular Gostaria de saber quando posso me aposentar recebendo 100% do salário.
Aguardo resposta

Mr. Prev disse...

Heloisa, no canto superior esquerdo da apra fazer uma simulação do fator previdenciário e ver quanto chegará aos 100%.

Carlos Erthal disse...

Boa tarde, tenho 27 anos de contribuição com media de 5 salarios ,atualmente trabalho registrado com 5 salarios e sou MEI se contribuir pelo MEI com mais 20% sobre o minimo vai mehorar a minha media por TC?
Grato

Mr. Prev disse...

MEI são 5%, o que você pode fazer é complementar com 15% e assim usar esse salário mínimo no calculo do beneficio da aposentadoria por tempo. Mas se voce contribui como empregado só vale a pena contribuir como Contribuinte Indiviual de forma paralela se for para compleemtar para chegar no teto.